Anúncio

Guarapari: venda de bolos liberta mulher da depressão

Por Larissa Castro

Publicado em 20 de novembro de 2020 às 12:00
Atualizado em 22 de novembro de 2020 às 13:25

Anúncio

Sem imaginar que um dia comercializaria o que faz de melhor na cozinha, a cuidadora Maria do Socorro Aquino Freire, aos 60 anos, descobriu na confecção e vendas de bolos uma nova renda e a cura para a depressão, ocasionada após ser mandada embora do trabalho, ainda no início da pandemia. Agora, ela produz e entrega de bicicleta o talento gastronômico por toda Guarapari.

Maria do Socorro, empreendedora.

“Socorro, quero bolo!” é através deste chamado que a Maria do Socorro prepara mais de 100 bolos por mês. Sem imaginar que entraria para o ramo da culinária, hoje ela não se vê em outro segmento. “Meu filho mais velho sugeriu: mãe, você sabe fazer bolo. Começa a fazer para venda. Minha nora divulgava e quando eu via, tinha várias encomendas”, recorda.

A dedicação de Maria do Socorro a produção de bolos, ocorreu após ser demitida em meio a um cenário de poucas contratações. “Eu estava em casa de férias e recebi a notícia de que eu estaria demitida em abril, do trabalho que eu estava há um ano e meio. A depressão veio após eu ser mandada embora, pois eu chorava muito. Pensava nas dificuldades, pois não havia emprego e devido a minha idade”, conta a empreendedora.

De forma caseira e responsável pela produção e entrega, Maria do Socorro apresenta uma vasta opção de bolos através do instagram @socorroquerobolo. “Nunca produzi bolo para venda, mas trabalhei em uma fábrica de bolos. Hoje faço para a venda diversos sabores, com coberturas, e faço cursos para bolo, pois quero me aperfeiçoar”.

Devido ao sucesso e ter encontrado na confecção a cura para a depressão, Socorro não pretende retornar ao mercado de trabalho. “Confeccionar bolos me ajudou muito; tanto financeiramente, quanto psicologicamente. Um indica ao outro e isso faz com que eu melhore cada vez mais. As pessoas não podem desacreditar. Sempre há uma saída para momentos difíceis”, sugere.

*Com informações da revistasou.com.br.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

mapa-de-risco-05032021

47º Mapa de Risco Covid-19: Piúma deixa risco alto e Guarapari segue em risco moderado

Nas redes sociais, Renato Casagrande alertou a população para a necessidade de cumprir os protocolos sanitários e de distanciamento

cv__2918_claudio_vieira

Projeto social de Guarapari promove festival de pipas no bairro Kubitschek

O projeto, criado por quatro amigos, existe há um ano e meio

Anúncio

Anúncio

fiscalizacao_procon_consumidor

Representante de Consórcio em Guarapari é notificado por fraude

Segundo denúncias, consumidores são enganados e levados a assinar contrato de consórcio

PC e PM

Ação conjunta prende suspeitos de homicídio em Guarapari

Anúncio

Cirurgia Pietra2

Em Guarapari, pais agradecem ajuda para cirurgia da filha com tumor no olho

A cirurgia foi bem sucedida e Pietra já está em casa

Debate-dos-Vereadores-sobre-Projeto-de-Incentivos-Fiscais_

Projeto de lei de incentivos fiscais busca retomar crescimento da economia em Anchieta

Apresentado por Renato Lorencini e outros vereadores, projeto visa conceder incentivos fiscais a empresas que instalarem ou ampliarem plantas industriais, comerciais ou de serviço no município

Anúncio