Anúncio

Família vive momentos de terror após quadrilha invadir sítio na zona rural de Guarapari

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 19 de outubro de 2018 às 17:50
Atualizado em 19 de outubro de 2018 às 17:50

Anúncio

Cinco pessoas da mesma família ficaram reféns por mais de quatro horas

Uma família passou momentos de desespero na mão de criminosos na localidade de Amarelos, em Guarapari. Cinco pessoas foram feitas reféns por mais de quatro horas em um sítio da zona rural do município. Eles acreditavam que morando no campo estariam longe da violência, mas perceberam que a história não é bem assim. Um tratador de animais de 48 anos contou o que aconteceu logo que chegou.

“Eu vi as luzes apagadas, o que era uma coisa que não acontecia no nosso dia a dia. Quando percebi, tinham dois homens e um veio com a arma em minha direção tirou minha carteira, começou a falar forte que ia me dar um ‘pipoco’ na cabeça se não tivesse dinheiro”, contou.

Família vive momentos de terror após quadrilha invadir sítio na zona rural de Guarapari

Foto: Reprodução.

Eles usaram cordas para manter o tratador, além do padrasto dele e a nora amarrados. A única pessoa que foi mantida no quarto foi uma senhora, que já é adoentada. Os bandidos reviraram os quartos, tomaram banho e até comeram parte do jantar que estava no fogão.

Depois de pegar o dinheiro do tratador, eles esperaram a mulher dele chegar para rendê-la também. “Quanto eu fui virando para entrar na cozinha, veio um homem armado pedindo para parar. Quando parei, chamei pelo nome do meu esposo e falei ‘meu Deus do céu, misericórdia’. Fui entrando e eles encostaram do meu lado com arma, uma mulher com uma faca na mão e falaram: ‘a gente vai vendar a senhora, quero bolsa, celular, tudo”, descreveu a mulher.

Foram mais de quatro horas de pânico e terror. O curioso é que os bandidos fugiram caminhando, da mesma forma que chegaram. Foram levadas TV, aparelho DVD, celulares e mais de R$ 500 em dinheiro.

A Polícia Militar informou que nenhum suspeito foi detido no momento do fato. As vítimas foram orientadas a registrar a ocorrência em uma delegacia para que o caso seja investigado.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

violência-doméstica-550x293-1

2020 teve menos denúncias e mais prisões relacionadas à violência contra a mulher em Guarapari

Para a titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Guarapari, Dra. Francini Moreschi, pandemia pode ter dificultado denúncias

Anúncio

Anúncio

coluna dom antonio rotativo (7)

Rotativo: será que emplaca?

divulgacao_ales_celular_educacao

Lei permite doação de celulares apreendidos para estudantes da rede pública

A ideia é que os aparelhos sejam utilizados para estudos e para o acompanhamento de aulas à distância

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-01-23-at-15.06.18

“De Jovem para Jovem”; Sarau virtual seleciona artistas da periferia de Guarapari

Para participar é preciso ter entre 9 e 30 anos, ser morador de um bairro de periferia e ter a disponibilidade para gravar um vídeo da apresentação cultural participante.

rillari_7_anos-bonecas (4)

Venda de bonecas ajuda a custear tratamento da Rillari, de 7 anos

A Rillari, filha da Valéria, possui Síndrome de Edwards. Bonecas estão disponíveis na Feinartg até segunda-feira (25)

Anúncio