Anúncio

Operação da PF contra tráfico de drogas interestadual cumpre mandados em Guarapari

Ação aconteceu simultâneamente em três cidades capixabas e três outros estados

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 10 de agosto de 2021 às 12:15

Anúncio

operacao parvulo 2 pfes policia federal 2021 08 10 - Operação da PF contra tráfico de drogas interestadual cumpre mandados em Guarapari
Foto: divulgação/ Polícia Federal.

A Polícia Federal no Espírito Santo deflagrou, na manhã desta terça-feira (10), a Operação Párvulo, que tem como objetivo combater o tráfico de drogas interestadual e desmantelar uma organização criminosa que atua em quatro Estados. Uma das ações da Polícia Federal aconteceu em Guarapari.

Ao todo, foram cumpridos doze mandados de prisão preventiva, sete mandados de prisão temporária e vinte mandados de busca e apreensão em residências e empresas de Vitória, Guarapari, Conceição da Barra, no Espírito Santo, além de Foz do Iguaçu (PR), Imbituba (SC) e Belo Horizonte (MG).

Também foi determinado o bloqueio judicial de contas bancárias ligadas aos investigados.

A operação contou com a participação de aproximadamente 100 policiais federais, com o apoio do Grupo de Operações com Cães da Polícia Rodoviária Federal. 

O objetivo é a obtenção de novos elementos de provas para desmantelar uma organização criminosa dedicada ao tráfico interestadual de drogas que operava em quatro Unidades da Federação.

Operação começou em 2020

A Operação Párvulo teve início no ano passado com a investigação de um indivíduo que supostamente compraria grandes quantidades de haxixe e drogas sintéticas na cidade de Foz do Iguaçu e as distribuiria para traficantes menores em Guarapari e arredores.

Com o avanço da investigação, foi constatado um esquema de tráfico de drogas, com alcance também nos Estados de Santa Catarina e Minas Gerais.

Para garantir o fluxo de dinheiro necessário, diversas contas bancárias de “laranjas” em Foz do Iguaçu eram utilizadas para comprar drogas e para receber os valores decorrentes de suas vendas.

Algumas dessas contas também eram utilizadas para a ocultação dos lucros obtidos pelos investigados. Há ainda indícios de lavagem de dinheiro em negócios regulares, como a compra e venda de veículos, onde os valores auferidos ilegalmente a partir da venda das drogas seriam então regularmente inseridos na economia, com a aparência de legalidade.

A Polícia Federal busca investigar e prender traficantes que atuam no fornecimento de grandes quantidades de droga que abastecem as vendas de varejo que ocorrem em diversos pontos da cidade e causam imensos danos à sociedade.

Mais informações sobre a Operação Párvulo serão passadas em coletiva ainda na manhã desta terça-feira (10). 

Crimes investigados

Os investigados poderão responder pela prática do delito de Organização Criminosa (Art. 2ºda Lei 12.850/2013), Tráfico Interestadual de Drogas (Art. 33 da Lei 11.343/2006) e Lavagem de Capitais (Art. 1º da Lei 9.613/1998).

Lei 12.850/13

Art. 2º Promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa.

Pena: reclusão, de 3 (três) a 08 (oito) anos, e multa.

Lei 11.343/06

Art. 33. Importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depósito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar:

Pena – reclusão de 5 (cinco) a 15 (quinze) anos e pagamento de 500 (quinhentos) a 1.500 (mil e quinhentos) dias-multa.

Lei 9.613/1998

Art. 1º Ocultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal.

Pena: reclusão, de 3 (três) a 10 (dez) anos, e multa.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2023-10-10-at-16.24.33-1024x768

Incubadora do IFES Guarapari oferta últimas vagas para curso gratuito de Impressão 3D

Inscrições podem ser realizados on-line e vão até dia 23

casa-sinestescia-2024

Seminário debate cultura e inteligência para o turismo de Guarapari

Evento acontece nesta quarta (19) na Casa Sinestésica

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-06-18-at-10.47.46

Polícia prende suspeito de estuprar criança de 9 anos em Guarapari

Crime aconteceu no dia 15 de maio

whatsapp-image-2024-06-14-at-16-37-17

Guarapari conquista bronze na premiação Cidade Empreendedora do Sebrae

Reconhecimento premia cidades que incentivam o empreendedorismo

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-06-17-at-10.47.38

Polícia prende dois empresários por suspeita de envolvimento com comércio clandestino de carnes em Guarapari

Ação também interditou duas empresas

ce70bba0-29c7-11ef-895e-9d65eb610057-minified

Remoção das cabines de pedágio da Terceira Ponte começam nesta segunda (17)

Segundo o governador, em breve as cabines da Rodovia do Sol, em Guarapari, também serão removidas

Anúncio