Anúncio

Cozinha Capixaba estaciona em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 17 de outubro de 2018 às 18:19
Atualizado em 17 de outubro de 2018 às 18:29
Anúncio

O evento promove a capacitação de profissionais ligados à gastronomia na cidade.

Guarapari é a última parada do projeto que passou por 22 municípios. Foto: HM Propaganda

Começou na noite de ontem (16), a segunda edição da Cozinha Capixaba em Guarapari. O evento acontece através de uma escola móvel e circula entre os municípios do Espírito Santo com o objetivo de capacitar profissionais ligados à gastronomia no estado.

A nutricionista do Sesi, Ângela Maria Covre, é instrutora do Cozinha Capixaba e falou que é a segunda vez que ela participa do evento em Guarapari. Segundo a nutricionista, a busca é por trabalhar com produtos regionais durante as aulas. “Nós procuramos sempre trazer alguma novidade, fazendo receitas com materiais do próprio município”, disse.

Ângela também contou que toda semana os alunos recebem um chef de cozinha diferente. Na quinta (18), o evento vai receber o chef Francisco Assis, que vai fazer uma moqueca capixaba com os alunos.

Ângela Maria Crove é nutricionista e instrutora do projeto. Foto: HM Propaganda.

A auxiliar de cozinha, Vanúzia Conceição dos Santos, que trabalha em um restaurante terceirizado do Sesc, é aluna da turma da tarde na escola móvel. Vanúzia relatou que é a primeira vez que participa do evento, e que a experiência vai contribuir muito para o seu emprego. “Eu me senti muito privilegiada porque eu já atuo na área e gosto de praticar, faço isso com muito bom gosto. Além disso, vai contribuir muito com a minha patroa”, declarou.

Vanúzia Conceição dos Santos faz parte da turma da tarde do Cozinha Capixaba. Foto: HM Propaganda

O cozinheiro José Antônio Lampek, outro novato no Cozinha Capixaba, pontuou que se inscreveu nas aulas para conhecer mais detalhes da gastronomia do Espírito Santo, já que é de São Paulo. “A experiência está sendo maravilhosa. O clima é muito agradável porque tanto os alunos como quem está nos instruindo estão muito dedicados” enfatizou.

José Antonio Lampek (direita) está participando pela primeira vez do Cozinha Capixaba. Foto: Leitor

A Cozinha capixaba no município, vai até a próxima sexta-feira (19) e é composta por duas turmas de 20 alunos, sendo uma à tarde, de 11h as 16h e outra a noite, de 17h as 22h. Além dos cursos, foi montada uma praça de alimentação com foodtrucks que funcionará todos os dias do evento de 17h as 00h

Reta final

Guarapari está sendo a última cidade a receber a Cozinha Capixaba. Ao todo, o projeto passou por 22 municípios em 25 semanas capacitando mil profissionais da gastronomia. O evento é uma parceria entre o Governo do Estado, a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), o Serviço Social das Indústrias (Sesi) e a prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (SEMAG).

Texto: Sara de Oliveira

 

 

 

 

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Hifa Dia das Crianças

Hifa Guarapari e grupo “Cheios da Graça” realizam ação em prol do Dia das Crianças

O objetivo é arrecadar lápis, lápis de cor, giz de cera, canetinha colorida, apontador, gibis, livrinhos passatempos de palavras cruzadas e caça palavras

Ideb-11072019

Educação de Guarapari destaca-se como melhor Ideb entre os municípios da região metropolitana

Anúncio
Anúncio
praia cheia feriado

Qual é a verdadeira vocação turística de Guarapari, hoje?

imagem para o artigo

Artigo: É possível realizar divórcio online?

Anúncio
upaa-550x413

Cidade Saúde completa 129 anos e profissionais da UPA Guarapari falam sobre enfrentamento à pandemia

Os profissionais da saúde acreditam que esse é um momento passageiro e, em breve, datas como essa poderão voltar a ser comemoradas coletivamente

verão-550x367

Covid-19: Guarapari é classificada como “Risco Baixo”; o município tem 3.198 casos confirmados

O ES tem três municípios em risco moderado e 75 em risco baixo. Não há mais municípios em risco alto

Anúncio