Anúncio

Novo sistema do Banco Central permite checar se usuário possui dinheiro a receber

Por Gislan Vitalino

Publicado em 8 de fevereiro de 2022 às 16:00

Anúncio

Novo sistema do Banco Central permite checar se usuário possui dinheiro a receber
Foto: reprodução/web.

Após a tentativa inicial de disponibilizar no site oficial do Banco Central do Brasil (BCB) uma ferramenta para que a população cheque valores a receber em instituições financeiras, a instituição criou esta semana um site exclusivamente dedicado à isso. O Sistema Valores a Receber (SVR) estará disponível para consultas a partir da próxima segunda-feira, dia 14 de fevereiro. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (07), pelo BC.

No dia 24 de janeiro, o serviço tinha sido disponibilizado no site principal do BC (https://www.bcb.gov.br/?bc=), mas por receber um volume muito alto de acessos a página apresentou instabilidade e foi tirada do ar por dois dias.

Agora a consulta passa a ser realizada exclusivamente pelo site valoresareceber.bcb.gov.br. De acordo com o divulgado pelo Banco Central, a medida foi tomada para evitar que a grande quantidade de acessos coloque em risco o site do próprio BC, como ocorrido no mês passado, quando a demanda inesperada de acessos ao sistema derrubou todo o site.

Confira se você possui valores a receber

Para acessar o sistema, o usuário interessado precisa ter um cadastro no site gov.br de nível prata ou ouro. O cadastro pode ser feito gratuitamente pelo aplicativo gov.br ou por meio da internet.

Segundo divulgado pelo Banco Central, no momento da consulta o cidadão descobre se tem, ou não, valores a receber de alguma instituição do Sistema Financeiro. Caso possua, uma data será agendada para conhecer os valores e solicitar a retirada, que começa a acontecer a partir do dia 7 de março de 2022.

Se, por algum motivo, o interessado perder a data, poderá fazer uma nova consulta a qualquer momento para receber uma nova data de agendamento. No site há um passo-a-passo com todas informações necessárias para o resgate dos valores.

“O cidadão nunca perde o direito sobre os valores em seu nome. As instituições financeiras guardarão esses recursos pelo tempo que for necessário, esperando até que o cidadão solicite a devolução”, informa o BC em nota divulgada à imprensa.

Alerta

Para preservar a segurança do usuário, o BC alerta que o serviço não será disponibilizado em nenhuma outra página da internet. Além disso, não serão feitos contatos telefônicos nem envio de links para as pessoas nas fases iniciais. Na etapa de retirada do valor, os usuários podem receber ligações das instituições para tratar sobre a transação, mas o contato terá aviso prévio por meio do sistema e em nenhum momento será pedido qualquer dado pessoal como senha ou documentos pessoais.

“Ninguém está autorizado a entrar em contato com o cidadão em nome do Banco Central ou do Sistema Valores a Receber. Portanto, o cidadão nunca deve clicar em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram”, informa o banco. O BC também reforça que nenhum pagamento deverá ser efetuado para se ter acesso aos valores.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

moto-rock-2022-4-1

Moto Rock agita Guarapari com o primeiro dia de sua 8ª edição

WhatsApp-Image-2022-08-01-at-13.22.36

Artigo: “Pais de Pet” – A tutela dos animais de estimação

Anúncio

Anúncio

ap22217686674430

Pesquisa Ipec revela a intenção de voto dos eleitores do ES para presidente

WhatsApp-Image-2022-09-21-at-20.11.11

AfroChaves conclui projeto com percussão, capoeira e show em Alfredo Chaves

Anúncio

WhatsApp Image 2022-09-23 at 15.40.48

Atletas de Guarapari garantem vagas para o Pan-Americano e Mundial de Canoa Havaiana

Conquista veio após vitória no campeonato nacional da modalidade

Moto Rock 2022 (9)

Guarapari: tudo pronto para a 8ª edição do maior evento motociclístico do Espírito Santo

O Moto Rock acontece durante este final de semana e tem expectativa de público de 30 mil pessoas

Anúncio