Anúncio

Brasil terá 12 mil novos casos de câncer infantil em 2018, segundo o Inca

Por Carolina Brasil

Publicado em 15 de fevereiro de 2018 às 18:00
Atualizado em 15 de fevereiro de 2018 às 15:58
Anúncio

Neste 15 de fevereiro, Dia Internacional de Combate ao Câncer Infantil, um alerta: o diagnóstico precoce aumenta em até 80% as chances de cura.

No Brasil, 12,5 mil crianças e adolescentes receberão diagnóstico de câncer em 2018. Foto: Reprodução

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2018, 12,5 mil crianças serão diagnosticadas com câncer. E, ao contrário do que acontece com os adultos, não é o estilo de vida que influencia o desenvolvimento da doença, geralmente originadas por alterações no DNA.

O câncer é a principal causa de morte por doenças em crianças e adolescente de 01 a 19 anos, perdendo apenas para causas externas, como acidentes e violência. O tipo mais comum nesse público é a leucemia, que ocorre em 26% dos casos, seguida dos linfomas, com 14%, e dos tumores do sistema nervoso central, que representam 13%.

Dr. Pérsio Freitas: cura pode chegar a 80%. Foto: Juliana Terayama

O diagnóstico tardio e a falta de acesso ao tratamento adequado, em alguns casos, são fatores que aumentam o número de fatalidades. “Dois terços dos cânceres são considerados curáveis se descobertos precocemente e disponham da atenção clínica correta, de preferência em centros especializados. Isso propicia uma chance de até 80% de remissão completa da doença”, explicou rádio-oncologista Pérsio Freitas, do Instituto de Radioterapia Vitória (IRV).

O objetivo da Acacci é suprir as necessidades de pacientes e familiares. Foto: Divulgação

 

Acacci

Criada em 1988, em apoio a crianças e adolescentes acometidos pelo câncer, bem como os familiares desse pacientes, a Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil (Acacci) é considerada uma referência, oferecendo um programa de assistência integral, que contempla as dimensões física, social, econômica e psicológica. A instituição recebe pacientes de todo o Espírito Santo e até de outros estados em tratamento no Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, em Vitória. Em 2017, a Acacci atendeu e beneficiou sete pacientes procedentes da cidade de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

1D9511D7-5D35-48E5-A1CE-32534D35DF82

A mediação como meio de solução pacífica de conflitos após a pandemia

Criolipólise-foto-Clovis-Rangel

Projeto verão: tratamentos estéticos para ficar com tudo em cima mesmo com a pandemia

Anúncio
Anúncio
teste-rapido-coronavirus-covid19-1

Alfredo Chaves, Anchieta e Guarapari elevam casos de Covid-19 e retornam ao Risco Moderado

Carros-Foto-Romero-Secom-ES

Governo do Estado divulga datas para pagamento do IPVA

Anúncio
Upa Covid

Guarapari amplia espaço para pacientes com suspeitas de síndromes respiratórias na UPA

MarcosKneip_01

“Temos saldo de 9 mil empregos e zeramos as perdas no ES”, disse secretário Marcos Kneip

Guarapari está com um saldo positivo de 349, foram 777 admissões e 428 desligamentos

Anúncio