Anúncio

Guarapari: incêndio destruiu cerca de 600 hectares do Parque Paulo César Vinha, segundo Iema

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 27 de setembro de 2022 às 09:30

Anúncio

Guarapari: incêndio destruiu cerca de 600 hectares do Parque Paulo César Vinha, segundo Iema
Foto: Divulgação/Notaer

O fogo que atingiu o Parque Estadual Paulo César Vinha, em Guarapari, deixou um grande rastro de destruição na vegetação do local. De acordo com o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), a área total atingida ainda será calculada, mas a estimativa é de que 600 hectares tenham sido destruídos pelas chamas, principalmente na área de vegetação do alagado.

Até o momento, não há informações de animais feridos, mas equipes do órgão seguem monitoram o parque. O Iema ainda informou que as causas do incêndio ainda estão sob investigação, e que equipes do órgão e do Corpo de Bombeiros continuam atuando nos pontos que ainda emitem fumaça.

Incêndio

Na última quinta-feira (22), um grande incêndio atingiu o Parque Estadual Paulo César Vinha, em Guarapari. As chamas fizeram com que a fumaça encobrisse grande parte dos bairros da cidade. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, com auxílio do Notaer, conseguiu combater o fogo. No entanto, na sexta-feira (23), um novo incêndio voltou a atingir o local, tendo alcançado uma área de sete quilômetros quadrados.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

escola perocão (1)

Pais manifestam sobre condições de escola para o ano letivo em Guarapari

Rapaz desapareceido1

Família procura por rapaz desaparecido em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Fiscalizacao_20230203_Noticias3-847x476-1

Crea-ES alerta para risco de quedas e acidentes na Praia da Areia Preta, em Guarapari

vacina-06fev-sesa

Retorno às aulas é momento de colocar as vacinas em dia

Anúncio

Pablo Lira

Pesquisador de Guarapari é o novo presidente do Instituto Jones dos Santos Neves

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

Anúncio