Anúncio

Quinzenalmente, Dra Aline Rodrigues escreve para o folhaonline.es passando informações e esclarecendo dúvidas sobre cuidados com as crianças.

Coluna Papo de Pediatra: Como ajudar uma mãe que está passando pelo baby blues?

Período de enorme tristeza frequentemente vivenciado por mulheres no período pós-parto

Por Aline Rodrigues

Publicado em 28 de setembro de 2023 às 15:34
Atualizado em 28 de setembro de 2023 às 15:34

Anúncio

Qual a diferenca entre baby blues e depressao pos parto1 - Coluna Papo de Pediatra: Como ajudar uma mãe que está passando pelo baby blues?
Foto: reprodução.

Também conhecido como disforia puerperal, é um quadro de origem principalmente emocional com características transitórias que pode afetar mais de 80% das mulheres após darem à luz ao seu bebê, além disso as mudanças hormonais também contribuem para o quadro.

Importante ressaltar que o baby blues é diferente da depressão pós-parto, por se tratar de um quadro passageiro e menos intenso. Já a depressão, normalmente dura mais tempo e deixa a mãe incapacitada de realizar algumas atividades, exigindo um acompanhamento profissional.

Os principais sintomas do baby blues são dificuldade para dormir, vontade de chorar frequente, sensação de fragilidade, falta de disposição, irritabilidade fácil e tristeza.

Como ajudar uma mãe com um bebê pequeno que está passando por esse momento tão delicado?

–  Reconheça os sintomas;

– Ajude na prática, além de dizer que a mãe pode contar com você, se ofereça para fazer atividades como preparar uma refeição, lavar uma louça ou ficar com o bebê enquanto ela descansa;

– Ouça mais e opine menos, escute o que a mãe tem a dizer e faça com que ela se sinta à vontade para falar sobre o que está passando sem se sentir julgada;

– Mantenha contato, esteja presente física ou virtualmente, e disponível para conversar e dar outro tipo de suporte caso seja necessário;

– Faça-a se sentir importante, expresse em palavras e gestos o reconhecimento do seu esforço, em como ela está sendo uma mãe incrível.

Aline Rodrigues de Souza, 33 anos, é médica emergencista e intensivista pediátrica. Trabalha como coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal - UTIN pediátrica e neonatal - do Hospital Materno Infantil Francisco de Assis – HIFA, e atende em consultório próprio.

Mais de Aline Rodrigues

DENGUE

Coluna Papo de Pediatra: medicamentos contraindicados na dengue

1024

Coluna Papo de Pediatra: filhos na escola – como minimizar infecções

pneumonia-em-criancas-o-que-e-e-como-identificar

Coluna Papo de Pediatra: Filho doente?  Não leve para escola

img_b7v0cwwbvp

Coluna Papo de Pediatra: crianças seguras nas praias

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

procissao-maritima-8

Com shows e homenagens, Anchieta divulga a programação da tradicional Festa de São Pedro

Evento ainda vai contar com procissão marítima e celebrações religiosas

SHOW-DE-FISICA-2

Escola de Guarapari promove primeiro Show de Física e Astronomia

Ação buscou promover interação entre os estudantes, possibilitando que o conhecimento seja transmitido de uns para os outros

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Encontros e despedidas

WhatsApp-Image-2024-06-23-at-11.17.05

Coluna Dom Antônio: Ruas sem placa alguma e numeração maluca são nossa triste realidade

Anúncio

MicrosoftTeams-image-1

Coluna Entenda Direito: Descubra como sua empresa pode vender para o Governo

Prefeitura-de-Guarapari

Guarapari mantém nota A no Tesouro nacional por qualidade de informação contábil

Índice foi divulgado no início da semana

Anúncio