Anúncio

Nova rota turística de Guarapari explora as montanhas e o agroturismo local

Um novo roteiro turístico começou a ganhar destaque no município e está explorando uma região menos conhecida da cidade, as montanhas.

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 17 de abril de 2023 às 12:00

Anúncio

Pedra.do .elefante 02 - Nova rota turística de Guarapari explora as montanhas e o agroturismo local
Pedra do Elefante. Foto: divulgação.

Quem pensa que Guarapari tem apenas praias, está muito enganado! Um novo roteiro turístico começou a ganhar destaque no município e está explorando uma região menos conhecida da cidade, as montanhas.

A Rota da Ferradura contempla quatro distritos da área rural da região: Buenos Aires, Boa Esperança, Arraial do Jaboti e Jaboti. Quem deseja conhecer esse destino que fica a 10 km do centro de Guarapari, pode seguir pela BR 101 e acessar o trevo para Buenos Aires.

O passeio começa em meio às montanhas e ganha um clima mais ameno. Já no início da rota é possível ver um dos atrativos do local, a Pedra do Elefante, que fica no “quintal” da propriedade da Alessandra Lovatti.

A empreendedora está na região desde 2014, quando ainda sem intenção de abrir um negócio, começou a construir suítes em seu terreno. Hoje, a Residência Pedra do Elefante funciona como uma hospedaria e, no início do ano, ganhou um novo empreendimento, a pamonharia, inaugurada há três meses na mesma propriedade.

“Estamos aproveitando o fluxo que está crescendo na Rota da Ferradura e tem tudo para melhorar mais ainda. A região é linda e aqui a tendência é desenvolver bastante. Nosso empreendimento também está se ampliando, o movimento está aumentando e as pessoas estão começando a conhecer. A pamonharia é o meu principal foco no momento, o espaço é pequeno, estilo uma lanchonete, mas está me surpreendendo”, conta a empreendedora.

O monumento natural da Pedra do Elefante não é a única atração da rota, que ainda conta com cachoeiras, restaurantes, cervejarias, cafeterias, hotéis e delicatéssen que valorizam o agronegócio local.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae/ES), e outras instituições parceiras, produziu junto aos empreendedores locais um plano de trabalho para o desenvolvimento da Rota. Segundo o gerente do Sebrae/ES Ivair Seghetto, o trabalho de estruturação de uma nova rota turística passa também pelo relacionamento com o turista.

“Com a criação da Rota da Ferradura, a região começa a ganhar ainda mais visibilidade, por isso, os empreendimentos precisam estar em constante treinamento, uma vez que esse fluxo aumentando, a demanda também cresce. Além da infraestrutura, os empreendedores precisam se atentar para a qualidade do atendimento”, destaca o gerente regional do Sebrae/ES, Ivair Seghetto.

Do Sítio Vale Realeza é possível aproveitar um pouco da tranquilidade oferecida pela Rota da Ferradura, e ainda tomar um banho de água doce na cachoeira que está localizada dentro da propriedade do Geovane Bermond.

Ele foi um dos empreendedores que percebeu as potencialidades da região, e decidiu investir na rota, transformando o seu sítio em hospedagem, além de um espaço de festas e eventos.

“A propriedade já estava com a família há mais de 30 anos. Em 2015 iniciamos a construção da estrutura e em 2021, em meio a pandemia, foi quando começamos a alugar”, relembra.

A procura neste período foi tão grande, que Geovane buscou o apoio do Sebrae/ES para readaptar o negócio, que em breve passará a funcionar como pousada. “Buscamos por uma consultoria e recebemos um suporte muito bom para fazer as adequações no espaço de uma vez só, pensando no impacto para a região, e em fazer um turismo sustentável”, explica o empreendedor.

O Sebrae/ES oferece diversas consultorias que podem auxiliar os empreendedores locais a melhorarem ou readaptarem os seus negócios para atender os turistas.

“O Sebrae/ES pode contribuir desde a criação do novo estabelecimento, até a inserção de novos produtos a serem colocados no negócio. Uma vez que estamos numa região de montanhas é preciso ainda ter uma preocupação com a sustentabilidade, que é fator primordial de atração desses turistas. Nós temos todos esses produtos à disposição do empreendedor, justamente para apoiar o desenvolvimento desses estabelecimentos para que eles possam suprir a necessidade de mercado e de um turismo crescente que vem acontecendo nessa região e se tornarem negócios ainda mais atrativos”, finaliza Ivair.

*Com informações: assessoria de comunicação Sebrae.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2024-05-28-at-15.26.23-3

Bombeiros de Guarapari comemoram feito histórico em desafio de salvamento veicular

Equipe de militares recebeu homenagem no Batalhão

Copia-de-Foto-Taynara-Barreto-Funarte-10

Projeto ‘A cidade se faz no caminho’ vai selecionar fotos de ruas capixabas para mostra no sul do Estado

Ideia é que fotógrafos de todo o Estado enviem olhares sobre suas cidades do coração para a exposição

Anúncio

Anúncio

passos-de-achieta-guarapari

Programação especial receberá andarilhos da Caminhada Passos de Anchieta em Guarapari

Setiba e Centro receberão atrações culturais nesta sexta (31) e sábado (01)

WhatsApp-Image-2024-05-27-at-13.27.15

Após 20 anos, Rolmar Botecchia se despede da presidência da Clac com legado que transformou Alfredo Chaves

Em entrevista, Rolmar avalia gestão de duas décadas à frente da cooperativa

Anúncio

pm-es

Polícia Militar realiza Operação Corpus Christi em todo o Espírito Santo

Corporação vai reforçar policiamento, principalmente, em áreas turísticas

manguezal-muquiçaba

Mutirão de limpeza do manguezal de Guarapari acontece nesta quinta (30)

Ação vai contar com apoio de embarcações

Anúncio