Anúncio

Campanha contra poliomelite e de multivacinação é estendida até 30 de setembro

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 7 de setembro de 2022 às 15:00

Anúncio

Campanha contra poliomelite e de multivacinação é estendida até 30 de setembro
Foto: Reprodução

A campanha contra poliomielite e de multivacinação teve inicio em agosto e se encerraria nessa sexta (09). Entretanto, devido às baixas coberturas vacinais no país, o Ministério da Saúde estenderá a campanha até o dia 30 de setembro.

O objetivo da campanha contra poliomielite é vacinar crianças entre 1 e 5 anos de idade, enquanto a de multivacinação atualizará a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes.

No entanto, a baixa cobertura vacinal preocupa especialistas, pois aumentam as chances de uma doença já erradicada, como a poliomielite, retornar.

Anchieta, por exemplo, alcançou apenas 44% do seu público-alvo, com a meta inicial de vacinar 95% das crianças do município.

Jaqueline Grassi, servidora responsável pela imunização em Anchieta, lembrou a importância da vacinação. “As vacinas reduzem de forma significativa a mortalidade infantil no país e contribuíram para a eliminação de doenças como a varíola, rubéola e poliomielite”.

Para se vacinar é necessário ter em mãos o cartão de vacina, CPF ou cartão do SUS atualizado.

*Com informações da Prefeitura de Anchieta

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

escola perocão (1)

Pais manifestam sobre condições de escola para o ano letivo em Guarapari

Rapaz desapareceido1

Família procura por rapaz desaparecido em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Fiscalizacao_20230203_Noticias3-847x476-1

Crea-ES alerta para risco de quedas e acidentes na Praia da Areia Preta, em Guarapari

vacina-06fev-sesa

Retorno às aulas é momento de colocar as vacinas em dia

Anúncio

Pablo Lira

Pesquisador de Guarapari é o novo presidente do Instituto Jones dos Santos Neves

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

Anúncio