Anúncio

Hifa Guarapari capacita médicos e enfermeiros que atuam com pré-natal no município

Por Carolina Brasil

Publicado em 15 de maio de 2019 às 13:14
Atualizado em 15 de maio de 2019 às 13:14

Anúncio

De acordo com pesquisa de satisfação realizada ao término do evento, o curso obteve aprovação unânime.

Aproximadamente, 50 profissionais participaram do Prenabe. Fotos: Divulgação

Recentemente, o Hospital Francisco de Assis, Hifa Guarapari, promoveu o curso Pré-Natal Baseado em Evidências (Prenab). A capacitação, dirigida aos médicos e enfermeiros que atuam na rede básica de saúde do município, reuniu cerca de 50 pessoas.

O palestrante, Dr. Edson Borges de Souza, médico obstetra referência em pré-natal pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e apoiador da Rede Cegonha, destacou a importância do curso, ressaltando o medo que as gestantes têm do parto, um sentimento que também envolve os profissionais. “Preparar a mulher para o parto, esse é um dos principais objetivos do pré-natal. Porém, isso começa com a preparação dos profissionais”.

O palestrante, Dr. Edson Borges, entre Walkyria Procópio e Jailton Pedroso, gerente administrativa e superintendente do Hifa Guarapari, respectivamente

Questões práticas desse acompanhamento gestacional como a atenção primária, referência hospitalar, estilo de vida durante a gravidez, infecções e condições clínicas, por exemplo, foram colocadas em pauta. Destaque para outra grande contribuição do pré-natal, que é a identificação e o tratamento de possíveis doenças ou complicações que implicam no sucesso da gestação e do nascimento.

Com aprovação unânime, o curso Prenabe promoveu, ainda, o entrosamento e a reciclagem dos profissionais que atuam com o pré-natal no município. “Esse é mais um elo de todo o sistema que atende a gestante. O Dr. Edson trouxe muito conhecimento, estudos de casos clínicos e deu a oportunidade de tirarmos muitas dúvidas do nosso cotidiano”, relatou a enfermeira da Unidade de Saúde Thereza Loyola de Jesus, Shaiana Nunes Soares.

“E importante que todos os segmentos da atenção básica falem a mesma língua e essa foi uma oportunidade de unirmos protocolos, condutas, para sempre direcionarmos a gestante para o melhor caminho, o sucesso da gestação”, completou Dra. Ângela de Carvalho Gianordoli Teixeira, responsável pelas gestações de alto risco do Saúde da Mulher.

“Esse foi um momento de interação, discussão e conversas, uma oportunidade de afinar nossa assistência às gestantes do município. O Dr. Edson é um profissional ímpar e esse aprendizado só enriquece o trabalho que executamos no dia a dia”, finalizou Thais Ferreira da Rosa, enfermeira obstetra e Coordenadora de Enfermagem do Hifa.

O curso foi direcionado aos médicos e enfermeiros da rede básica do município.

  • Com informações da Assessoria de Comunicação do Hifa Guarapari

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Samarco ajuíza Recuperação Judicial para manter suas atividades de produção

Objetivo é equacionar endividamento financeiro para garantir proteção para ativos e postos de trabalho após retomada da produção em dezembro de 2020

Como-Montar-Uma-Clinica-Medica

Câmara de Guarapari aprova contratação de médicos e pagamento de auxílio aos profissionais de Saúde

Ambos projetos foram aprovados em unanimidade pelos vereadores presentes e seguem para sanção do Prefeito

Anúncio

Anúncio

policia_civil-delegacia-GRI

Polícia Civil prende em Guarapari suspeitos de roubo a postos de gasolina

O crime teria ocorrido no dia 7 de dezembro de 2021

kettle-bell-592905_640

TJES concede liminar para suspensão de Lei que considera atividades físicas como essenciais em Guarapari

Liminar visa suspender Lei Municipal nº4435/2021, que estabelece atividades ligadas à educação física como essenciais

Anúncio

50º-MAPA-DE-RISCO---12.04-a-18.04

Mapa de Risco: 42 cidades em Risco Extremo, incluindo Guarapari e Anchieta

Apenas dois municípios (Conceição da Barra e Ibitirama) estão classificados como de risco moderado

vacina 65 69 2

Agendamento para vacinar idosos de 60 a 64 anos contra Covid-19 abre segunda-feira (12) em Guarapari

Anúncio