Anúncio

Câmara vai debater problemas do Rotativo de Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 25 de maio de 2021 às 10:09
Atualizado em 26 de maio de 2021 às 08:47

Anúncio

Foto: divulgação/ CMG.

Para esclarecer perguntas envolvendo o sistema de estacionamento rotativo de Guarapari a Câmara Municipal (CMG) vai realizar, a partir das 14h de amanhã (26), uma Audiência Pública, com transmissão ao vivo pela televisão local e pelas redes sociais. O objetivo é discutir as necessidades e problemas dos serviços que a concessionária do sistema de estacionamento rotativo vem prestando aos seus usuários e clientes.  

A convocação foi anunciada pelo presidente da Câmara, vereador Wendel Lima (PTB), durante a sessão ordinária realizada na última quinta-feira (20).  “A audiência pública que vamos promover é uma ação conjunta das comissões permanentes do Legislativo, dos demais vereadores da Casa e da sociedade guarapariense. Também convidamos, para acompanhar os trabalhos e participar do debate, representantes do Ministério Público Estadual, do 10ª Batalhão da Polícia Militar, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da Federação das Associações de Moradores do Município de Guarapari (FAMOMPOG)”, disse Wendel.

E ele completou: “Para prestar os devidos esclarecimentos e dirimir as dúvidas dos vereadores e da sociedade em geral, nós convocamos, para esta audiência, o secretário  municipal de Postura e Trânsito, Luís Carlos Cardozo Filho; representantes da concessionária do serviço de estacionamento rotativo, a empresa Rizzo Parking; o fiscal encarregado pelo contrato de concessão celebrado entre a Prefeitura de Guarapari e a empresa Rizzo Parking; e o gerente de trânsito responsável legal pelo recebimento das multas decorrentes do possível uso irregular das vagas”, informou o presidente da Câmara.

Segundo Wendel Lima, os vereadores recebem rotineiramente, por parte da população e dos condutores de veículos, inúmeros questionamentos e reclamações sobre a implantação, operação, manutenção e gerenciamento do serviço de estacionamento rotativo de veículos automotores, nas vias e logradouros públicos do município. “Não somos contra o rotativo. Somos favoráveis a um sistema que funcione de modo organizado, planejado e de forma correta, sem penalizar os usuários devido a deficiências e problemas que são de responsabilidade da empresa, não de quem paga a conta. Estamos exercendo nossa função fiscalizadora e, doa a quem doer, vamos assegurar o cumprimento das normas gerais que regem as relações de consumo na prestação de serviço de estacionamento rotativo pago, em áreas públicas”, encerrou.

*Com informações da Câmara de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Crimes virtuais

Artigo: crime virtuais; como se proteger e denunciar

Anúncio

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2

Guará de Ouro: solenidade homenageia lideranças locais e do ES que trabalham por Guarapari

capa_Medidor-de-velocidade-radar-FernandoMadeira-ales

Assembléia aprova lei que proíbe radares ocultos em estradas do ES

Anúncio

73o-MAPA-DE-RISCO-20.09-a-26.09

Governo do Espírito Santo divulga 73º Mapa de Risco Covid-19

vacina_es

Guarapari abre novo agendamento para terceira dose de vacina da Covid-19

Serão atendidos idosos com 60 anos ou mais que tomaram segunda dose de qualquer vacina da Covid-19 há cinco meses ou mais

Anúncio