Anúncio

História de Guarapari é tema de palestra com turismólogo Emir Prates nesta terça (15)

Evento propõe debate sobre pontos pouco discutidos como a verdadeira origem do nome e a data de fundação do município

Por Gislan Vitalino

Publicado em 13 de fevereiro de 2022 às 15:00

Anúncio

História de Guarapari é tema de palestra com turismólogo Emir Prates nesta terça (15)
Foto: reprodução/redes sociais.

Na próxima terça-feira (15), a associação Amigos do Patrimônio de Guarapari (Amig) realiza um evento com palestra e roda de conversa que pretende resgatar um pouco mais da história do município, com o palestrante Emir Prates.

Turismólogo, ex-vereador, pesquisador da história local e morador de Guarapari, Emir Prates realizou uma pesquisa que resgata traços históricos originários do município que têm se perdido com o tempo, ou que se propagaram de forma errônea entre a população. “Um desses traços é o nome da cidade que, normalmente, se credita à ferramenta de capturar uma ave que não temos por aqui e que não é atrativa para a caça, por só ter ossos e penas”, exemplificou Emir.

Segundo o pesquisador, o nome Guarapari se origina, na verdade, de uma árvore com o mesmo nome. A Weinmannia pinnata, popularmente conhecida como por guarapari, já foi uma árvore muito abundante na região. “Era uma planta cuja madeira tinha boa resistência mecânica, por isso era muito útil para a produção de algumas das ferramentas dos povos indígenas da região. E por estar presente aqui, o local teve esse nome como referência da população indígena”, explicou Emir.

O pesquisador explica ainda que outros traços se confundem com a história local. “Outra coisa que se confunde frequentemente é a data da fundação da cidade com a da Igreja de Nossa Senhora da Conceição. O ano de 1585, grafado nas paredes da antiga Matriz Nossa Senhora da Conceição, é uma referência à inauguração da igreja, não à fundação da cidade. Nós temos documentos que retratam a história da cidade muitos anos antes disso”, lembrou o turismólogo.

História de Guarapari é tema de palestra com turismólogo Emir Prates nesta terça (15)
Edição do jornal A Gazeta em 1985 falava da comemoração dos 400 anos da cidade,
cuja celebração se pauta na data grafada nas paredes da Igreja Nossa Senhora da Conceição.

Proposta é divulgar a história de Guarapari

O palestrante reforça o convite e a relevância da atividade para o desenvolvimento local. “A ideia é essa. Contar e divulgar essa história da cidade, porque muitas pessoas ainda não conhecem. Durante a pesquisa, eu mesmo fui surpreendido por informações novas, que a gente até acha que já sabe, mas que não são abordadas da maneira correta”, concluiu Prates.

A atividade se insere no ciclo de atividades promovido pela Associação Amigos do Patrimônio de Guarapari (Amig), que visam despertar conhecimento e carinho dos cidadãos de Guarapari pela cidade. “A ideia é despertar os cidadãos para o amor por Guarapari, pela preservação de nossos patrimônios e conhecimento sobre nossa história”, afirma a presidente da Amig, Márcia Fonseca.

“A valorização do patrimônio histórico cultural de Guarapari é a valorização da identidade que molda os nossos cidadãos. Por isso, preservar as paisagens, as obras de arte, as festas populares, a culinária ou qualquer outro elemento cultural de um povo, é manter a identidade desse povo”, concluiu a presidente.

O evento acontece nesta terça-feira (15), às 19h, no Hotel Atlântico, na Praia dos Namorados, em Guarapari. A inscrição é gratuita, mas é necessário confirmar participação prévia pelo telefone (27) 99725.2933 (Márcia Fonseca).

Palestra e Roda de Conversa – Aldeia de Nossa Senhora da Conceição de Guaraparim

Palestrante convidado: Emir Prates;

Data: terça-feira, 15 de fevereiro de 2022;

Horário: 19h;

Local: Hotel Atlântico, na Praia dos Namorados, em Guarapari;

Confirmar presença pelo telefone: (27) 99725.2933 (Márcia Fonseca).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

moto-rock-2022-4-1

Moto Rock agita Guarapari com o primeiro dia de sua 8ª edição

WhatsApp-Image-2022-08-01-at-13.22.36

Artigo: “Pais de Pet” – A tutela dos animais de estimação

Anúncio

Anúncio

ap22217686674430

Pesquisa Ipec revela a intenção de voto dos eleitores do ES para presidente

WhatsApp-Image-2022-09-21-at-20.11.11

AfroChaves conclui projeto com percussão, capoeira e show em Alfredo Chaves

Anúncio

WhatsApp Image 2022-09-23 at 15.40.48

Atletas de Guarapari garantem vagas para o Pan-Americano e Mundial de Canoa Havaiana

Conquista veio após vitória no campeonato nacional da modalidade

Moto Rock 2022 (9)

Guarapari: tudo pronto para a 8ª edição do maior evento motociclístico do Espírito Santo

O Moto Rock acontece durante este final de semana e tem expectativa de público de 30 mil pessoas

Anúncio