Anúncio

Estudante de Guarapari será indenizado em R$4 mil por não conseguir fotografar sua formatura

Por Aline Couto

Publicado em 8 de outubro de 2018 às 18:51
Atualizado em 8 de outubro de 2018 às 18:51
Anúncio

O formando foi impedido de ter seus registros fotográficos contratados. Os profissionais foram impossibilitados de entrar no local da celebração

O 1° Juizado Especial Cível de Guarapari condenou uma faculdade e uma empresa especializada em cerimônias de formatura a indenizar um estudante em R$4 mil por danos morais. Ele alegou que contratou uma empresa para fazer a cobertura de uma das solenidades. Mas no dia em questão, da colação de grau do autor, os fotógrafos foram impedidos de produzir as imagens.

Foto: Reprodução.

Segundo as partes acusadas, era proibida a contratação individual de empresas para os registros da celebração, mas de acordo com o estudante, em nenhum momento a faculdade comunicou sobre tal proibição.

Uma das acusadas contestou as afirmações do estudante afirmando que avisou a todos os formandos sobre a proibição de registros fotográficos na colação de grau, sendo somente permitidos no baile, missa e outras festividades. A outra parte requerida, também contestou a ação defendendo que não tem responsabilidade sobre o dano causado ao autor, visto que não foi contratada por ele.

Apesar das contestações, a juíza entendeu que se trata de relação de consumo entre as partes, devendo ser utilizado o Código de Defesa do Consumidor. Segundo a magistrada, houve falha no fornecimento do serviço prestado pelas rés. Portanto, o autor deve ser indenizado, visto que as requeridas agiram de forma abusiva ao impedir o trabalho da empresa contratada pelo estudante.

Foto: Reprodução.

*Com informações do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo

Anúncio
Anúncio

Veja também

Capa

Atleta de Guarapari é contratado por time europeu

O goleiro Thiago Correia aguarda o fim da pandemia para viajar para a Polônia

Foto: Reprodução

Prefeitura de Guarapari anuncia Orçamento Participativo Municipal

O objetivo da medida é fazer com que a população exerça seu papel de cidadão, influenciando o destino de recursos públicos

Anúncio
Anúncio
Foto: Antônio Ribeiro

Qual praça de Guarapari o povo gostaria que fosse reformada?

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais três mortes e ultrapassa os 1.300 casos

A cidade totaliza 1.312 casos confirmados e 64 óbitos pela Covid-19

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Em tempos de pandemia, é possível reduzir a pensão alimentícia?

Renato Casagrande. Foto: Divulgação / Rodrigo Araujo

Governo do ES divulga atualização do Mapa de Gestão de Risco da Covid-19

O novo mapa, que terá vigência a partir de segunda-feira (13), classifica 41 municípios capixabas com risco “Alto” e 37 com risco “Moderado”

Anúncio