Anúncio

Casagrande lança campanha pela reeleição em Guarapari

Por Livia Rangel

Publicado em 13 de agosto de 2014 às 00:00

Anúncio

 

“Fizemos o maior investimento da história nesse município, mas parece que o prefeito daqui é contra. Trabalha para o outro candidato. Só que no meu governo eu penso nas pessoas e por isso sigo o meu trabalho”. Este foi o recado dado pelo governador e candidato à reeleição Renato Casagrande (PSB) ao prefeito de Guarapari, Orly Gomes, durante o seu lançamento oficial de campanha na cidade, realizado na noite desta terça-feira (12).

Cerca de 400 pessoas participaram do evento, que lotou um dos auditórios do Guará Centro de Eventos, no Itapebussu. E se o prefeito do município não foi, por outro lado, compareceram vários vereadores, três deles candidatos nestas eleições: Paulina Aleixo Pinna (PP) e Germano Borges (PSB), que disputam uma vaga na Assembleia Legislativa, e Gedson Merízio (PSB), que tenta uma das cadeiras da Câmara Federal.

Casagrande passou quase o dia inteiro na cidade Saúde, participando de duas caminhadas – uma no bairro Aeroporto e outra no Centro –, além e encontros com a imprensa local e com lideranças da Igreja Católica, este último a convite do candidato Gedson.  Uma grande comitiva acompanhou o governador em todas as ocasiões, liderada pelo candidato ao Senado da chapa, Neucimar Fraga (PV).

No evento da noite, Casagrande fez questão de, mais uma vez, enumerar os projetos que trouxe para a cidade. “Fiz obras de prefeito, como asfaltamento de ruas, drenagem, inauguração de unidades de saúde básica, mas também fiz investimentos de governador. Investi na segurança pública com a implantação da Delegacia 24 horas, trouxe o Programa Estado Presente e o Patrulha da Comunidade, aumentei o efetivo da PM… Também estamos trabalhando forte pelo turismo, com obras estruturantes que a população pedia há vários anos. Um exemplo é a revitalização do Canal, que custará R$ 40 milhões”.

Ele também não deixou de falar sobre o governador que o antecedeu e que agora tenta voltar ao Palácio Anchieta. “É só olhar para os últimos 12 anos e ver o que foi feito nestes últimos quatro anos e nos outros. Eu fiz muito mais em todas as áreas com muito menos tempo e em meio a dificuldades, como o fim do Funda, a luta pelos royalties do petróleo e a enchente do final do ano passado. Isso porque tomamos decisões de pensar não somente no lado econômico, que o governo anterior fez muito bem, mas também no lado humano”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-07-02-as-14.22.32_930ee451

Prestes a lançar novo filme, Rodrigo Aragão quer formar novos talentos do cinema em Guarapari

Cineasta finaliza seu novo longa, que se passa em um prédio assombrado por fantasmas na Praia do Morro

{"eId":"703898471388870","CameraPosition":1}

Hotéis e pousadas das montanhas preparam mimos para hóspedes durante a Festa do Morango

34ª edição do evento já está com ingressos à venda

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Schadenfreude

letreiro-guarapari-es-2021-08-27

Coluna Dom Antônio: O que falta para Guarapari ser uma cidade turística de verdade

Anúncio

regulamento foto (3)

Coluna Entenda Direito: A importância do Regulamento Interno das empresas nas relações de trabalho

Pipas_divulgacao

Guarapari foi a cidade mais atingida por problemas causados por pipas na rede elétrica

Nos primeiros meses do ano, cidade teve 1.668 clientes afetados na região; riscos de acidentes aumentam nas férias

Anúncio