Anúncio

Morador escreve carta ao prefeito de Guarapari pedindo soluções para som alto e altinha na Praia do Morro

Por Aline Couto

Publicado em 22 de novembro de 2022 às 11:42

Anúncio

Morador escreve carta ao prefeito de Guarapari pedindo soluções para som alto e altinha na Praia do Morro
Fotos: reprodução.

Ivanildo Santos, morador de Guarapari, escreveu uma carta reclamando da falta de fiscalização na Praia do Morro, em especial quanto ao som alto e a prática de altinha na areia, que são proibidas por Lei Municipal. Na carta, que o morador contou ter enviado e não ter recebido nenhuma resposta, foi encaminhada no dia 14 de novembro ao Chefe de Gabinete da Prefeitura de Guarapari e a Ouvidoria.

É com muita preocupação que envio essa carta para tratar de um assunto que há muito tempo já deveria estar pacificado haja vista a lei 2273/2003, de 15 de maio de 2003, que ALTERA O ART. 5° DA LEI N° 1.904, DE 08 DE SETEMBRO DE 1999 e do decreto número 061/2019, de 27 de dezembro de 2019 e número 061/2019, que tratam sobre a proibição de som alto nas praias de Guarapari, dentre outras proibições como tendas na areia, animais na praia, churrasco...”, iniciou a carta

No documento, Ivanildo relata um acontecimento que presenciou no dia 12 de outubro, feriado nacional, quando estava com a esposa por volta do meio-dia nas areias da Praia do Morro. Segundo ele descreve, um grupo de idosos próximos a barraca que estava, pediu a um outro grupo de jovens, que tinham caixas de som e a música tocava nas alturas, para que diminuíssem o volume do som, o que foi negado e os idosos passaram a ser hostilizados pelos jovens.

Como não fora atendida, os demais membros do grupo de idosos foram embora para casa, ficando apenas uma senhora que, no afã de que o grupo diminuísse o volume do som, disse que chamaria a polícia pelo número 190 e, assim o fez. Colocando, inclusive a áudio do volume do som para que a polícia ouvisse. Neste momento, mais uma vez foi destratada, pois a polícia não compareceu e eles alegaram que o motivo do não comparecimento das autoridades policiais foi que eles solicitaram para que os policiais não viessem”, diz na carta o morador.

Ivanildo finalizou a escrita pedindo providências a administração municipal. “Rogo a vossa Senhoria providências a fim evitar uma tragédia anunciada que poderá acontecer em nossas praias, caso não haja uma fiscalização do cumprimento das legislações em vigor, em particular, aqui na PRAIA DO MORRO, não somente por referente ao som alto, mas também a prática de Altinha que estão sendo praticadas em horário impróprio ao previsto no decreto 813/2021. Várias pessoas já foram atingidas pelas bolas utilizadas na prática dessa modalidade”.

Morador escreve carta ao prefeito de Guarapari pedindo soluções para som alto e altinha na Praia do Morro

Outro lado

Diante da falta de retorno do morador, a Prefeitura e a Polícia Militar de Guarapari foram procuradas e questionadas sobre o depoimento da carta.

Prefeitura

Por que o morador não recebeu nenhum retorno da solicitação enviada?

Qual a programação da prefeitura para coibir tais práticas proibidas, já que nos aproximamos do Verão?

Serão contratados mais fiscais?

Qual o motivo de não terem fiscais na Praia do Morro no final de semana?

Por que com reclamações tão recorrentes ainda não foram resolvidas essas questões?

Em resposta, a Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Postura e Trânsito (Septran), informou que a fiscalização tem buscado agir com o apoio da Polícia Militar para coibir a prática de altinha nas areias da Praia do Morro, e o município já está em processo de contratação de mais agentes de ordenamento para intensificar a fiscalização. 

O órgão também comunicou que a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura (Semag) realiza fiscalizações constantes, e para acionar o Disque-Silêncio, o cidadão deve ligar para (27) 99905-6397. 

PM

O que ocorreu no dia 12 de outubro?

Houve o chamado?

Por que os militares não foram ao encontro da senhora?

Até o fechamento desta matéria não houve retorno por parte da PM.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

lazaro-antunes-2

Emprego em Anchieta cresce mais que na Grande Vitória

Anúncio

Anúncio

coluna-antonio-05fev

Coluna Dom Antônio: Palestra sobre turismo de luxo movimento o setor que está aquecido em Guarapari

coral-allegro

Companhia musical de Guarapari inicia audições para espetáculos

Anúncio

Doação-de-sangue-foto-estudio-matri

Hemoes registra baixa no estoque de sangue

meia das praias 22 (4)2

Meia Maratona das Praias: 6ª edição acontece neste sábado (04) e domingo (05) em Guarapari

Anúncio