Anúncio

Espetáculo “Janelas” estreia neste fim de semana em Anchieta

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 15 de julho de 2022 às 15:52

Anúncio

Espetáculo “Janelas” estreia neste fim de semana em Anchieta
Foto: Sheila Bressan / Divulgação

O grupo Rerigtiba apresenta neste final de semana, entre os dias 15 e 17 de julho, o espetáculo “Janelas”. A apresentação acontece no Espaço Cultural Rerigtiba, em Anchieta.

A peça conta a história das irmãs Conceição, Risoleta e Anabel, moradoras de uma mesma casa. Senhoras de muita dignidade, elas compartilham com o público seus modos singulares de fazer as coisas. A plateia observa a vida delas, como se fosse um confidente oculto por trás de uma janela, e testemunha, aos poucos, que frestas se abrem mostrando as relações, segredos e apegos entre elas.

De acordo com a diretora da peça, Tiche Vianna, a história surgiu a partir de uma notícia. Nela a informação dava conta que, durante o período de isolamento na pandemia, as varandas e as janelas passaram a ser um espaço para que a arte pudesse encontrar e tocar as pessoas. Então, foi iniciado a construção de um conceito sobre as experiências da própria equipe responsável pelo espetáculo.

Espetáculo “Janelas” estreia neste fim de semana em Anchieta
A diretora Tiche Vianna foi responsável pela preparação de atores em minisséries brasileiras. Foto: Divulgação.

“A gente estava em isolamento e também estava se relacionando através de janelas, das plataformas [de videoconferência]. E eu fui conhecendo também as atrizes através dessas janelas. Então, as janelas se transformaram em uma introdução para essa história. Fazendo esses paralelos, através desses estímulos, elas foram chegando na confecção das máscaras”.

Tiche Vianna foi responsável pela preparação de atores nas minisséries “Hoje é Dia de Maria” e “Capitu”, exibidas pela TV Globo. A diretora se especializou no gênero de máscaras cênicas do teatro.

Ela explica que nesse gênero a construção do texto é feito junto com o trabalho de confecção das máscaras, o que ela chama de “dramaturgia da máscara”. “Nesse tipo de teatro, quando você constrói uma máscara, ela já vem contando junto com sua construção as histórias que ela pode contar”, completa.

Para criação das máscaras utilizadas no espetáculo, o Grupo Rerigtiba convidou o construtor de máscaras cênicas Fábio Cuelli, de Porto Alegre, especialista nesse tipo de máscara no Brasil. Ele foi o responsável por orientar as atrizes Marcelle Ludgero, Sara Lyra e Welida Pontes no processo de concepção das máscaras e materializou a construção e finalização das máscaras que as atrizes usam na atuação de suas personagens.

O espetáculo volta a ser apresentado em agosto, em uma temporada com apresentações gratuitas às sextas feira às 16hs para estudantes de escolas públicas (agendados previamente com a produção) e aos sábados aberto ao público com ingressos espontâneos às 19h.

Sobre o grupo

Fundado em julho de 1993, o Grupo de Teatro Rerigtiba é um dos mais longevos e atuantes grupos de Teatro do Espírito Santo.

Com sede na cidade de Anchieta, o grupo é um coletivo de artistas profissionais que se dedica à pesquisa da linguagem teatral nas suas diversas formas de expressão estética; consolidou seu caminho, nessas três décadas de aprendizado nos processos da carpintaria teatral, através de intercâmbio e criação colaborativa. Práticas que foram incorporadas ao processo de produção, criação e encenação do grupo.

Serviço:

“Janelas”

Quando: 15, 16 e 17 de julho, às 19h.

Onde: Espaço Cultural Rerigtiba (Av. Oliveira, 334, Justiça II), Anchieta

Classificação: 12 anos

Entrada gratuita (devido a capacidade reduzida de acentos, é necessário ligar para confirmar presença pelo telefone (28) 98811-8468).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Rapaz desapareceido1

Corpo de rapaz desaparecido é encontrado em Guarapari

escola perocão (1)

Pais manifestam sobre condições de escola para o ano letivo em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Rapaz desapareceido1

Família procura por rapaz desaparecido em Guarapari

Fiscalizacao_20230203_Noticias3-847x476-1

Crea-ES alerta para risco de quedas e acidentes na Praia da Areia Preta, em Guarapari

Anúncio

vacina-06fev-sesa

Retorno às aulas é momento de colocar as vacinas em dia

Pablo Lira

Pesquisador de Guarapari é o novo presidente do Instituto Jones dos Santos Neves

Anúncio