Anúncio

Casagrande anuncia ajustes na metodologia da Matriz de Risco do Espírito Santo

Além disso, o governador comunicou a alteração das regras para o funcionamento de lanchonetes e restaurantes, a partir da próxima semana

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 11 de julho de 2020 às 08:01
Atualizado em 12 de julho de 2020 às 09:01

Anúncio

Renato Casagrande. Foto: Divulgação

O governador do Estado, Renato Casagrande, liderou, na última sexta-feira (10), mais uma reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública, por meio de videoconferência. Foi anunciado um ajuste na metodologia da Matriz de Risco, que classifica o grau de risco dos municípios capixabas com base nas ameaças e vulnerabilidades frente à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O coeficiente de incidência da doença e a taxa de letalidade vão levar em consideração os dados referentes aos últimos 28 dias.

Também foram retiradas três variáveis externas: a necessidade da permanência do município pelo período mínimo de 14 dias quando for classificado no Risco Alto; a classificação única das cidades da Grande Vitória; e a regra limítrofe. Desta forma, todas as cidades capixabas serão classificadas de forma individual, sem influência do grau de risco dos municípios vizinhos.

Além disso, o governador Renato Casagrande comunicou a alteração das regras para o funcionamento de lanchonetes e restaurantes, a partir da próxima semana. Nos municípios classificados como Risco Baixo, não haverá mais limitação do horário de funcionamento. Nas cidades com Risco Moderado, os estabelecimentos poderão funcionar entre 10 horas e 18 horas e também aos sábados até às 16 horas. Nas cidades de Risco Alto, será permitido o funcionamento até às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

Também haverá uma alteração nos critérios de funcionamento das academias de ginástica nos municípios de Risco Moderado. A partir da próxima semana, os estabelecimentos não estarão mais limitados ao atendimento de até cinco alunos, de forma simultânea, mediante agendamento. A regra permanece em vigor nas cidades classificadas como Risco Alto. No entanto, todos os municípios devem continuar a seguir o protocolo de distanciamento mínimo entre os usuários.

  • Com informações do Governo do Estado do Espírito Santo

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Muda-de-planta-shutterstock_302422220

Guarapari inicia neste domingo (19) uma semana comemorativa pelo Dia da Árvore

Família nômade (4)

Guarapari 130 anos: família nômade se encanta com as belezas da “Cidade Saúde”

Anúncio

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2-1

Artigo: ser cidadão guarapariense; uma honra e um privilégio!

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Anúncio

Crimes virtuais

Artigo: crime virtuais; como se proteger e denunciar

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2

Guará de Ouro: solenidade homenageia lideranças locais e do ES que trabalham por Guarapari

Anúncio