Anúncio

Canal escuta jovens para ajudar na melhora da saúde mental

O canal é uma criação da UNICEF, em parceria com outras instituições brasileiras

Por Aline Couto

Publicado em 23 de setembro de 2021 às 09:29
Atualizado em 24 de setembro de 2021 às 10:48

Anúncio

Foto: reprodução.

O programa “Pode Falar” é um canal anônimo de escuta, destinado a adolescentes e jovens, entre 13 e 24 anos, com o objetivo de reduzir violência, abuso infanto-juvenil, autolesões, tentativas e finalizações de suicídios.

De acordo com Dra. Alba Sampaio, que é psicóloga clínica, professora e psicodramatista, os jovens têm sofrido muito nesta pandemia da Covid-19. “Temos relatos do aumento no uso de bebidas alcóolicas, drogas ilícitas, tentativas de autolesões e de suicídios, conforme a PeNSE – Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar. É muito triste este cenário. Precisamos ter um olhar mais especial para com nossas crianças e jovens”.

Uma vez no canal, é possível ver depoimentos de adolescentes e jovens que superaram situações difíceis; acessar materiais que dão dicas sobre como se conhecer, se cuidar, e cuidar das pessoas importantes para você; além do serviço de acolhimento e escuta ativa.

“É necessário uma atenção maior nos hábitos e comportamentos das nossas crianças e jovens. O que eles estão vendo e com quem estão falando ao celular? O que eles estão assistindo? Nossos filhos e alunos precisam de cuidados e atenção redobrada”, relatou Dra. Alba.

Para a psicóloga, diante da atualidade dos jovens, a criação desse canal é de grande importância, por ser uma ferramenta de acolhimento.

“É um local de atendimento emocional individualizado e não precisa se identificar. Tem informações de como se cuidar, e com quem se inspirar e conversar por chat, se for preciso. Uma ferramenta maravilhosa para expor os sentimentos, além de ter material para se conhecer melhor. Muitas vezes os nossos jovens e crianças não falam com os pais ou responsáveis e esse canal veio para ajudar a família que se encontra desnorteada com o comportamento que os filhos estão tendo. E o canal, que é de conteúdo confiável, abre essa opção de falar das dores e angústias, e também de saber quem conseguiu vencer as dificuldades. Jovens dando depoimentos bem interessantes com vivências desafiadoras. Quantos jovens perderam os entes queridos? Quantos são órfãos? É um número muito grande, e essa dor, esse desespero, tem que ser externado para que eles possam manter a saúde mental”, alertou.

Mais informações: www.podefalar.org.br.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

idosos vacina

Ação sem agendamento vai aplicar terceira dose de vacina da Covid em idosos de Guarapari

Ação acontecerá em formato drive-thru

chuva_2_2_0

Previsão de chuva e ventos intensos até amanhã (20) em Guarapari

Segundo o alerta, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas

Anúncio

Anúncio

Edital-Citação_UBU-01

Edital de Citação

vacina pfizer crianças

Aplicação da D1 e D2 contra a Covid-19 no ES pode ser realizada com vacinas diferentes

A autorização para a mudança na aplicação foi divulgada ontem (18) pelo secretário Nésio Fernandes

Anúncio

guarita

Após reunião sobre guarita desativada, vereador de Guarapari solicita encontro com secretários

Os moradores do Centro pedem a volta do funcionamento da guarita, vídeo monitoramento, guarda municipal e posto de apoio aos turistas

vacina-astrazeneca-868x644

Prefeitura de Guarapari abre agendamento para segunda dose de vacina da AstraZeneca

Anúncio