Anúncio

Avanço do tráfico de drogas prejudica comércio e leva insegurança para bairro de Guarapari

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 30 de novembro de 2022 às 16:10

Anúncio

Avanço do tráfico de drogas prejudica comércio e leva insegurança para bairro de Guarapari
Fotos: enviada por leitor

O movimento do tráfico de drogas tem preocupado comerciantes e pedestres que passam pelo bairro Muquiçaba, em Guarapari. Nos últimos dias, as proximidades da loja Sipolatti se tornaram ponto de venda de drogas, o que causa transtornos e perigo para o comércio da região.

Um comerciante, que preferiu não se identificar, classificou como tensa a situação no local. “Estão invadindo a casa onde era a Codeg, escondem drogas na árvore grande da praça. Tem muitos adolescentes, em alguns horários há dez pessoas no movimento de entrega e pagamento das drogas”, relatou.

Avanço do tráfico de drogas prejudica comércio e leva insegurança para bairro de Guarapari

Além do comércio, o aumento da insegurança também traz uma série de prejuízos para a população que passa pelo local. Muitos consumidores têm evitado estacionar seus carros na região para evitar problemas. Na semana passada, um pedestre foi assaltado no local, segundo informações apuradas pela reportagem.

O mesmo comerciante disse que policiais têm feito ações no local, mas os criminosos continuam agindo. “Tenho visto a polícia fazendo revistas nas pessoas que ficam próximas, mas eles são persistentes, não sei qual seria a solução, a situação está feia”.

Procurada, a Polícia Militar enviou a seguinte nota:

“A Polícia Militar em Guarapari tem ciência dos ocorridos recentes e tem feito trabalho de inteligência através do serviço reservado para identificar e prender os envolvidos, tanto no tráfico quanto nos furtos.
O patrulhamento está sendo feito diuturnamente. Inclusive com abordagens a alguns suspeitos naquela região. No dia 22/11/22 foi feito uma apreensão de 02 envolvidos no tráfico e nesta ocorrência foram apreendidos R$ R$2.318,60 em espécie, uma quantidade de drogas e materiais para embalo. Aproveitando a oportunidade, pedimos para que a comunidade, os comerciantes e moradores denunciem estes indivíduos através do telefone 181 e 190 para ajudar no trabalho da PM. É de extrema importância essa participação do cidadão de bem.”

Já a Prefeitura de Guarapari informou que o imóvel que serviu de sede para a Companhia de Melhoramentos e Desenvolvimento Urbano de Guarapari (Codeg), e atualmente está abandonado, não pertence ao órgão.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

balneabilidade gri.jpg 2

Prefeitura de Guarapari instala placas de balneabilidade nas praias da cidade

pe-de-mamao-gigante-fica-em-manguinhos-na-serra-951507-article

Empresário de Guarapari se surpreende com pé de mamão gigante em sua propriedade na Serra

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2023-01-27-at-08.34.00

Coluna Dom Antônio: Tininha Gomes saiu de Guarapari para fazer sucesso no Brasil e em 20 países do mundo!

abertura de empresas

Espírito Santo bate recorde de abertura de novas empresas

Anúncio

WhatsApp-Image-2023-01-27-at-15.22.54

Aos 2 anos, menino de Guarapari chama atenção por saber ler e até somar

vacinacao-gripe

Anchieta realiza vacinação contra gripe neste sábado (28)

Anúncio