Anúncio

Detran/ES abre 3.500 vagas para CNH Social; saiba como se inscrever

Vagas são para obter a primeira habilitação nas categorias A ou B e para adição de outras categorias

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 19 de julho de 2023 às 11:44

Anúncio

CNH Social Casagrande - Detran/ES abre 3.500 vagas para CNH Social; saiba como se inscrever
Foto: divulgação

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), lançou, nesta terça-feira (18), a 2ª fase do programa CNH Social 2023, em que estão sendo disponibilizadas mais 3.500 vagas, totalizando as 7.000 vagas divulgadas em edital para este ano. O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande, em cerimônia realizada no Palácio Anchieta, em Vitória.

As inscrições foram abertas às 12h desta terça-feira (18) e devem ser feitas exclusivamente no site www.detran.es.gov.br até às 23h59 do dia 28 de julho.

As vagas são para obter a primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro); e, para aqueles que já são habilitados, a adição de categoria A ou B e a mudança de categoria D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta). Para se inscrever, é necessário estar ativo no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com os dados atualizados na Base Nacional do Cadastro até o dia 16 de junho de 2023.

A relação final dos selecionados para a matrícula on-line no programa será divulgada no site do Detran|ES a partir das 12h do dia 07 de agosto. Os candidatos que não forem selecionados nesta lista terão ainda uma nova oportunidade de serem contemplados na chamada única de suplentes, que será divulgada no dia 11 de setembro, a partir de 12h, no site do Detran|ES. A lista de suplentes tem o objetivo de oferecer as vagas não preenchidas após desclassificação de candidatos selecionados na primeira lista que não respeitarem os prazos estabelecidos no processo de Habilitação.

É importante o candidato ter ciência de que ele é o responsável por acompanhar todos os prazos e publicações referentes ao programa CNH Social. Caso seja selecionado e não faça a matrícula, o candidato ficará impedido de participar de novas seleções por três anos. E, caso o selecionado inicie o processo a partir da confirmação da matrícula, mas perca algum prazo posterior ou desista do processo, ficará impedido de participar de novos processos seletivos ou cursos de especialização por cinco anos.

“Nos comprometemos a não paralisar nenhum programa na nova gestão, muito pelo contrário. Nosso compromisso foi de melhorá-los. Isso que estamos fazendo com o CNH Social, uma iniciativa tão importante para quem participa e que dá oportunidade a muitos capixabas. Destaco que o Detran|ES está presente em todos os municípios e são uma representação do Governo em cada ponto do Estado, prestando um bom serviço, de forma eficiente. Estamos constantemente fazendo investimentos em tecnologias e serviços para ajudar à população”, afirmou o governador Casagrande.

Requisitos para participar do CNH Social

– Ter mais de 18 anos;

– Saber ler e escrever;

– Possuir CPF e Carteira de Identidade ou equivalente;

– Comprovar domicílio ou residência no Estado do Espírito Santo;

– Não estar judicialmente impedido de possuir a CNH;

– Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal com dados atualizados até 16 de junho de 2023;

– Possuir renda familiar de até 02 (dois) salários mínimos;

– Não possuir deficiência que impeça a obtenção da CNH.

Passo a passo para inscrição

Para se inscrever, o interessado deverá acessar o site www.detran.es.gov.br, entrar no banner ou no botão do programa CNH Social na página principal e inserir as informações pessoais solicitadas. Todos os dados informados devem conferir precisamente com as informações constantes no CadÚnico.

O candidato deverá selecionar, também, a categoria desejada, entre as seguintes opções: Primeira Habilitação categoria A (moto) ou Primeira Habilitação B (carro) para quem ainda não é habilitado. Quem já tem carteira de motorista poderá selecionar Adição de categoria A (moto), Adição de Categoria B (carro), Mudança para Categoria D (ex.: van e ônibus) ou Mudança de Categoria E (ex.: caminhão e carreta). Vale destacar que, após realizada a inscrição, não é possível modificar a categoria escolhida.

As vagas são distribuídas da seguinte forma: 40% para a primeira habilitação (A ou B); 20% para a Adição de Categoria A ou B; e 40% para a Mudança de Categoria D ou E. O objetivo é dar um foco na capacitação profissional, visando oportunizar aos condutores a inserção no mercado de trabalho e o aumento da empregabilidade.

*Com informações do Governo do Estado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

01.FOTO-DO-TEMA

Coluna Entenda Direito: Autismo e o direito ao benefício assistencial – BPC/Loas

20240614111133_HQF_4170

Governo do Estado assina parceria que garante ações voltadas à população LGBTQIA+

Cooperação foi assinada com o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania

Anúncio

Anúncio

Curso-de-mecanica

Detran oferta curso gratuito de Mecânica Básica para condutores em Alfredo Chaves

Curso é realizado em parceria com a Moto Litoral Honda e Fiat Relva

praia-do-morro-11jan24

Veja como fica o tempo neste fim de semana em Guarapari

Tempo deve se manter aberto com temperaturas na casa dos 30° C

Anúncio

projeto orla de ubu 3

Com início das obras em Ubu, Anchieta terá interdições no trânsito a partir de quarta-feira (19)

Viações Planeta e Sudeste vão alterar itinerário dos ônibus

20240613_143428090_iOS

Polícia Militar comemora os 23 anos do 10º Batalhão, em Guarapari

Solenidade contou com homenagens e presença de autoridades

Anúncio