Anúncio

Câmara de Anchieta abre CPI para investigar Dalva da Matta

Por Livia Rangel

Publicado em 4 de setembro de 2013 às 00:00

Anúncio

Por unanimidade, foi aprovada a abertura de uma Comissão Processual de Inquérito – CPI para investigar denúncias contra a presidente da Câmara de Anchieta, Dalva da Matta (PDT). A decisão aconteceu em sessão na noite dessa terça (03). 

Por orientação da Procuradoria da Câmara, os partidos com maior representatividade escolheriam dois nomes de vereadores, e um seria por sorteio. O vereador Válber Salarini (presidente) foi indicado pela bancada do PSDB e o vereador Giovane Meneguele (relator), pelo PSD. Já no sorteio, caiu o nome de João Carlos Simões Nunes (membro – PMDB).

O vereador Carlinhos Simões (PMDB), disse que a Câmara deve dar uma satisfação ao povo, que pede a cassação de Dalva: “não podemos ir contra o Ministério Público, que fez investigações detalhadas. Vamos dar a chance de Dalva se defender”.

Os parlamentares Válber Salarini e Giovane Meneguele (PSD), admitem que, se os demais vereadores e o povo pedirem o afastamento de Dalva da presidência e do cargo de vereadora enquanto durar a CPI, eles irão acatar.     

Dalva fez questão de frisar que todas as denúncias que serão investigadas pela CPI já são peças de investigação no Ministério Público e no Tribunal de Contas. “Eu estou confiante que seguirei presidente e vou me candidatar à reeleição a presidência da Câmara e seguir presidente até 2016”, disse.

Reações. Populares que lotaram a Casa afirmaram que não irão aceitar Dalva continuando a presidir a Câmara.  “Ela se tem que deveria se julgar impedida, pois na certa vai influenciar, nos trabalhos”, disse o agricultor João Lopes, de 39 anos.

A revolta seguiu com a dona de casa Maria das Dores, de 42 anos: “Isto fede. Os vereadores tem que pedir na próxima sessão a afastamento de Dalva da presidência, até que apure os fatos”. Para o pedreiro Paulo Simões, de 45 anos, “A Justiça tem que intervir na Câmara e afastar Dalva do cargo de vereadora enquanto durar a CPI, senão vira pizza”.

Por orientação do MP, a presidente da Câmara já teve os bens bloqueados na suspeita de superfaturamento da empresa Inovar Consultoria e Medicina. E em relação à denúncia de Rachid, existe a acusação de uma ex-funcionária da Casa de que a presidente solicitava metade do seu salário. Esta funcionária atualmente mora nos Estados Unidos, por isso seu depoimento pode ser feito via Interpol ou Policia Federal.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2024-07-22-at-16.01.35

PSB oficializa Rolmar Botecchia e Valtamir Grassi como candidatos à prefeito e vice em Alfredo Chaves

Evento contou com presenças de autoridades que apoiam a chapa

Celular na mão

Governo do Estado lança projeto para rastrear celulares roubados; Guarapari registrou 347 ocorrências este ano

Iniciativa busca reduzir crimes e facilitar a restituição de aparelhos aos proprietários

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-07-19-at-16.47.38

Mais de dez pinguins foram resgatados nas praias de Guarapari na última semana

Cinco aves foram resgatadas e estão em tratamento na sede do IPRAM

engineer-man-construction-worker-concept 1 inspeção

Empresas de Guarapari enfrentam dificuldades para emitir alvará sanitário

Relatos apontam atrasos na emissão e obstáculos burocráticos desde o início do ano

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-07-22-at-14.00.26

Esquina da Cultura recebeu cerca de 40 mil pessoas no primeiro fim de semana, afirma Prefeitura

Noites foram marcadas por shows de Thiago Martins, Léo Maia e Zé Geraldo

Divulgacao-Samarco

35 vagas: Samarco abre processo seletivo para pessoas com deficiência em Anchieta

As inscrições vão até 04/08 para oportunidades em áreas operacionais e administrativas

Anúncio