Anúncio

Envolvidos na morte dos policiais durante ocorrência em Cariacica estão presos

“O sentimento é que eles não viessem presos, viessem todos mortos”, afirmou Comandante-Geral da PMES, Coronel Douglas Caus

Por Aline Couto

Publicado em 17 de outubro de 2022 às 15:15

Anúncio

pm mortos - Envolvidos na morte dos policiais durante ocorrência em Cariacica estão presos
Foto: reprodução.

Todos os criminosos envolvidos na morte dos soldados da Polícia Militar Bruno Mayer Ferrani, 30 anos, e Paulo Eduardo Oliveira, de 29, estão presos. Os militares realizavam o acompanhamento a um veículo, suspeito de envolvimento em um roubo, quando, nas proximidades do bairro Santa Barbara, em Cariacica, dois ocupantes do veículo desembarcaram e se renderam. Ao se aproximarem, os militares foram surpreendidos por outros dois criminosos, um homem e uma mulher, que estavam escondidos atrás de um caminhão estacionado. Um desses indivíduos atirou contra os policiais, que foram atingidos e chegaram a receber socorro, mas vieram a óbito no hospital.

O soldado Bruno Mayer Ferrani foi enterrado em um cemitério do bairro Santo André, Cariacica, na manhã desta segunda (17). Ele deixa esposa e filhas, uma de seis e outra de dois anos. O enterro do soldado Paulo Eduardo Oliveira Celini aconteceu durante esta tarde no cemitério Parque da Paz, na Rodovia do Contorno, em Cariacica. Ele deixa esposa.

Coletiva Sesp

Nesse domingo (16) ocorreu uma coletiva de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social – Sesp com a  presença do secretário de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Marcio Celante; do comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo – PMES, Coronel Douglas Caus; da delegada-geral adjunta, Denise Maria Carvalho; do superintendente de Polícia Especializada, delegado José Lopes; do comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Schulz e do delegado plantonista da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP, Luiz Gustavo Ximenes.

Durante a coletiva eles lamentaram a vida tirada dos jovens policiais durante o exercício da profissão e falaram da prisão dos quatro criminosos envolvidos no crime, e com eles a apreensão de duas pistolas que pertenciam aos policiais assassinados e uma usada pelos bandidos durante crime.

Externaram a tristeza, indignação e solidariedade aos familiares dos policiais. E agradeceram a resposta rápida da polícia na prisão dos criminosos. As corporações da Polícia Militar e da Polícia Civil estão de luto.

Na ocasião foi explicado como o crime ocorreu: Dois casais em um veículo tentaram abordar um outro veículo com três pessoas. Durante essa abordagem houve dispara de arma de fogo. Nesse momento a viatura com os dois policiais estava passando e avistou a situação. Fez sinal sonoro. Os criminosos entraram novamente no carro e fugiram. Os policiais foram atrás. Em determinado momento o carro dos criminosos fez uma parada, e um casal desembarcou. Os policiais desceram do carro e estavam falando com o casal que permaneceu no veículo, quando nesse momento o casal que havia descido e se escondido disparou contra os policiais. Todos fugiram e o veículo foi abandonado. Um casal estava caminhando nas proximidades e identificado como o que estava no banco da frente do carro, a mulher contou tudo e disse que o tiro partiu do casal que estava no banco da parte de trás do carro. A polícia foi atrás dos criminosos com a ajuda do trabalho da inteligência. O segundo casal foi abordado em um motel da região. Como eles foram encontradas as armas dos policiais e a arma que vitimou os soldados.

“Os quatro indivíduos foram presos. O sentimento é que eles não viessem presos, viessem todos mortos. Exatamente isso”, afirmou o comandante-geral da PMES, Coronel Douglas Caus.

Em tempo

O Governador do Estado, Renato Casagrande, declarou luto oficial de três dias, em sinal de pesar pelas mortes dos soldados.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Centro-Castanheiras-069-Foto-Sagrilo

Guarapari está entre as cidades capixabas com nota B no Mapa do Turismo Brasileiro

Além de Guarapari, Anchieta, São Matheus, Aracruz, Vila Velha, Domingos Martins e Cachoeiro do Itapemirim também foram classificados com a nota B

20240416_223343545_iOS

Amigos e familiares se reúnem para momento de oração pela recuperação de Matheus Louzada

Criança de 3 anos está internada em estado grave

Anúncio

Anúncio

WhatsApp Image 2024-04-17 at 10.00.58

Polícia prende homem que se passava por dentista em Guarapari

O consultório odontológico clandestino onde o homem atuava foi interditado e ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV)

WhatsApp Image 2024-04-15 at 08.55.48

Criança de Guarapari precisa de doação de sangue com urgência; veja como ajudar

Grupo de amigos e familiares irá realizar momento de oração na noite desta terça (16)

Anúncio

IMG_7712

Empresa retoma operação de estacionamento rotativo e cobra prefeitura de Guarapari por investimentos realizados

Serviço voltou a operar nesta terça após 30 dias de suspensão

titulo-de-eleitor-2024

Eleições 2024: prazo para regularizar título ou tirar primeira via termina em maio

Veja como consultar a situação eleitoral

Anúncio