Anúncio

Câmara instaura CPI para apurar supostas irregularidades na Prefeitura de Anchieta

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 4 de abril de 2018 às 15:51
Atualizado em 4 de abril de 2018 às 15:55
Anúncio

A Câmara Municipal de Anchieta instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades nas contas e pagamentos do Poder Executivo no período de 2013-2016. A Comissão é formada pelos vereadores Serginho (presidente), Richard Costa (relator) e Renato Lorencini (membro).

CPI vai apurar supostas irregularidades na Prefeitura. Foto: Divulgação/CMA

A motivação para que uma CPI fosse criada foram as supostas irregularidades e pendências financeiras: desvio de finalidade (“pedaladas fiscais”), realização de despesa sem prévio empenho, retenção de contribuição previdenciária (apropriação indébita), despesas com pessoal acima do limite permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), contração de despesas no final do mandato sem deixar disponibilidade de caixa.

O presidente da Comissão, vereador Serginho, afirma que as reuniões para apuração de documentos já iniciaram. “Começamos a organizar a metodologia do trabalho, realizamos a leitura das supostas irregularidades. Em breve, faremos a solicitação de documentos e convidar os envolvidos a serem ouvidos. Solicitamos ao setor de Tecnologia de Informação da Câmara a criação de uma aba no site, contendo todo o andamento do trabalho da CPI para que os trabalhos sejam transparentes e acessíveis a todos os munícipes”, ressaltou.

“Precisamos averiguar se houveram irregularidades. Temos que olhar para frente, mas não podemos varrer as coisas para debaixo do tapete, tapando os olhos a situações que hoje impedem ou dificultam o trabalho da municipalidade, penalizando a população e servidores. Precisamos sanar as dúvidas se houve ou não ações em desacordo com a lei” afirmam os vereadores Richard Costa e Renato Lorencini.

O que é uma CPI?

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito é um órgão próprio do Poder Legislativo, instituído especial ou permanentemente, com os poderes de investigação similares aos judiciários, a fim de apurar, por prazo certo; fato ou fatos determinados, ligados a irregularidades, ilegalidades ou má gestão da coisa pública por seus administradores; podendo encaminhar as suas apurações ao Ministério Público, para que se promova a responsabilidade civil ou criminal dos infratores.

  • Com informações da Câmara Municipal de Anchieta

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

edson

Guarapari: Edson Magalhães continua na frente em nova pesquisa da Rede Vitória/Futura

Gedson Merizio (PSB) apresentou um crescimento de mais de 47%, em comparação à última pesquisa

Foto: Divulgação / PCES

Dono de sorveteria é preso em Guarapari, após receptar carga roubada

A carga de materiais descartáveis, avaliada em R$50 mil, havia sido roubada em Vila Velha

Anúncio
Anúncio
imagem 28-10

PM recupera veículo e apreende arma em Guarapari

WhatsApp Image 2020-10-29 at 16.23.15 (1)

Instituto oferece curso gratuito para moradores de Guarapari

Além dessa nova turma, o Instituto Vinde oferta outros cursos profissionalizantes e serviços em diversas áreas

Anúncio
curso-astronomia-alberto-brum-novaes-1200x630

Alunos de Anchieta são classificados para segunda fase da Mostra de Astronomia do ES

praia do morro

Guarapari: Praia do Morro já contabiliza 541 casos e 13 mortes decorrentes da Covid-19

Anúncio