Anúncio

Grupo de voluntárias em Guarapari se une para apoiar HFA

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 19 de março de 2019 às 18:59
Atualizado em 19 de março de 2019 às 19:03
Anúncio

O encontro aconteceu ontem (18) e contou com a participação de quase 50 mulheres.

O superintendente do HFA, Jailton Pedroso, se mostrou feliz com o apoio recebido das voluntárias. Fotos: Hamilton Garcia.

Quase 50 mulheres, líderes, representantes de projetos sociais e de diversas comunidades de Guarapari, realizaram um encontro ontem (18) no Hospital Francisco de Assis (HFA). O grupo visitou as instalações do hospital e dialogou com representantes da instituição, com o objetivo de iniciar um trabalho de construção, fortalecimento e humanização no setor da saúde.

Segundo Beth Haddad, quem iniciou o movimento, o intuito é trilhar um caminho para salvar vidas em parceria com o HFA. “O que precisamos fazer é um trabalho de políticas públicas, de construção, fortalecimento e humanização. Nós temos uma estrutura maravilhosa, que atende centenas de crianças e gestantes. Temos que valorizar o hospital e solicitar tanto ao governo municipal como ao estadual, recursos para tornar o HFA ainda melhor”, ressaltou.

Beth Haddad destacou a importância da solicitação do apoio do governo municipal e estadual.

A delegada e chefe da 5ª Delegacia Regional de Guarapari, Dra. Maria da Glória, estava presente e se colocou à disposição para contribuir com o trabalho. “Muitas vezes nós não temos tempo para realizar um trabalho voluntário, mas eu vejo neste grupo uma oportunidade para contribuir e apoiar o movimento em prol da saúde do município”, disse.

A pedagoga e integrante do grupo Mulheres Vencedoras, Cleide Rodrigues Baeta, contou que viu o hospital ser construído. “Eu vi o HFA crescendo, parede por parede, tijolo por tijolo porque o meu marido, hoje falecido, foi engenheiro deste hospital. Enquanto ninguém acreditava nessa estrutura, eu já acreditava e continuo acreditando. Quando as minhas filhas eram pequenas eu precisava levá-las para Vitória. Não tinha atendimento no município e o que estava disponível era muito precário. Hoje temos um hospital bem estruturado com atendimento excelente”, contou.

O superintendente da Instituição, Jailton Pedroso, agradeceu o apoio e ressaltou que esse grupo pode ser mais uma ferramenta, além do Conselho Consultivo, para que o hospital esteja mais próximo da comunidade. “Já realizamos mais de seis mil partos em quase cinco anos de atividades. Conseguimos fazer essa estrutura funcionar com apenas cinco meses. Mas, para tornar o hospital ainda melhor e atendendo a expectativa da população, cada um precisa se comprometer a fazer funcionar. A nossa missão é fazer saúde”.

Advogada Silvana Silva; Dra. Maria da Glória, chefe do DPJ de Guarapari; Beth Haddad, denfesora pública aposentada e Jailton Pedroso, superintendente do HFA.

Jailton também esclareceu dúvidas, ressaltou melhorias que estão sendo implantadas no hospital, principalmente no setor de atendimento, como o início da Residência com novas médicas pediátricas no atendimento de emergência e ressaltou que as portas do hospital estão abertas para a população. “Uma instituição filantrópica não funciona sem ter a comunidade fazendo parte. E só se faz parte participando, contribuindo, questionando e principalmente, conhecendo o nosso trabalho”, finalizou Jailton.

Ao término, o grupo firmou o compromisso em se reunir com frequência para debater e acompanhar os trabalhos do HFA, assim como aceitar o convite do superintendente para conhecer o HIFA, em Cachoeiro de Itapemirim.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Hospital Francisco de Assis (HFA)

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

jb

JB completa 30 anos como parceiro para toda obra dos moradores de Guarapari

A loja de material de construção está realizando a campanha “Aniversário do Bem”, que premiará um cliente e uma instituição social do município

juliate

Cantora de Guarapari é alvo de ataques racistas na internet e família cobra justiça

Familiares formalizaram a denúncia e esperam que o autor do crime seja responsabilizado

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Sesi e Senai ES estão com inscrições abertas para cursos online gratuitos

Os cursos do Senai possuem carga horária de 14h e abrangem as áreas de Automotiva, Construção Civil, Energia, Gestão, Informática, Logística, Meio Ambiente, Metalmecânica, Segurança do Trabalho, entre outras

multiplique2

Pizza Solidária: dinheiro arrecadado vira cestas básicas para famílias carentes de Guarapari

A ação acontece desde março e já gerou doação de quase quatro toneladas de alimentos

Anúncio
camara-2-550x482

Vereadores aprovam isenção de IPTU para ONGs de Guarapari

Captura de tela 2020-09-17 164812

Campanha do Hifa Guarapari arrecada máscaras para pacientes e acompanhantes

“Doe máscaras salve vidas” conta com a solidariedade em meio a pandemia

Anúncio