Anúncio

Entrevista: CEO da Maple Bear Guarapari fala sobre a trajetória no empreendedorismo

Em entrevista ao folhaonline.es, o CEO compartilhou um pouco do histórico profissional e também de como equilibra diferentes frentes de atuação

Por Carolina Brasil

Publicado em 21 de outubro de 2023 às 12:00

Anúncio

Aos 44 anos, o administrador de empresas Weriks Andrade tem orgulho da própria trajetória empreendedora, onde encarou diferentes oportunidades imprimindo coragem e dedicação em cada desafio. Recentemente, assumiu as operações da Maple Bear Canadian School em Guarapari. Em entrevista ao folhaonline.es, o CEO compartilhou um pouco do histórico profissional e também de como equilibra diferentes frentes de atuação.

Weriks Andrade
Weriks Andrade, administrador de empresas e CEO Maple Bear Guarapari

Revista Sou: Quando e como começou sua trajetória no mundo dos negócios?

Weriks Andrade: Eu comecei a trabalhar muito jovem, aos 17 anos, em uma empresa de material fotográfico. Em pouco tempo, iniciei uma atividade nesse mesmo ramo como vendedor autônomo, viajando e revendendo os produtos aos lojistas. Dos insumos da fotografia, migrei para o material de informática. Foi em 2002 que montei o meu primeiro negócio.

Sou: Do segmento de vendas surgiu uma rede, certo?

WA: Sim, com a expertise que desenvolvi nas vendas de material de informática, hoje, administro uma rede de lojas de informática e games aqui em nosso estado, a WCOM INFORMÁTICA. Abrimos a primeira loja em 2009; são seis atualmente.

Sou: E como iniciou sua atuação em diferentes tipos de empresas?

WA: Empreender está no meu DNA e, mesmo com a consolidação da WCOM, busquei outras oportunidades de negócios, desenvolvi atividades diferentes que hoje não fazem parte do meu escopo e outras que permaneceram. É o caso de uma franquia da Body For Sure, loja de roupas esportivas; e também de uma empresa de sistemas de automação.

Weriks e familia 1
Weriks é casado com Jesielle Macedo Andrade há 17 anos, os dois são pais do Benício (10) e do Bernardo (14).

Sou: Nota-se que gosta de desafios, confere?

WA: Confere (risos). Me considero um empreendedor nato, fruto também de muito trabalho e força de vontade. Minha família não é de empresários, minha mãe foi manicure, meu pai motorista de ônibus, mas que me ensinaram a batalhar; e nesse contexto tem Deus sempre à frente abrindo as portas, e também meu próprio perfil. Não dispenso nem avião caindo, quando se fala em apostar em um negócio estou sempre disposto a ouvir qualquer proposta.

Sou: Foi nesse contexto que chegou ao segmento da Educação?

WA: Sim, isso aconteceu com a Maple Bear. Soube que os antigos CEO’s da unidade em Guarapari estavam planejando passar a franquia e me interessei. Primeiro por ter plena consciência de que a educação é pilar fundamental para o futuro de qualquer pessoa. Me interessei também pela paixão que tenho com a metodologia; sou suspeito para falar, tenho filho em outra  unidade da Maple. Estar à frente de uma escola bilingue e que ensina para vida, é uma realização como pai e como empreendedor. Educação não é despesa, e sim investimento com retorno garantido. E, do ponto de vista do empresário, a educação será sempre um bom negócio.

Sou: E como está sendo esse desafio atual?

WA: Hoje a escola tem sido uma prioridade, e tenho buscado (e conseguido) fazer a diferença como gestor. A franquia é algo que vende por si só, a metodologia, o bilinguismo e a qualidade Maple são indiscutíveis, mas cada CEO deve imprimir uma identidade para fazer tudo isso acontecer em alto nível. Estou orgulhoso de ser um ex-aluno de escola pública à frente de uma das maiores redes de ensino do mundo.

Sou: Para você, qual a receita do sucesso?

WA: Particularmente, para mim, não tem receita de bolo. É preciso ter foco no negócio e reunir um bom time, mas acredito no feeling, funcionou assim para mim. Não foi essa ou aquela habilidade, é o conjunto. Gerir pessoas, por mais experiente que você seja, não é fácil. Quando você consegue isso, o segmento independe. Outro detalhe é que não se pode parar. Não descarto a possibilidade de novas frentes, mas estamos focados em dar vida longa aos negócios que já estão em andamento.

Maple Bear Night Run

Neste sábado (21), com largada às 20h, acontece a Maple Bear Night Run Outubro Rosa, na Praia do Morro. É a primeira edição de uma corrida noturna promovida pela Maple Bear Canadian School unidade Guarapari.

Com distâncias 6km para corrida, 3km de caminhada e corrida kids, o evento esportivo terá largada na altura do Quiosque 02, na Praia do Morro, com percurso ao longo da orla, uma das mais badaladas de Guarapari.

O evento tem organização do TEAMFR e, de acordo com a assessoria esportiva, será uma noite muito divertida, com programação para toda família.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

SpeedFestival_02

Speed Festival: Guarapari recebe 3ª edição do evento automobilístico

Além das corridas, o evento contará com atividades para fãs de automobilismo

policia-civil_pc_viatura

DHPP Guarapari prende irmão de um dos traficantes mais procurados do Estado

O indivíduo, que foi detido em Anchieta, atuava como gerente do tráfico e é irmão de Willian Zanoli, vulgo “Terceirão”

Anúncio

Anúncio

WhatsApp Image 2024-02-27 at 09.39.591

Aluno da APAE Guarapari conquista 3º lugar em Olimpíada de Matemática

Com o diagnóstico de autismo, Adrian é assistido pela APAE Guarapari e estuda no EMEIEF Zilnete Pereira Guimarães

Janelas - Foto Telma Amaral

Grupo de teatro de Anchieta leva espetáculo ‘Janelas’ para outros municípios capixabas

Peça foi contemplada no edital de Artes Cênicas da Secretaria de Estado da Cultura

Anúncio

20240226110635_IMG_2837

Guarapari é destaque no Plano de Expansão da ES Gás, que investirá R$ 100 milhões no Estado

O município será o 14º a receber gás natural no ES. Outras cidades contempladas serão Linhares, São Mateus e a Região Metropolitana da Grande Vitória

Navios de Cruzeiros. Foto Fernando Frazão -Agência Brasil

Governo do Estado quer cruzeiros marítimos de volta ao ES; Guarapari pode estar na rota

Estudos realizados na USP apontam parecer positivo para retomada de roteiro turístico no litoral capixaba

Anúncio