Anúncio

Grupos de Guarapari homenageiam mortos pela Covid-19 no município

Os coletivos Guarapari Democracia e Liberdade, Mulheres que Lutam e Sinestesia se uniram e prestaram homenagem as 64 pessoas que morreram pela doença na cidade

Por Aline Couto

Publicado em 13 de julho de 2020 às 14:35
Atualizado em 14 de julho de 2020 às 10:51

Anúncio

Grupos de Guarapari homenageiam mortos pela Covid-19 no município
Fotos: Arquivo Pessoal.

Os números crescentes das mortes provocadas pelo novo Coronavírus (Covid-19) em Guarapari foram o motivo da homenagem prestada na manhã de ontem (12) pelos grupos da cidade, Guarapari Democracia e Liberdade, Mulheres que Lutam e Sinestesia.

Representando os coletivos, Bruno Cabral e André Parreiras, do Guarapari Democracia e Liberdade, colocaram cerca de 50 cruzes na Praça da Paz, Praia do Morro. “Fomos só nós dois para realizar o ato, evitando assim aglomeração”, contou Bruno.

Bruno explicou que a ideia foi homenagear quem perdeu a batalha pela vida após contrair a doença, além de conscientizar a população dos cuidados necessárias para que o número de óbitos e contaminados pela Covid-19 não aumente ainda mais na cidade.

André, que perdeu a irmã de 37 anos para a doença, disse que sempre conscientizou quem estava a sua volta, como família e amigos. E achou, junto aos demais integrantes dos grupos, que um ato em um local emblemático chamaria mais atenção e o alerta seria de maior alcance. “Sempre busquei fazer a minha parte e seguir as orientações dos profissionais da saúde. Depois que senti a dor na pele, tive mais força para continuar lutando e para dar alento a outras famílias que também sofreram perdas”.

Grupos de Guarapari homenageiam mortos pela Covid-19 no município

Integrante do Mulheres que Lutam e do Sinestesia, Victória Almeida também participou da ação, de forma não presencial, e disse que a intenção das cruzes era humanizar as mortes e mostrar que as vidas perdidas não são apenas números. “A morte foi banalizada. As pessoas só contam os óbitos, não pensam que ali tem uma mãe, irmã, tio, avô, um ente querido de alguém que se foi. São vidas perdidas, a próxima pode ser a minha ou a sua”.

A escolha pela Praia do Morro e a Praça da Paz foi simbólica, pelo bairro ser o maior em número de infectados e onde muitas pessoas ainda descumprem as medidas que devem ser seguidas para evitar o aumento do contágio do coronavírus. “As pessoas continuam a circular no bairro sem os devidos cuidados. Vão à praia, fazem festas e aglomerações. Viemos mostrar nossa indignação pelo desrespeito das pessoas e prestar solidariedade as vítimas e familiares”, finalizou Victória.

Em tempo

Divulgado ontem (12), pela Prefeitura de Guarapari, o boletim epidemiológico mais recente contabiliza 1.324 casos do novo Coronavírus no município. São 64 óbitos, 19 pacientes hospitalizados, 1.015 curados, além de 120 aguardando resultado de exame.

Grupos de Guarapari homenageiam mortos pela Covid-19 no município

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

material-escolar

Procon realiza pesquisa de preço e material escolar varia até 230% em Guarapari

coluna dom antonio rotativo (4)

Moradores de Guarapari questionam sobre vagas para idosos no rotativo

As dúvidas também foram sobre as multas aplicadas aos infratores

Anúncio

Anúncio

Leitos Covid ES

Casagrande anuncia ampliação de mais 30 leitos para atendimento à Covid-19

corona

Covid-19: Guarapari se aproxima dos 200 óbitos e 8 mil casos confirmados

Praia do Morro segue o bairro com mais infectados, 1.153, quase o dobro dos registrados em Muquiçaba, 618, segundo no número de casos

Anúncio

Carteiradetrabalho

47 vagas de emprego estão disponíveis no Sine de Anchieta; 33 para moradores de Guarapari

Os candidatos podem se candidatar a partir de hoje (25)

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

Anúncio