Anúncio

Guarapari contará com projeto de combate a evasão escolar

Por Glenda Machado

Publicado em 6 de maio de 2018 às 10:00
Atualizado em 4 de maio de 2018 às 17:54
Anúncio

Com objetivo de garantir que as crianças e adolescentes estejam na escola e prevenir a evasão, foi criado neste ano o Projeto “Na Frequência”, uma iniciativa do Conselho Tutelar e da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com Ministério Público por meio da Promotoria de Justiça da Família.

De acordo com a secretária de Educação, Sônia Meriguetti, o trabalho ao longo do projeto, será na prevenção. “Vamos conversar com as famílias para identificar as causas e conscientizá-las pela frequência dos filhos. Nossa meta é reduzir o índice de abandono, com o resgate desses alunos, que logo no início do ano, já se apresentam faltosos”, explicou.

Na Frequência: dez reuniões coordenadas pelo MP, Conselho Tutelar e Semed serão realizadas ainda neste semestre

Meriguete ainda disse que as faltas escolares injustificadas podem acarretar em abandono e reprovação, além de prejuízo pedagógico desses alunos por não participarem das atividades educacionais propostas na sala de aula.

“Nossa meta é reduzir o índice de abandono, com o resgate desses alunos, que logo no início do ano, já se apresentam faltosos. Sabemos da multiplicidade de razões que levam ao abandono escolar e atuaremos de forma intersetorial, em rede, com o Ministério Público, Conselho Tutelar, Secretaria de Saúde, Secretaria de Esportes e Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania, de forma organizada e articulada visando garantir o direito fundamental à educação às nossas crianças e adolescentes”, afirmou a secretária municipal de saúde, Sônia Meriguete.

De acordo com o município, a principal estratégia é, por meio da responsabilização das famílias pelo cumprimento legal das obrigações, garantir que todas as crianças frequentem diariamente as aulas, permanecendo nas escolas o maior tempo possível.

Para isso, dez reuniões coordenadas pelo MP, Conselho Tutelar e Semed serão realizadas ainda neste semestre, abrangendo 400 responsáveis pelos alunos faltosos nas escolas municipais onde o índice de faltas seja preocupante.

Até o momento, para combater esse problema, a Semed realiza ações incisivas de monitoramento semanal da frequência dos alunos, trabalho intersetorial  junto ao Conselho Tutelar e a Secretaria de Saúde com o programa Busca Ativa Escolar.

Outros projetos como o “Se liga no Futuro” de combate à gravidez na adolescência e o “MPT na Escola” que trata sobre a erradicação do trabalho infantil, além de atividades motivacionais e diversificadas para tornar a escola mais atraente e significativa aos alunos, estão entre ações que colaboram para combater não só a evasão, como também o abandono escolar.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

coronavírus-550x309-1

Covid-19: 169 pessoas são consideradas doentes em Guarapari

IMAGEM PARA COMPOR O ARTIGO

Artigo: Acordos extrajudiciais trabalhistas em tempo de pandemia

Anúncio
Anúncio
WhatsApp Image 2020-10-05 at 18.57.20

Casal de Guarapari faz sucesso com artesanatos esculpidos em madeira

Angélica Paixao Escola (1)

Escola de Guarapari cria o ‘Clube de Leitura Virtual’

Anúncio
anchieta 2

Anchieta passa para categoria “Baixo” em 28º Mapa de Risco para Covid-19

bf569277-2023-4ee7-a03d-d1fb0d222d70

Morre aos 91 anos Afrodísio Gomes, policial militar mais antigo de Guarapari

O enterro ocorreu nesta tarde (23) e contou com a presença de diversos membros da Polícia Militar, que prestaram homenagens

Anúncio