Anúncio

Engordamento da Praia do Morro: projeto em análise pode dobrar faixa de areia em Guarapari

O projeto tem causado preocupações e gerado dúvidas na população local

Por Aline Couto

Publicado em 21 de fevereiro de 2024 às 11:00

Anúncio

praia do morro 11jan24 - Engordamento da Praia do Morro: projeto em análise pode dobrar faixa de areia em Guarapari

Um projeto anunciado em 2022 pelo prefeito de Guarapari, Edson Magalhães e reforçado em janeiro deste ano pelo vice-governador do Espírito Santo e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ricardo Ferraço, durante palestra em Guarapari, o engordamento da Praia do Morro, uma das praias mais com conhecidas e frequentadas do município, tem causado preocupações e gerado dúvidas na população local.

Na ocasião do anúncio, o prefeito adiantou que a faixa de areia da Praia do Morro será estendida. “Nós perdemos muito banco de areia com o tempo, essa areia foi para o fundo do mar, e hoje está alojada no Canal de Guarapari. A exemplo de (Balneário) Camboriú, o governador autorizou o engordamento do banco de areia da Praia do Morro. Teremos uma extensão maior da praia para os nossos banhistas e para quem tem negócios na praia”, garantiu Edson.

De acordo com informações prévias, a Praia do Morro deve aumentar a faixa de areia de 40 para 80 metros de extensão. O projeto, estudo feito pela prefeitura de Guarapari, está em análise no Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado – DER-ES. “Fizemos recentemente a engorda da praia de Meaípe, importantíssima para o turismo de Guarapari. Agora faremos a engorda da Praia do Morro, que também será muito importante, com impacto na infraestrutura, na economia e no social da região. Ficará uma faixa de areia muito grande, extraordinária para recuperar, para dar condição aos moradores e trabalhadores de Guarapari. Organizada, a Praia do morro melhorará como fonte de emprego, trabalho e renda para muitas famílias”, relatou o vice-governador.

Para a Associação Moradores da Praia do Morro – AMPM a notícia chegou com muita surpresa e apreensão. “Nosso posicionamento é buscar informações junto a órgãos competentes, para que possamos nos manifestar, oficialmente, com mais segurança. Muitas pessoas já nos questionaram quanto ao fato, manifestando elevado voto contrário. A diretoria optou para que façamos uma pesquisa online, para ver a reação geral das pessoas”, disse a presidente da AMPM, Fátima Fonseca.

Antônio José Lopes e Leandro Pinho, moradores da Praia do Morro, são contrários ao projeto. “Me posiciono contrário ao engordamento na Praia do Morro. Nossas crianças não vão poder entrar no mar se acontecer o engordamento, porque ao final da areia já teremos um mar profundo. Também não teremos onda na Praia do Morro, quer dizer, vão acabar com a praia. Acho que o prefeito tem que terminar as obras que estão cercadas por tapumes e precisa tirar o empoçamento de água que fica no final da Praia do Morro quando qualquer chuva ocorre”, disse Antônio.

“Sou totalmente contra o engordamento. No momento, não é o que a Praia do Morro precisa. Outras demandas são urgentes e estão sendo adiadas ou mesmo nem sabemos se estão sendo pensadas. Por exemplo: instalação de lixeiras em número e tamanho compatíveis com a demanda; banheiros com funcionamento até o período noturno; aumento da capacidade de drenagem da rede fluvial, mas acompanhada de fiscalização de quais eventuais condomínios fazem ligação irregular da rede de esgoto à fluvial; aumento significativo do efetivo de trabalhadores da limpeza de ruas e da areia; fiscalização, inclusive com rede de câmeras interligadas a central de monitoramento, para coibir roubos e mesmo a utilização de caixas de som; ajustes no asfaltamento da pista da orla e da Avenida Oceânica, principalmente, evitando que qualquer chuva gere piscinas de água parada que logo trazem aspecto terrível às calçadas, ao serem atingidas pela água jogada pelos carros. O engordamento só é necessário em orlas que tenham perdido a faixa de areia, o que não é o caso da Praia do Morro. O engordamento mexe com o ecossistema da praia, traz muitas vezes camadas de areia grossa, bem diferente da existente no local, e gera alterações na balneabilidade muitas vezes irreversíveis”, reforçou Leandro.

