Anúncio

Eleições municipais e a polêmica em Guarapari

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 22 de julho de 2020 às 11:03
Atualizado em 23 de julho de 2020 às 08:09

Anúncio

Primeiro, a prefeitura de Guarapari decidiu mudar as regras de funcionamento de alguns estabelecimentos, desrespeitando as definições do Estado. Segundo, ignorou a notificação do Ministério Público capixaba para suspender o decreto, que prevê o funcionamento de restaurantes, pizzarias, cafeterias e hamburguerias até às 10 da noite.

Eleições

Já ficaram evidentes os altos custos sociais e econômicos que uma pandemia pode acarretar. Em ano de eleição municipal, também entram nessa conta os custos eleitorais. Como não arranhar a imagem diante medidas impopulares para uma parte da população? O enfrentamento do município às autoridades é uma forma de deixar claro para os moradores – e eleitores – o posicionamento do prefeito, o pré-candidato, Edson Magalhães (PSDB).

Justiça

Na terça-feira (21), o MPES entrou na Justiça para pedir a suspensão do decreto. A prefeitura disse que “a autorização do funcionamento de restaurantes foi adotada com uma série de exigências a serem observadas pelos empreendimentos do setor, com regras municipais mais rígidas e que não violam as políticas públicas, em sintonia com as diretrizes do Governo Estadual”.

*Texto de Luana Damasceno, da redação Folha Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Bairros de Guarapari terão abastecimento de água paralisado nessa terça-feira (21)

Meninos Adalberto (2)

Projeto social que acolhe crianças e adolescentes precisa de apoio em Guarapari

Anúncio