Anúncio

Colheita de uvas eleva expectativas de famílias produtoras de Alfredo Chaves

Segundo Incaper, colheita deve acontecer a partir da segunda quinzena de dezembro

Por Gislan Vitalino

Publicado em 10 de novembro de 2021 às 10:00

Anúncio

Colheita de uvas eleva expectativas de famílias produtoras de Alfredo Chaves
Parceria com o Incaper tem orientado e trabalho dos produtores rurais. Fotos: acervo/produtores.

A produção de uvas em Alfredo Chaves já é tradicional na região. O município, marcado pela imigração italiana, tem nas uvas um atrativo turístico e econômico que vem ganhando ainda mais destaque desde a parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), que ao longo do ano, tem amparado a produção e prestado assistência às famílias produtoras.

De acordo com o extensionista do Incaper e responsável pela assistência à produção de uvas no município, Marcelo Freitas Ladeira, o suporte surge de um esforço para manter a tradição da produção. “Em 2020 não ocorreu a festa da Uva e do Vinho, tradicional do distrito de São Bento de Urânia. Para manter essa tradição, o Incaper mobilizou o Dia Especial de Comercialização da Uva de Alfredo Chaves, em janeiro de 2021, quando foram comercializadas mais de uma tonelada de uvas. Desde então, começamos a fazer um trabalho de acompanhamento mais próximo, que engloba as 15 famílias produtoras do município”, contou Marcelo.

Um dos produtores da uva no município é o senhor Hercílio Antônio Krohling. Ele é proprietário do Sítio Três Lagoas, em Iritimirim, e conta que a produção de uvas é a realização de um sonho antigo que hoje é realidade junto à família. “Há uns três ou quatro anos eu estive em uma palestra do Incaper em Marechal Floriano, onde vi que estava em condição de iniciar os plantios. Trouxe as sementes, fiz as mudas e hoje, mesmo com um terreno ainda pequeno, tenho os 120 pés e, no último ano, nós produzimos 200 kg de uvas”, explicou.

Colheita de uvas eleva expectativas de famílias produtoras de Alfredo Chaves
Para o sr. Hércílio Antônio Krohling, do Sítio Três Lagoas, a produção de uvas é um sonho antigo que se tornou realidade há alguns anos.

Segundo o produtor, o apoio do Incaper, tem sido muito importante para o crescimento da produção. “A gente faz tudo em cima de análises, via Incaper. Para preparar a poda para a produção, por exemplo, fizemos a coleta da terra, levamos para o Incaper, fizemos a análise e tudo foi feito da forma correta através do Incaper”, afirmou senhor Hercílio.

Produzindo uvas já há mais tempo, o Sítio Verde, em São Bento de Urânia, segue uma tradição que já dura 40 anos. “A gente colhe a uva, produz geleias, vinho e recebe os visitantes que podem colher a uva no pé, escolhendo os frutos e pagando pelo que escolheu”, conta o senhor Severino Busato, aos 69 anos. Ele explica também que, com a colheita, a expectativa é que as visitas aumentem, movimentando gerando renda, movimentando a economia e divulgando o sítio a novos visitantes.

Colheita de uvas eleva expectativas de famílias produtoras de Alfredo Chaves
Hoje com 69 anos, Severino Busato, proprietário do Sítio Verde, produz uvas há 40 anos.

Já no Sítio Três Morros, a família do Guilherme Lacerda produz uvas já há três anos. A atividade que começou como uma fonte de renda extra, tem se profissionalizado cada vez mais. “Nós moramos a vida inteira no Rio de Janeiro. Quando meus pais se aposentaram, vieram para o sítio, que já é da nossa família há 20 anos, e começaram a produção das uvas como fonte de renda extra e para ocupar o tempo, já que admiravam muito essa atividade”, conta o engenheiro florestal formado pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Colheita de uvas eleva expectativas de famílias produtoras de Alfredo Chaves
Engenheiro florestal, Guilherme Lacerda é responsável pela produção de uvas no Sítio 3 Morros.

Segundo ele, o objetivo, atualmente, é de profissionalizar a recepção e atrair cada vez mais visitantes. “Nós queremos agregar e aproveitar que existe uma produção crescente de uvas, além da tradicional produção de inhame e, junto a isso, trazer as pessoas para essa produção, através de uma estrutura maior de ecoturismo”, disse Guilherme.

De acordo com o Incaper, a colheita de uvas na região de Alfredo Chaves está prevista para começar a partir da segunda quinzena do mês de dezembro. O Instituto já se prepara também para realizar, em janeiro de 2021, o II Dia de Comercialização da Uva de Alfredo Chaves.

Das uvas produzidas, a maioria é de variedades voltadas para o consumo de mesa e fabricação de vinho ou suco como, Isabel, Isabel Precoce, Niágara Rosada, Vitória, Carmen, Violeta e Bordô.

A fruta está presente em propriedades nas comunidades de São Bento de Urânia, São Francisco de Urânia, Córrego da Fortuna, Rio Novo de Matilde, Iriritimirim, Ibitiruí e Cachoeira Alta.

Agende sua visita

  • Sítio Três Lagoas
    Localização: Iriritimirim
    Contato (27) 9 9800.1439
  • Sítio Verde
    Localização: São Bento de Urânia
    Contato (27) 9 9995.5966 ou (27) 9 9839.1148
  • Sítio Três Morros
    Localização: Córrego da Fortuna
    Contato (28) 9 9909.1960 (WhatsApp)

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

formacao_cursos_gratuitos-2022-04-07 (1)

Programa Qualificar ES abre vagas para cursos de qualificação profissional em Guarapari

eco101 obras anchieta

Eco101 inicia obras noturnas na BR101 entre Anchieta e Mimoso do Sul

Anúncio

Anúncio

Samarco_pelotas_Jefferson-Rocio

Samarco divulga Relatório de Sustentabilidade de 2021

Documento mostra as ações desenvolvidas para uma mineração mais segura e sustentável

com-quilombola-2

Campanha busca construir poço artesiano em comunidade quilombola de Guarapari

Moradores do local estão há cerca de um mês sem água

Anúncio

doacao-de-sangue-hemoes

Alfredo Chaves receberá Hemoes na próxima semana (19)

A coleta de sangue será realizada das 7h às 13h. Os interessados devem agendar horário antecipadamente

WhatsApp Image 2022-08-08 at 13.37.15

Guarapari: ação organizada em Jabaraí busca limpar mangue poluído

Projeto tenta resolver parte do problema enquanto as casas próximas ao mangue não são ligadas à rede de esgoto

Anúncio