Anúncio

Guarapari: moradores denunciam gatos com doença contagiosa e dificuldade de atendimento no CCZ

Por Aline Couto

Publicado em 4 de outubro de 2022 às 15:52

Anúncio

Guarapari: moradores denunciam gatos com doença contagiosa e dificuldade de atendimento no CCZ
Fotos: reprodução/moradores.

Na manhã desta terça-feira (04), o folhaonline.es recebeu a denúncia da existência de pelo menos 10 gatos com a doença esporotricose, transmissível para outros animais e humanos, em um terreno baldio na Enseada Azul, em Nova Guarapari. Apesar de contagiosa, a doença é tratável e tem cura.

Segundo a denúncia, que foi realizada por alguns moradores da região, o Centro de Controle de Zoonoses de Guarapari – CCZ foi procurado sobre a questão pela primeira vez há cerca de dois meses. No entanto, de acordo com o retorno do CCZ, uma equipe foi ao local e não encontrou nenhum animal. Um mês após a resposta do Centro, os moradores disseram que um dos gatos estava morto pela doença no lugar indicado.

“Depois da morte do primeiro gato, os outros que estão no terreno começaram a desenvolver a doença, que se alastra muito rápido. Um veterinário conhecido nosso confirmou a doença. Se o CCZ resolvesse agora logo, seria tratado no início e mais fácil de combater. Os gatos estão entrando na casa dos moradores, alguns locais com idosos e crianças, para roubar comida e é perigoso de transmitir a doença”, disse uma moradora que não quis se identificar.

Guarapari: moradores denunciam gatos com doença contagiosa e dificuldade de atendimento no CCZ

Na tentativa de um novo contato por parte dos denunciantes, há cerca de uma semana, o CCZ informou que a denúncia seria anotada, mas que não tinha data para o atendimento ser realizado. E finalizou dizendo que a denúncia estaria em uma lista para ser atendida quando fosse possível. Porém, até a data de hoje (04), não houve atendimento.

Ainda de acordo com os relatos, moradores descreveram que receberam informações afirmando que CCZ está sem veterinário. Um veterinário estaria de licença ou férias, e a outra profissional está no final da gestação, quase na licença maternidade, e não tem possibilidade de atender animal com doença.

O CCZ disse que não podem fazer nada e tem que aguardar a fila de espera. Ficamos na dependência da prefeitura contratar outro veterinário, porque não tem um que possa atender direito. Os gatos precisam ser tratados o quanto antes”, finalizou a moradora.

Guarapari: moradores denunciam gatos com doença contagiosa e dificuldade de atendimento no CCZ

Diante dos fatos relatados, a Prefeitura de Guarapari foi procurada para esclarecimentos.

Em resposta, o órgão, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), informou que não consta nos registros da unidade, nenhum pedido para recolhimento de animal no local informado.

Para realizar o pedido basta ligar para os telefones do CCZ: (27)3262-1456 / 3262-1271. O atendimento no CZZ continua normal, o veterinário que estava de férias retornou ao trabalho nesta segunda-feira (03), e a veterinária continua trabalhando normalmente”. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

lazaro-antunes-2

Emprego em Anchieta cresce mais que na Grande Vitória

Anúncio

Anúncio

coluna-antonio-05fev

Coluna Dom Antônio: Palestra sobre turismo de luxo movimento o setor que está aquecido em Guarapari

coral-allegro

Companhia musical de Guarapari inicia audições para espetáculos

Anúncio

Doação-de-sangue-foto-estudio-matri

Hemoes registra baixa no estoque de sangue

meia das praias 22 (4)2

Meia Maratona das Praias: 6ª edição acontece neste sábado (04) e domingo (05) em Guarapari

Anúncio