Anúncio

Guarapari: única no ES, adolescente é escolhida para ser embaixadora nos EUA

Por Aline Couto

Publicado em 29 de novembro de 2022 às 14:19

Anúncio

Guarapari: única no ES, adolescente é escolhida para ser embaixadora nos EUA
Fotos: arquivo pessoal.

Daniela Marques Ferreira, 15 anos, está próxima de viver uma experiência inédita. Ela foi a única estudante do Espírito Santo a ser selecionada para o programa Jovens Embaixadores, um intercâmbio coordenado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, com todos os custos pagos.

A jovem, que nasceu em Vitória e morou durante muitos anos em Guarapari, contou que o objetivo do programa é abrir oportunidades para jovens de baixa renda que frequentam escola pública e que são envolvidos na comunidade. “É também através desse programa que eles incentivam a elaboração de novos projetos sociais através dos conhecimentos e o contato com a nova cultura”, explicou.

Atualmente estudando o curso Técnico em Biotecnologia, no Instituto Federal do Espírito Santo – IFES de Vila Velha, Daniela teve conhecimento do intercâmbio através de um grupo de estudantes e inicialmente teve dúvidas sobre a veracidade da informação. “Postaram o link de um blog em um grupo de escola falando sobre um intercâmbio gratuito. Como não conhecia o programa, fui dar uma olhada, mesmo pensando que pudesse ser golpe”.

Depois da confirmação da existência do programa, a estudante conversou com os pais e a professora, que a incentivaram a fazer a inscrição. “Todo ano são 50 vagas, e assim como no ano passado o Espírito Santo só teve uma pessoa escolhida. Ano passado foi o Rickelmy, de Vila Velha, esse ano foi só eu. Tinham sete mil candidatos nessa edição”.

Guarapari: única no ES, adolescente é escolhida para ser embaixadora nos EUA

Viagem

A viagem está marcada para o dia 9 de janeiro de 2023 e o retorno para dia 29 do mesmo mês. “Ficaremos três dias em Brasília, depois vamos para São Paulo, e de lá pegamos o voo para Washington. No dia 15 cada um vai para o estado e cidade que for designado: Alabama, Michigan, Carolina do Norte ou Flórida. Não somos nós que escolhemos para onde vamos, na verdade dizem que já foi definido, só estão fazendo surpresa. Depois voltamos no dia 25 para Washington onde apresentaremos um projeto social que devemos desenvolver enquanto estivermos lá. Ficamos em Washington até dia 29, quando retornamos pra São Paulo e então para casa”.

Essa será a primeira viagem internacional de Daniela, que descreveu como sendo um dos pré-requisitos para participar do programa, “Não consigo imaginar como vai ser essa nova experiência. Nunca vivenciei algo assim”.

Inglês

Sobre a comunicação em um país com língua diferente, a estudante relatou que fez cerca de três anos de inglês no IFES de Guarapari em um curso de extensão, sendo o último ano durante a pandemia. “Mas na real, aprendi muito, mas muito mesmo, com músicas e séries em inglês. Hoje vejo sem legenda e em inglês. Acabou que com o tempo alcancei a fluência”.

Expectativa

“Eu particularmente espero poder voltar com um projeto que realmente possa ir para frente e consiga fazer a diferença na vida dos jovens, que é meu público-alvo. Quero poder não só isso, mas também espalhar sobre o programa para outros estudantes, que não conhecem e não sabem dessas oportunidades e acabam perdendo a chance de ter esse tipo de experiência única na vida”.

Guarapari: única no ES, adolescente é escolhida para ser embaixadora nos EUA
Daniela, amigas e a irmã comemorando o resultado.

Família

Perguntada a respeito de quem a incentivou e a ajudou na conquista da vaga, Daniela frisou que desde o início os pais e a professora de inglês do IFES a encorajaram a tentar essa oportunidade, que no final deu certo. “Minha mãe me disse que não tinha muita certeza do programa no início, parecia algo muito distante, mas quando viu, realmente estava andando”.

E finalizou: “Dedico essa conquista aos meus pais, pela forma que me criaram e sempre orientaram a me dedicar aos estudos e correr atrás dos meus sonhos. Sou grata a eles por terem pegado tanto no meu pé no passado. Graças a eles estou onde estou hoje”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

escola perocão (1)

Pais manifestam sobre condições de escola para o ano letivo em Guarapari

Rapaz desapareceido1

Família procura por rapaz desaparecido em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Fiscalizacao_20230203_Noticias3-847x476-1

Crea-ES alerta para risco de quedas e acidentes na Praia da Areia Preta, em Guarapari

vacina-06fev-sesa

Retorno às aulas é momento de colocar as vacinas em dia

Anúncio

Pablo Lira

Pesquisador de Guarapari é o novo presidente do Instituto Jones dos Santos Neves

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

Anúncio