Anúncio

ES: Sesa inicia ‘Dezembro Vermelho’, dedicado à conscientização da prevenção do HIV/Aids

O propósito dessa iniciativa é unir esforços na batalha contra o vírus, promovendo o diagnóstico precoce do HIV/Aids

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 2 de dezembro de 2023 às 12:00

Anúncio

image
Imagem: divulgação

Nessa sexta-feira (1º), a Secretaria da Saúde (Sesa), por meio da Coordenação Estadual de Infecções Sexualmente Transmissíveis IST/Aids, dá início à campanha “Dezembro Vermelho”, dedicada à conscientização e à prevenção do HIV/Aids. O propósito dessa iniciativa é unir esforços na batalha contra o vírus, promovendo o diagnóstico precoce do HIV/Aids.

A campanha também busca aprofundar o assunto sobre a prevenção, acompanhamento e a solidariedade em relação às pessoas vivendo com HIV/Aids, que continua sendo uma das doenças mais sérias da atualidade e que vai além das preocupações de saúde, abrangendo dimensões econômicas e sociais de profunda relevância.

A Sesa destaca a importância da prevenção e detecção precoce do HIV/Aids, alertando que a falta de sintomas iniciais não indica a ausência do vírus, e recomenda que a população realize testes regulares para a identificação precoce da infecção. Destaca também que a detecção precoce é crucial para iniciar o tratamento, controlando a replicação viral e preservando a saúde, além de ressaltar a necessidade de adesão contínua ao tratamento pelo infectado.

No Espírito Santo, a Saúde dispõe de diversos insumos para o combate ao HIV/AIDS, como testes rápidos fornecidos pelo Ministério da Saúde, o auto teste de HIV, preservativos, medicação antirretroviral, inclusive de alto custo, PEP (Profilaxia Pós-Exposição), PrEP (Profilaxia Pré-Exposição), fórmula láctea infantil e exames específicos para pessoas vivendo com HIV/AIDS, como CD4, carga viral e genotipagem, que estão dispostos à população, para tratamento do HIV e das infecções oportunistas que podem acometer as pessoas que vivem com a Aids.

A referência da coordenação Estadual de IST/Aids da Sesa, a médica Bettina Lima, explica que, apesar dos esforços e conquistas, observa-se que a transmissão sexual continua sendo a principal causa de novos casos, afetando principalmente pessoas jovens de 20 a 49 anos, do sexo masculino, com relações homo ou bissexuais, e com a escolaridade incompleta, além da população preta e parda.

“É crucial enfatizar que uma pessoa com carga viral não detectada não transmite o HIV nas relações sexuais, mas outras infecções podem ser transmitidas e que, no caso das gestantes que vivem com HIV devidamente tratada, raramente ela irá transmitir o vírus para o bebê durante a gestação ou o parto”, explica a médica Bettina Lima.

Ela acrescentou que a persistência do preconceito muitas vezes resulta da falta de informação, levando as pessoas vivendo com HIV/Aids a se sentirem discriminadas, o que pode comprometer a adesão ao tratamento. “É fundamental continuar testando, tratando positivos e, sobretudo, combatendo o preconceito e a discriminação. O ‘Dezembro Vermelho’, portanto, é um convite à reflexão e à ação coletiva, visando uma sociedade mais informada, solidária e livre do estigma associado ao HIV/Aids. A prevenção, o tratamento e a compaixão são instrumentos essenciais na construção de um futuro mais saudável para todos”, salienta a referência técnica Bettina Lima.

Dados

De janeiro a novembro deste ano, foram notificados 1.572 novos casos no Espírito Santo, sendo 1.111 em pessoas do sexo masculino (70.3 %) e 461 pessoas do sexo feminino (29,6 %). Atualmente, cerca de 22 mil pessoas que vivem com HIV/Aids foram notificadas pelo Espírito Santo. Já em 2022, foram notificados 1.422 novos casos no Estado, com predomínio de pessoas infectadas do sexo masculino, totalizando 1.018 casos novos (71,6 %).

Quanto aos óbitos decorrentes da doença HIV/Aids, no ano de 2022, os dados preliminares registrados no Estado são de 267 registros. Enquanto de janeiro a 09 de novembro deste ano, foram 151 óbitos registrados. (Dados extraídos do SIM/TABNET SESA – Sistema de Informação sobre Mortalidade, em 09/11/23)

Ações

Ao longo deste ano, a Secretaria da Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, em parceria com as superintendências regionais dos municípios, conduziu diversas iniciativas de capacitação. O foco dessas capacitações abrangeu o manejo clínico das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), profilaxias pós-exposição (PEP e PrEP), análise de dados epidemiológicos e aprimoramento das técnicas de preenchimento das fichas de notificações.

Essas ações abrangentes resultaram no treinamento e qualificação de mais de 600 profissionais de nível superior. Entre os beneficiados estão membros dos Serviços de Assistência Especializada (SAE) e Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA), além de profissionais de maternidades, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e equipes de Vigilância municipais. Este esforço em conjunto visou a fortalecer as capacidades desses profissionais no atendimento e cuidado de pessoas que vivem e convivem com pessoas infectadas pelo vírus da HIV/Aids.

A parceria entre a Sesa, a Vigilância Epidemiológica e as superintendências regionais demonstra um comprometimento efetivo com a melhoria contínua da qualificação dos profissionais de saúde em todo o Estado. Essas capacitações não apenas visam a aprimorar a abordagem clínica, mas também a coleta e análise de dados epidemiológicos, proporcionando uma resposta mais eficaz e abrangente ao enfrentamento das ISTs e ao cuidado das pessoas afetadas pelo HIV/Aids.

Onde buscar atendimento

Os testes regulares preventivos são realizados na Atenção Primária e a população deve se dirigir à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência para receber orientações essências e poder conduzir o tratamento, caso necessário.

*Com informações do governo do Estado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

SpeedFestival_02

Speed Festival: Guarapari recebe 3ª edição do evento automobilístico

Além das corridas, o evento contará com atividades para fãs de automobilismo

policia-civil_pc_viatura

DHPP Guarapari prende irmão de um dos traficantes mais procurados do Estado

O indivíduo, que foi detido em Anchieta, atuava como gerente do tráfico e é irmão de Willian Zanoli, vulgo “Terceirão”

Anúncio

Anúncio

WhatsApp Image 2024-02-27 at 09.39.591

Aluno da APAE Guarapari conquista 3º lugar em Olimpíada de Matemática

Com o diagnóstico de autismo, Adrian é assistido pela APAE Guarapari e estuda no EMEIEF Zilnete Pereira Guimarães

Janelas - Foto Telma Amaral

Grupo de teatro de Anchieta leva espetáculo ‘Janelas’ para outros municípios capixabas

Peça foi contemplada no edital de Artes Cênicas da Secretaria de Estado da Cultura

Anúncio

20240226110635_IMG_2837

Guarapari é destaque no Plano de Expansão da ES Gás, que investirá R$ 100 milhões no Estado

O município será o 14º a receber gás natural no ES. Outras cidades contempladas serão Linhares, São Mateus e a Região Metropolitana da Grande Vitória

Navios de Cruzeiros. Foto Fernando Frazão -Agência Brasil

Governo do Estado quer cruzeiros marítimos de volta ao ES; Guarapari pode estar na rota

Estudos realizados na USP apontam parecer positivo para retomada de roteiro turístico no litoral capixaba

Anúncio