Anúncio

Família vive momentos de terror após quadrilha invadir sítio na zona rural de Guarapari

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 19 de outubro de 2018 às 17:50
Atualizado em 19 de outubro de 2018 às 17:50
Anúncio

Cinco pessoas da mesma família ficaram reféns por mais de quatro horas

Uma família passou momentos de desespero na mão de criminosos na localidade de Amarelos, em Guarapari. Cinco pessoas foram feitas reféns por mais de quatro horas em um sítio da zona rural do município. Eles acreditavam que morando no campo estariam longe da violência, mas perceberam que a história não é bem assim. Um tratador de animais de 48 anos contou o que aconteceu logo que chegou.

“Eu vi as luzes apagadas, o que era uma coisa que não acontecia no nosso dia a dia. Quando percebi, tinham dois homens e um veio com a arma em minha direção tirou minha carteira, começou a falar forte que ia me dar um ‘pipoco’ na cabeça se não tivesse dinheiro”, contou.

Foto: Reprodução.

Eles usaram cordas para manter o tratador, além do padrasto dele e a nora amarrados. A única pessoa que foi mantida no quarto foi uma senhora, que já é adoentada. Os bandidos reviraram os quartos, tomaram banho e até comeram parte do jantar que estava no fogão.

Depois de pegar o dinheiro do tratador, eles esperaram a mulher dele chegar para rendê-la também. “Quanto eu fui virando para entrar na cozinha, veio um homem armado pedindo para parar. Quando parei, chamei pelo nome do meu esposo e falei ‘meu Deus do céu, misericórdia’. Fui entrando e eles encostaram do meu lado com arma, uma mulher com uma faca na mão e falaram: ‘a gente vai vendar a senhora, quero bolsa, celular, tudo”, descreveu a mulher.

Foram mais de quatro horas de pânico e terror. O curioso é que os bandidos fugiram caminhando, da mesma forma que chegaram. Foram levadas TV, aparelho DVD, celulares e mais de R$ 500 em dinheiro.

A Polícia Militar informou que nenhum suspeito foi detido no momento do fato. As vítimas foram orientadas a registrar a ocorrência em uma delegacia para que o caso seja investigado.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Com 3.357 casos da Covid-19 confirmados, Guarapari tem 121 sob investigação

Imagem artigo

Artigo: O uso indevido da Lei Maria da Penha

E o reflexo prejudicial às mulheres que de fato precisam da proteção legal

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Grupo de doadores de sangue de Guarapari convoca voluntários para ação

O Projeto Esther-Doe Sangue Salve Vidas realiza doação pelo menos duas vezes por mês com transporte gratuito para os voluntários

AfroChaves

Alfredo Chaves: associação recolhe óleo usado para fabricar sabão e doar

Anúncio
classroom-2093743_1280

Governo do ES autoriza aulas presenciais a partir de 05 de outubro

A suspensão das aulas foi uma das primeiras medidas de enfrentamento à pandemia tomadas em março.

Parque de Itaúnas - Paulo Sena - Seama

Parques estaduais abrirão neste final de semana

Anúncio