Anúncio

Artigo: Bandes – 55 anos apoiando gerações de capixabas

Publicado em 6 de março de 2022 às 15:00
Atualizado em 8 de março de 2022 às 14:11

Anúncio

*por Munir Abud de Oliveira:

Artigo: Bandes - 55 anos apoiando gerações de capixabas

Promover o desenvolvimento sustentável das regiões do Estado, levando em consideração as suas potencialidades e reduzindo os desequilíbrios regionais é a linha-mestra de atuação do Bandes em 55 anos na economia capixaba. Praticamente todos os setores da economia capixaba contaram e contam com o apoio do banco não apenas como agente financeiro, mas também como um agente articulador de políticas públicas de inclusão produtiva por meio do crédito planejado e orientado.

Conhecido pelo trabalho na expansão industrial no Estado, com a implantação dos chamados “grandes projetos”, na década de 70, e a gestão do Fundap, que incentivou o comércio exterior pelos nossos portos, nos anos 60, e, mais recentemente, pela atração de fundos de equity capital para apoio a startups e empresas inovadoras, o trabalho desenvolvido pelo banco de desenvolvimento nessa trajetória faz com que o Bandes esteja sempre presente na rotina das famílias capixabas.

Este convívio é de grande importância. Afinal, quando o capixaba toma seu café da manhã, muitos produtos à mesa tiveram o apoio do banco, a partir do crédito rural e do fomento ao agroturismo, às cooperativas e na agroindústria, que transformou a realidade do homem do campo e a matriz econômica capixaba. Possivelmente, os móveis da casa e as roupas “made in ES” foram compradas de empresas que tiveram seus projetos de implantação ou modernização financiados com recursos do banco.

Os postos de trabalho nas empresas âncoras ou em suas fornecedoras, tanto da indústria, comércio e serviços, tiveram seus projetos de implantação atraídas para solo capixaba com apoio de programas conduzidos pelo Bandes. Até nos momentos de lazer, a o banco está lá: grande parte da rede hoteleira e de investimentos na infraestrutura de turismo de Norte a Sul do Estado tem o Bandes como parceiro incentivador.

A articulação e a construção de programas de fomento que impulsionaram setores econômicos como o metalomecânico, de rochas ornamentais, a fruticultura ou o incentivo à implantação de cadeias produtivas diversas como a de economia verde, complementam o relevante papel da atuação do banco na Economia.

Parceria que, até hoje, figura entre os protagonistas do desenvolvimento no Estado. Basta relembrar o crédito emergencial, tanto para enchentes e outras situações calamitosas, como para as empresas do nosso Estado manterem suas portas abertas durante o auge da pandemia. O banco foi presente como principal financiador nesses momentos: fomos ágeis e presentes, como sempre.

Chegamos até aqui promovendo a competitividade, a sustentabilidade e a inovação nas empresas do Espírito Santo. E damos novos passos, firmes, na direção da modernização e da constante reinvenção. Hoje a economia capixaba nos apresenta novos desafios, principalmente para retomada da economia e a atração e diversificação de negócios. Desafios novos não podem ser enfrentados com fórmulas antigas.

A criação do FIP Funses 01, maior da categoria venture capital no País, com aporte inicial de R$ 250 milhões, em recursos do Fundo Soberano, se consolida como uma iniciativa de grande importância estratégica para o novo ciclo econômico capixaba, com potencial para impactar a vida dos capixabas, com e geração de novas oportunidades de negócios, emprego e renda.

Além disso, o banco amplia suas fontes de recursos ampliando a disponibilidade de recursos para oferta de soluções financeiras adequadas ao novo cenário. São ações estruturantes que permitem o capixaba ter o Bandes como um parceiro sempre próximo de seu cotidiano e com um horizonte amplo para continuar apoiando novas gerações de capixabas.

*Munir Abud de Oliveira, o autor deste artigo, é também o diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

moto-rock-2022-4-1

Moto Rock agita Guarapari com o primeiro dia de sua 8ª edição

WhatsApp-Image-2022-08-01-at-13.22.36

Artigo: “Pais de Pet” – A tutela dos animais de estimação

Anúncio

Anúncio

ap22217686674430

Pesquisa Ipec revela a intenção de voto dos eleitores do ES para presidente

WhatsApp-Image-2022-09-21-at-20.11.11

AfroChaves conclui projeto com percussão, capoeira e show em Alfredo Chaves

Anúncio

WhatsApp Image 2022-09-23 at 15.40.48

Atletas de Guarapari garantem vagas para o Pan-Americano e Mundial de Canoa Havaiana

Conquista veio após vitória no campeonato nacional da modalidade

Moto Rock 2022 (9)

Guarapari: tudo pronto para a 8ª edição do maior evento motociclístico do Espírito Santo

O Moto Rock acontece durante este final de semana e tem expectativa de público de 30 mil pessoas

Anúncio