Anúncio

Conselho de Transportes de Guarapari se reúne sexta-feira (22) e discute reajuste da passagem

Convocação foi divulgada no Diário Oficial dos Municípios.

Por Gislan Vitalino

Publicado em 20 de janeiro de 2021 às 18:10

Anúncio

Conselho de Transportes de Guarapari se reúne sexta-feira (22) e discute reajuste da passagem
Foto: arquivo/ FolhaOnline.es

O Conselho Municipal de Transportes de Guarapari (Comutran) foi convocado hoje (20), em publicação no Diário Oficial dos Municípios para uma reunião. Os membros vão se reunir nessa sexta-feira (22), no Núcleo de Tecnologia da Secretaria Municipal de Educação, no bairro Aeroporto.

Dentre os temas pautados para a reunião, está a discussão do reajuste anual da tarifa de ônibus. Atualmente, o valor da tarifa é de 3,60.

O Conselho

O Conselho Municipal de Trânsito é formado por representantes do poder público, dos sindicatos de empresas e trabalhadores, e da sociedade civil organizada. Anualmente, o Conselho é convocado para a votação do reajuste anual da tarifa dos ônibus, conforme previsto na previsto na Lei Complementar Nº 002/2006.

Vale ressaltar que um possível reajuste aprovado pelo conselho, só é válido após publicação, em Diário Oficial, de Decreto do Prefeito que estabelece a nova tarifa. Tal medida do Executivo leva em consideração a resolução do Comutran, que também passa por publicação.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Casa de Apoio Matheus Garcia (3)1

Casa de Apoio busca ajuda para doação de cestas de Natal e caixas de leite aos necessitados em Guarapari

sangue_hemocentro_doacao_hemoes

Projeto social realiza 3ª campanha de doação de sangue em Guarapari

Anúncio

Anúncio

copa sicoob 2

Com apoio do Sicoob Sul Litorâneo, Alfredo Chaves retoma o campeonato de futebol amador

proerd-dez-2022-5

Estudantes da rede municipal participam de formatura do Proerd em Guarapari

Anúncio

coluna-antonio-03dez

Coluna Dom Antônio: Délio Simões Pádua, um dos primeiros empreendedores de Guarapari

fogos

Venda de fogos de artifício com barulho está proibida no Espírito Santo

Anúncio