Anúncio

Estudante de Guarapari é um dos 150 alunos que perderam o programa de intercâmbio da Sedu

A Secretaria cancelou o programa e os selecionados estão buscando uma forma de reverter a situação

Por Aline Couto

Publicado em 17 de fevereiro de 2022 às 13:30

Anúncio

Estudante de Guarapari é um dos 150 alunos que perderam o programa de intercâmbio da Sedu
Foto tirada no dia que os estudantes realizaram a prova do intercâmbio. Fotos: arquivo pessoal.

No ano de 2019, a Secretaria de Estado da Educação – Sedu selecionou 150 alunos dos Centros Estaduais de Idiomas (CEIs) para o Programa de Intercâmbio Estudantil para viajar ao Canadá, Inglaterra, Chile ou Estados Unidos, um sorteio definiria o destino dos selecionados. O programa foi sendo adiado devido a pandemia da Covid-19, e na última segunda-feira (14) foi cancelado após publicação no Diário Oficial do Espírito Santo.

“150 alunos foram aprovados na prova do intercâmbio da Sedu em 2019 para viajar, possivelmente, em 2020 ou 2021, por conta de todo trâmite. Após sermos selecionados, tivemos uma reunião na qual disseram que iriam começar com os processos de documentação dos alunos e que retornariam o contato. Mas aguardamos meses, nenhum contato. Logo depois veio a pandemia, deram uma pausa em todo o processo do intercâmbio e mandaram um e-mail dizendo que o programa havia sido adiado”, relatou Marina Storck, 20 anos, moradora de Guarapari que foi uma das selecionadas no programa.

Estudante de Guarapari é um dos 150 alunos que perderam o programa de intercâmbio da Sedu

Segundo Marina, que estudou no CEI de Vitória, todos entenderam a decisão pelo adiamento por conta da pandemia. E aguardaram um retorno da Secretaria.

“O tempo foi passando e seguíamos tentando contato com a Sedu, mas não chegava nenhuma resposta. Dois anos se passaram e nada. Sem nenhuma notícia concreta, ou alguma resposta sobre o programa. Ficamos na espera, entendendo que o projeto não estava em desenvolvimento naquele momento e que precisávamos aguardar a pandemia cessar. Nosso pedido era que pelo menos fizessem o sorteio dos países, que é algo feito pouco tempo depois de saírem os aprovados. Mas ninguém nos respondia”.

Cancelamento

Após a divulgação da revogação do edital do programa de intercâmbio no início desta semana, Marina contou que todos foram pegos de surpresa e ficaram chocados.

“Ninguém entrou em contato com nenhum aluno pra avisar nem explicar, ficamos chocados!”, contou.

De acordo com a estudante, a justificativa dada pela Sedu foi que os selecionados em 2019 não estavam mais estudando na Rede Estadual. “Isso nunca foi uma regra pra não participar do intercâmbio, a maioria dos alunos que viajaram já tinham saído do ensino médio. O processo sempre foi demorado, e isso nunca impediu ninguém de viajar. Além do mais, ainda estamos para concluir o curso de idiomas, só fizemos dois anos, falta um ano. Ou seja, temos sim vínculo com o Estado”.

Sonhos

“O projeto de intercâmbio Sedu era um dos mais amados e queridos pelos estudantes, uma oportunidade incrível de estudar fora do País, conhecer outras culturas, e, principalmente, contribuir bastante para o nosso inglês. Busquei a minha vida toda por esse programa, Canadá era o meu sonho, e tive a chance de conseguir isso somente com meu esforço e estudo. Pegava dois ônibus toda semana até Vitória por dois anos, só para poder talvez conseguir fazer a prova para concorrer ao programa. Não faltei um dia, e tirei nota máxima em todas as provas. Tudo o que sinto nesse momento é decepção, e o sentimento de que tudo isso não adiantou de nada. O esforço de 150 alunos não adiantou de nada. Perdemos muito tempo, dinheiro, e nosso emocional foi gravemente afetado com todo o processo. Tiveram alunos que deixaram de entrar em faculdade para poder fazer o programa”, descreveu Marina.

Estudante de Guarapari é um dos 150 alunos que perderam o programa de intercâmbio da Sedu
Marina Storck.

Futuro

Perguntada sobre o que pretendem fazer após a notícia do cancelamento, a guarapariense disse que o grupo ainda está discutindo sobre o assunto. “Estamos vendo se eles (Sedu) podem voltar atrás com a decisão. Se não, vamos pensar no assunto de entrar na justiça por nossos direitos. Não temos culpa de nada disso que está acontecendo, é injusto cancelar algo que ganhamos com nosso esforço, foi muito difícil sermos aprovados. Estamos muito tristes com essa decisão”, finalizou.

Outro lado

Procuramos a Secretaria de Estado da Educação para um posicionamento sobre o cancelamento do Programa de Intercâmbio Estudantil 2019. A resposta veio através de nota:

A Sedu informa que a medida foi adotada tendo em vista o cenário da pandemia da Covid-19. Os alunos selecionados em 2019 tinham a previsão de embarque para o segundo semestre de 2020, com a suspensão do mesmo devido às fronteiras fechadas nos países para onde seriam realizados os Intercâmbios.

Considerando este cenário e o princípio de economicidade pública, por conta da alta do dólar, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) deu parecer favorável para o cancelamento do processo seletivo.

O cancelamento considera, ainda, que não há justificativa para a contratação de empresa para realização do intercâmbio, tendo em vista que o edital contemplava alunos que estudem na Rede Pública Estadual. E, atualmente, os alunos selecionados já encerraram as atividades na Rede”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

amistoso_rio_branco_e_Alianca-cover

Time amador de Guarapari enfrenta equipe profissional do futebol capixaba neste sábado (28)

Associação Atlética Aliança vai disputar uma partida contra o Rio Branco Atlético Clube, de Vitória

caminhada_luminosa_ubu

Caminhada Luminosa abre Festa Nacional de São José de Anchieta

Na ocasião centenas de devotos irão percorrer o trecho, que por muitas vezes foi feito por São José de Anchieta

Anúncio

Anúncio

Ponto de ônibus11

Ponto de ônibus torto causa estranheza em Guarapari

passeio_jardineira_guarapari-2022-05-26-1

Roteiro turístico em jardineira visita pontos turísticos e históricos de Guarapari

Roteiro inclui praias, mercados municipais e pontos históricos como ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição e Gruta de Sant’ana

Anúncio

Rampa-voo-livre-de-Cachoeira-Alta-Alfredo-Chaves_WR-2021-06-08

Campeonato de voo livre começa amanhã (27) em Alfredo Chaves

Atletas disputarão pontos para a 4ª etapa do Capixaba de Parapente 2022

Programa_de_Estágio_Vale_-_foto_Salviano_Machado_1

Vale abre inscrições para estágios com mais de 130 vagas no ES

Os selecionados terão bolsa auxílio que pode passar de R$ 1.300, além de outros benefícios

Anúncio