Anúncio

Eleições para o Conselho Tutelar são impugnadas em Guarapari

Por Sara de Oliveira

Publicado em 7 de outubro de 2019 às 17:48
Atualizado em 7 de outubro de 2019 às 17:48
Anúncio

De acordo com Célia Cristina, presidente da Comissão de Processo de Escolha Unificada dos Conselhos Tutelares, o nome de uma das candidatas não constava na urna eletrônica.

Foto: Reprodução.

A Comissão de Processo de Escolha Unificada dos Conselhos Tutelares impugnou as eleições realizadas nesse domingo (06), em Guarapari. Um dos motivos da suspensão foi a ausência do nome de uma das candidatas na urna eletrônica. O novo pleito será realizado no dia 10 de novembro, das 08h às 17h, nos mesmos locais de votação.

De acordo com a presidente da comissão, Célia Cristina da Silva, a candidata Celimara Gonçalves de Lima tinha sido indeferida da listagem com os nomes dos candidatos. “Como ela não tinha apresentado dois documentos necessários para habilitar a inscrição, a comissão entendeu que ela não participaria mais das eleições e indeferiu o processo”.

Porém, de acordo com a presidente, a candidata indeferida acionou a justiça, que, por sua vez, entendeu que o nome deveria ser incluído novamente na lista para a eleição. “Quando a justiça publicou a decisão, a listagem definitiva com os candidatos deferidos já tinha sido publicada pela comissão”, argumentou Célia.

Nas eleições desse domingo (06), o nome da Celimara não constava na urna eletrônica, por isso a comissão decidiu disponibilizar também cédulas de papel para a votação. “Os mesários foram instruídos para que, caso os eleitores identificassem alguma irregularidade na urna eletrônica, fossem direcionados a utilizar o papel”, explicou.

Votos Nulos

Célia Cristina afirma que outro motivo para a decisão da impugnação foi o registro de muitos votos nulos no processo eleitoral. “Como se trata de uma votação facultativa, a comissão se reuniu e decidiu impugnar as eleições. Queremos que a listagem correta conste na urna eletrônica”, concluiu.

A reportagem tentou entrar em contato com a candidata Celimara, mas não obteve sucesso. A matéria será atualizada assim que o posicionamento da candidata for encaminhado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Com 3.357 casos da Covid-19 confirmados, Guarapari tem 121 sob investigação

Imagem artigo

Artigo: O uso indevido da Lei Maria da Penha

E o reflexo prejudicial às mulheres que de fato precisam da proteção legal

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Grupo de doadores de sangue de Guarapari convoca voluntários para ação

O Projeto Esther-Doe Sangue Salve Vidas realiza doação pelo menos duas vezes por mês com transporte gratuito para os voluntários

AfroChaves

Alfredo Chaves: associação recolhe óleo usado para fabricar sabão e doar

Anúncio
classroom-2093743_1280

Governo do ES autoriza aulas presenciais a partir de 05 de outubro

A suspensão das aulas foi uma das primeiras medidas de enfrentamento à pandemia tomadas em março.

Parque de Itaúnas - Paulo Sena - Seama

Parques estaduais abrirão neste final de semana

Anúncio