Anúncio

Moradores se mobilizam para amparar e acolher cadela com sinais de abandono em Guarapari

Animal está agora disponível para adoção no Centro de Controle de Zoonoses do município

Por Gislan Vitalino

Publicado em 13 de julho de 2021 às 17:44

Anúncio

Moradores se mobilizam para amparar e acolher cadela com sinais de abandono em Guarapari
Fotos: reprodução/ redes sociais.

Uma cadela da raça Akita Inu foi resgatada na tarde desta segunda-feira (12) pelos moradores do bairro São Judas Tadeu. Há cerca de três meses, o animal era avistado pela rua, sem sinais de cuidados dos antigos tutores. Agora, o animal se encontra disponível para adoção no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Guarapari.

De acordo com os relatos dos moradores do bairro, há aproximadamente três meses o animal é visto pelas redondezas do bairro, próximo a entrada de uma residência e não permitia aproximação de estranhos. Mais recentemente, os moradores notaram que o animal passou a dormir na calçada da antiga residência, sem receber comida ou água.

Uma das vizinhas da localidade explica que a situação começou a preocupar os moradores da região que perceberam que o animal apresentava sinais de maus tratos, sede e fome. “A casa tem mais cachorros nessa situação, mas ela não entrava mais. Então os vizinhos passaram a ajudar e colocar água e comida para ela. Em uma das noites, quando estava mais frio, deixei um cobertor para ela”, contou a moradora, que não iremos identificar.

Moradores se mobilizam para amparar e acolher cadela com sinais de abandono em Guarapari

Enquanto tentavam possibilitar que o cão tivesse algum conforto, os vizinhos passaram a procurar instituições que pudessem ajudar o animal, mas das organizações que os moradores conseguiram contato, todas estavam sobrecarregadas. Além disso, como o cão insistia em ficar próximo ao portão da residência, não permitia que ninguém o recolhesse.

“O CCZ foi lá, mas não conseguiram pegar, a gente conseguia dar comida, ela comia na mão, mas quando tentávamos passar a mão na cabeça, até para fazer carinho, ela não deixava”, contou outra moradora que também optou por não se identificar.

Segundo ela, o CCZ deixou uma corda para que, caso os moradores conseguissem uma aproximação, realizassem a captura do animal para o acolhimento. Na tarde de ontem (12), os moradores finalmente conseguiram capturar o animal e entraram em contato com o CCZ para tirá-lo das ruas.

Moradores se mobilizam para amparar e acolher cadela com sinais de abandono em Guarapari

Agora, o animal se encontra no Centro de Controle de Zoonozes de Guarapari, onde espera por uma adoção. Como foi capturada nas ruas, não há informações sobre idade da cadela. “A gente não sabe nada sobre a história dela. Apenas que ela aparenta ser idosa e que tem essa situação de abandono mesmo”, citou a moradora.

De acordo com o Projeto Ajuda Pet, que deu publicidade ao caso e incentivou a adoção, o comportamento de resistir a uma aproximação e ao acolhimento é comum e esperado em animais que vivem situações como essa. “Certamente estava arisca porque não queria sair daquele local, afinal, ali estava a sua família”, explicou o projeto através das redes sociais. 

Ainda assim, de acordo com o projeto, o animal tem toda a capacidade de se adaptar a um novo lar. “Pelos relatos dos vizinhos ela vivia em bando e é totalmente normal que precise de um tempo e muita dedicação para se adaptar a outra vida”, afirmou. “Mesmo ela já tendo uma certa idade, se necessário, um adestramento pode ajudar na fase de adaptação”, explicam as informações divulgadas pelo projeto. “O CCZ de Guarapari deu o primeiro apoio, retirando a cadelinha das ruas. Mas um Centro de Zoonoses jamais poderá ser um abrigo de animais. Assim, ela precisa de um lar definitivo o quanto antes”, concluem.

Moradores se mobilizam para amparar e acolher cadela com sinais de abandono em Guarapari

Além de dar publicidade ao caso e incentivar que o animal seja adotado, após o acolhimento pelo CCZ, o Projeto Ajuda Pet se coloca à disposição caso a Akita precise de atendimento veterinário. O contato pode ser feito através do perfil do Projeto no Instagram.

Abandono ou maus tratos de animais é crime

Em setembro de 2020 a lei n° 14.064 alterou a lei n° 9.605 e aumentou as penas cominadas ao crime de maus-tratos aos animais, quando se tratando de cão ou gato. A pena de detenção, anteriormente de um ano, passou para até cinco anos para quem cometer este crime.

De acordo com Art. 32, da Lei 9.605, de 1998 (Lei de Crimes Ambientais) o abandono de animal também é considerado maus tratos pela legislação e crime de igual penalidade.

Informações para adoção
Centro de Controle de Zoonoses – CCZ
Rua Tombadilho, s/nº, Santa Mônica.
Contatos: (27) 3262.1456 / 3262.1271 / 0800.283.9543

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Design sem nome (cover)

Ex-secretário confirma realização de concurso com 1.100 vagas para a Polícia Militar do ES

Conteúdo programático já foi divulgado pela PMES

vacina-criancas - cover

Guarapari realiza sábado (28) de vacinação em diversas Unidades de Saúde

Mutirão vai aplicar vacinas da Covid-19, Influenza e Tríplice Viral até as 15h deste saábado (28)

Anúncio

Anúncio

amistoso_rio_branco_e_Alianca-cover

Time amador de Guarapari enfrenta equipe profissional do futebol capixaba neste sábado (28)

Associação Atlética Aliança vai disputar uma partida contra o Rio Branco Atlético Clube, de Vitória

caminhada_luminosa_ubu

Caminhada Luminosa abre Festa Nacional de São José de Anchieta

Na ocasião centenas de devotos irão percorrer o trecho, que por muitas vezes foi feito por São José de Anchieta

Anúncio

Ponto de ônibus11

Ponto de ônibus torto causa estranheza em Guarapari

passeio_jardineira_guarapari-2022-05-26-1

Roteiro turístico em jardineira visita pontos turísticos e históricos de Guarapari

Roteiro inclui praias, mercados municipais e pontos históricos como ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição e Gruta de Sant’ana

Anúncio