Anúncio

Guarapari não deve receber recurso estadual por não aplicar 25% da receita em educação

TCE pediu a revogação de cautelar que permitia a prefeitura obter a certidão de transferência voluntária de recursos estaduais sem cumprir a aplicação do mínimo constitucional de 25% em educação

Por Aline Couto

Publicado em 22 de outubro de 2021 às 11:27
Atualizado em 23 de outubro de 2021 às 10:57

Anúncio

Guarapari não deve receber recurso estadual por não aplicar 25% da receita em educação
Foto: arquivo Folha.

Após o Ministério Público de Contas – MPC pedir, em setembro, a revogação da decisão do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) que autorizava o município de Guarapari a obter do governo do Estado a certidão de transferência voluntária de recurso estadual mesmo descumprindo a aplicação do mínimo de 25% da receita de impostos em educação no exercício atual, na última terça-feira (19) foi a vez do próprio TCE-ES pedir a revogação de cautelar e arquivamento de representação da prefeitura de Guarapari, perdendo assim o órgão o direito obter a certidão de transferência voluntária de recursos estaduais, por estar descumprindo a aplicação do índice mínimo constitucional em educação.

De acordo com a decisão da área técnica do TCE-ES, a representação proposta pela prefeitura de Guarapari não preenche os requisitos exigidos pela legislação, e por isso se manifestou pela revogação da medida cautelar e pelo arquivamento do processo em que a prefeitura foi autorizada a obter a certidão de transferência voluntária de recursos estaduais, mesmo descumprindo a aplicação do índice mínimo constitucional de 25% das receitas de impostos em educação. No processo, o Ministério Público de Contas (MPC) emitiu parecer concordando integralmente com a manifestação da equipe técnica.

Diante dos fatos, o TCE-ES decidiu pela revisão da decisão do Plenário no processo 3226/2021 (Guarapari), com revogação da medida cautelar, pelo não conhecimento da representação e, consequentemente, pelo arquivamento dela. O MPC já havia pedido a revogação da cautelar em agravo (tipo de recurso) interposto contra medida concedida pelo Plenário do TCE-ES.

O que a prefeitura diz

A prefeitura foi procurada para se manifestar sobre a nova decisão. E questionada sobre o porquê do município não ter realizado os investimentos em educação de no mínimo 25% da receita, e se o não recebimento do recurso estadual pode causar prejuízos no município.

Em resposta, a órgão comunicou que não foi informado sobre a decisão do TCE-ES e manteve a mesma afirmação de setembro comunicando que os investimentos em educação não tiveram redução e nem prejuízos.

“A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Educação, informa que o município não foi notificado de tal decisão. Vale ressaltar que os investimentos em educação não tiveram redução e nem prejuízos. Devido à pandemia, o município esclarece que ocorreu apenas redução de gastos com material de custeio, pois os alunos não estavam frequentando a sala de aula presencial, com isso foi, houve redução de uso em serviços como: material pedagógico, limpeza, transporte escolar, entre outros itens”, informou em nota

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2021-12-03-at-5.53.51-PM-1

84° Mapa de Risco Covid-19: ES continua em Risco Baixo na próxima semana

creches-guarapari-2021

Prefeitura autoriza obras de mais uma creche em Guarapari

Considerando as assinaturas de ordem de serviço realizadas na última sexta-feira (26), são 05 obras autorizadas em uma semana

Anúncio

Anúncio

Casa de apoio Hifa

Hifa Guarapari está entre entidades beneficiadas por programa do Governo do ES

Hospital Infantil Francisco de Assis é uma das entidades que podem receber recursos do programa Nota Fiscal Premiada

DCIM\107MEDIA\DJI_0024.JPG

Samarco direcionou R$ 587 mi. para fornecedores de Anchieta e áreas de atuação

Empresa realizou balanço de um ano do programa Força Local, que desenvolve empresas para integrarem o quadro de fornecedores da Samarco

Anúncio

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Anchieta é lançada na rota do turismo nacional

radium-arquvo-foes

Radium Hotel vai sediar museu e escola técnica voltados para turismo em Guarapari

Anúncio