Quiosqueiro

quiosque praia do morro11 - Engordamento da Praia do Morro: projeto em análise pode dobrar faixa de areia em Guarapari
Fotos: arquivo folha.

Perguntado, um dos proprietários de quiosque na orla não é a favor do engordamento da Praia do Morro. “Irá tirar a beleza natural do local e prejudicará o ecossistema. Tem corais, reproduções de peixe e de camarão na nossa costa e isso vai agravar muito com o engordamento. Não estou pensando em ganhar dinheiro, mas sim na natureza. Esse engordamento é muito triste, a areia não vai continuar a mesma e o mar pode ser afundado. Hoje você pode deixar uma criança entrar no mar sem perigo, mas quando eles fizeram esse projeto pode ficar perigoso”.

O setor hoteleiro segue com a mesma expectativa da Associação de Moradores da Praia do Morro, aguardando estudos sobre o projeto. “A hotelaria não pode viver com situações como o que aconteceu com Meaípe no passado, em que simplesmente havia períodos sem praia e em consequência sem turistas. Precisamos que as qualidades da Praia do Morro sejam preservadas, com áreas de águas calmas sem degraus no mar, perfeita para famílias; áreas com ondas, ótimas para os surfistas; qualidade das areias e áreas para os turistas conviverem em harmonia com esportistas e atividades náuticas. A visão do projeto deve ser de preservação das áreas atuais por anos, recuperação das áreas perdidas e inserção de espaços para recuperação da restinga natural inexistente em quase toda a Praia do Morro. Não deve ser de ampliação para receber mais pessoas, mas para receber o público atual de turistas e principalmente moradores com maior qualidade e mais sustentabilidade ambiental”, finalizou Fernando Otávio, diretor presidente da Associação de Hotéis e Turismo de Guarapari – AHTG.

Em tempo

A prefeitura de Guarapari foi procurada algumas vezes para enviar detalhes sobre o projeto, mas não houve retorno até o fechamento desta matéria. Qualquer novidade a reportagem será atualizada.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2024-03-22 at 11.35.14

Sicoob amplia acesso a bens e serviços através de consórcios

Os consórcios do Sicoob abrangem uma gama diversificada de categorias, incluindo imóveis, veículos, serviços e até mesmo equipamentos

20240422_181007582_iOS

OAB Guarapari e Faculdade Anhanguera reforçam vínculos em encontro institucional

Novo diretor da instituição de ensino foi recebido pela presidente da 4ª Subseção da OAB/ES

Anúncio

Anúncio

4-20240410_192004

Celebração e gratidão: Sabor do Frango completa 15 anos de história em Guarapari

Equipe comemorou a marca com encontro especial

Habitação 5 - Carlos Eugênio Alves

Espírito Santo registra redução nas taxas de pobreza e extrema pobreza

Ainda de acordo com o estudo a taxa de pobreza do ES foi de 22,8%, percentual abaixo da média registrada pelo Brasil (27,5%)

Anúncio

capa_43544_RotadaFerraduraManoellvesDivulgacao3

Último dia para se inscrever na Corrida Rota da Ferradura 12 Milhas; entrega dos kits começa na quarta-feira (24)

A 1ª edição do evento acontece no próximo domingo (28) na Rota da Ferradura (Buenos Aires, Boa Esperança e Jaboti)

os-sao-joao-jaboti-04-2024-001

Prefeitura de Guarapari anuncia obras de drenagem e asfaltamento em São João do Jabuti

Comunidade é vista como região de potencial para o agroturismo

Anúncio