Anúncio

Guarapari: placa com #ForaEdson é retirada, mas autor recorre contra decisão judicial

Por Larissa Castro

Publicado em 21 de outubro de 2020 às 17:51
Atualizado em 22 de outubro de 2020 às 14:04

Anúncio

Após decisão judicial sentenciada pelo juiz Edmilson Souza Santos, o servidor público e presidente do partido Democracia Cristã (DC), Anderson Arpini teve que retirar o manifesto exposto com a hashtag #ForaEdson, destinado ao atual prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, colocado em forma de cartaz na parede da casa em que reside. Apesar do parecer judiciário, o responsável recorreu contra.

A placa ficou exposta na residência de Anderson.

A ação se originou do partido do atual prefeito, Edson Magalhães (PSDB), e para Anderson Arpini, não condiz com o verdadeiro propósito do manifesto. “Eles alegam que se trata de propaganda eleitoral, mas para ser propaganda eleitoral, é preciso ter outros requisitos. Na manifestação não continha nenhum dos itens que se enquadra em propaganda eleitoral. Presidente de partido também tem liberdade de expressão”, relata o atual presidente do partido Democracia Cristã.

Por reconhecer que não descumpriu normas da lei, Anderson conta que entrou com recurso judicial e espera receber o parecer favorável. “Eu fiz a retirada no momento em que eu recebi a notificação e entrei com recurso também, pois se trata de uma manifestação; liberdade de expressão. Agora aguardo a resposta e espero que o juiz defira o meu pedido, pois vou mandar o prefeito pagar o adesivo e vou colocar de novo. Vou dar trabalho; vou recorrer até o Supremo”.

Anderson Arpini é presidente de partido.

Após cumprir a decisão, Anderson diz não concordar, mas se sente bem com o resultado do cartaz. “Me sinto feliz de ter incomodado o prefeito. O que me entristece é a determinação de retirar um manifesto. Não fiquei surpreso com a atitude do prefeito. Me sinto bem em saber que incomodei ele, pois significa que não é homem para enfrentar uma opinião pública”, desabafa.

Contra as ideias do atual prefeito antes mesmo das eleições, Anderson reforça que utiliza as redes sociais como liberdade de expressão antes do período eleitoral. “As minhas manifestações contrárias ao Edson, acontecem muito antes. Se você ver nas minhas redes sociais, eu falo do Edson desde 2017, pois ele assumiu a prefeitura sem cumprir outras promessas. Não é devido a eleição”.

Faixada da casa de Anderson, após a retirada do cartaz.

Ao finalizar, Anderson cita uma fala do ministro Alexandre de Moraes. “O político precisa aceitar a opinião pública; críticas. Se não está pronto para aceitar criticas, não desce para o play”.

O que diz o candidato Edson Magalhães

Em contato com a assessoria de Edson Magalhães, foi esclarecido que o atual prefeito mantém uma campanha transparente, e a justiça entende que a ação de Anderson não condiz com o momento eleitoral. “A Justiça entendeu que o adesivo colocado na casa do morador representa uma propaganda irregular. Tendo em vista que ela não respeita os paramentos exigidos pelo Tribunal Superior Eleitoral. Todas as informações constam na decisão. O então prefeito e candidato à reeleição tem feito uma campanha ímpar, transparente e sem ataques nas redes sociais, TV e nas ruas, respeitando toda a legislação eleitoral. Edson compactua e deseja que a campanha dos colegas também sigam no mesmo caminho“.

Edson Magalhães, atual prefeito de Guarapari.

A assessoria alega também que: “O candidato a reeleição Edson Magalhães não possuí desavença com o morador, tendo em vista que o mesmo já integrou parte da equipe da Secretaria de Turismo em 2017 e depois se tornou subsecretário de fiscalização do município.“, finaliza.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

casagrande-anuncio-novasrestricoes-2020-03-25

55° Mapa de Risco traz Guarapari em risco alto e mudanças na classificação da Grande Vitória

marcos_gabriel-danca-2021-05-13-8

Aluno de Guarapari é destaque em concurso de dança na Serra

Marcos é aluno do 1º ano da escola municipal Florisbela Lino Bandeira, no bairro Aeroporto

Anúncio

Anúncio

Foto: Arquivo/Folha

Temperaturas devem continuar baixas em Guarapari e região no fim de semana

qualificar_es_ampliacao-2021-05-14

Qualificar ES abre 111 mil novas vagas e apresenta novidades

Governador também enviou à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei para institucionalizar o Programa

Anúncio

camara_gestao_120-dias-2021-05-14-2

Atual gestão da Câmara de Guarapari economiza R$1 mi e alcança recorde de transparência

pc_prisao_anchieta-2021-05-14

Operação Estado Presente prende suspeito de duplo homicídio em Anchieta

Homem detido é suspeito do assassinato de mãe e filho, no bairro Jerusalém

Anúncio