Anúncio

Edson Magalhães não compareceu a posse de seu sucessor

Por Livia Rangel

Publicado em 7 de março de 2013 às 00:00
Atualizado em 27 de janeiro de 2015 às 14:03

Anúncio

A solenidade de posse do novo prefeito de Guarapari, Orly Gomes, na noite de ontem (06) no Sesc não contou com a participação de seu principal cabo eleitoral, durante a campanha nas eleições suplementares.  O ex-prefeito, Edson Magalhães (sem partido), foi solto na terça-feira, após ter sido preso pela operação Derrama.

A cerimônia começou com atraso de uma hora, já que o presidente da Assembleia, Teodorico Ferraço, não havia chegado a tempo, por causa do trânsito.

Durante seu discurso de posse, Orly Gomes apontou a saúde e segurança pública como prioridades de sua gestão. “Temos problemas pontuais e ataques imediatos a serem tomados, e a saúde é uma delas. Temos o projeto de um Hospital em Guarapari, foi compromisso de minha campanha e não irei fugir”, disse Orly Gomes.

O prefeito disse ainda que contará com o apoio do Governador do Estado, Renato Casagrante, para dar melhores resultados a situação da saúde de Guarapari e acrescentou que cada cidadão poderá fiscalizar o trabalho dos servidores e da prefeitura . “Vocês não tem um prefeito, vocês tem um servidor”, destacou Orly.

A cerimônia contou com a presença em massa de membros da sociedade civil organizada. Cerca de mil pessoas compareceram, lotando o auditório do Sesc. Entre as autoridades presentes estavam todos os vereadores da cidade, o promotor eleitoral, Marco Antônio Nogueira; o prefeito de Vila Velha e presidente estadual do DEM, Rodney Miranda; a deputada estadual Janete de Sá (PMN); e o deputado estadual Élcio Álvares.

Promotor eleitoral menciona jornal Folha da Cidade em seu discurso

O promotor eleitoral, Marco Antonio Nogueira, citou em seu discurso a entrevista que Orly concedeu ao jornal Folha da Cidade, em que o prefeito declarou que pretende tornar o turismo como principal fonte de renda desta cidade.

“Nós temos que mostrar nossa cidade, fazer com que as pessoas entendam que investir aqui é vantajoso, porque turismo se faz com dinheiro, mas não necessariamente com dinheiro público. É também preciso dar ordenamento na cidade, tornando-a mais atrativa. Construção de nosso hospital, melhorias no trânsito, melhorias do transporte urbano, melhor segurança… Tudo isso são ações necessárias para incrementar nosso turismo e, quem sabe, torná-lo nossa principal economia sem a sazonalidade que hoje tanto nos atrapalha”, disse Orly Gomes na entrevista.

Segundo Nogueira as palavras do atual prefeito soaram como música aos seus ouvidos. “Isso demonstra também o preparo de Vossa Excelência, como um administrador bem-sucedido na prática e na formação acadêmica em Administração e Turismo”. No entanto o promotor fez um apelo ao prefeito para que tire ‘Guarapari das páginas policiais’.

Colaboração: Rosimara Marinho

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

onibus-28-10-2019.mov-snapshot-00.10-2019.10.28-09.17.03-

Passageiros da Viação Alvorada reclamam de atrasos frequentes em linhas sem trocador

geada ES1

Aviso meteorológico prevê sensação térmica abaixo de 0 °C e formação de geada no ES

Anúncio

Anúncio

Julio-Joaquim-folhaonline-27-e-29Jul-2

Edital de Citação – Imóvel Usucapiendo

Casagrande clima

Casagrande e mais seis governadores se reúnem com enviado dos EUA para o clima

Anúncio

renato_entrevista

Entrevista: vereador busca alinhar Anchieta aos objetivos globais de desenvolvimento sustentável

Confira a entrevista exclusiva do jornal FolhaOnline.es com o vereador Renato Lorencini

detonacao_rocha_guarapari-2020-03-24

Detonação de rocha vai interditar BR-101 entre Guarapari e Anchieta

Anúncio