Anúncio

Pai recorre a justiça após filho ser expulso de escola em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 8 de novembro de 2022 às 15:32

Anúncio

escola rosindo meaipe
Foto: reprodução.

O folhaonline.es recebeu o relato de um pai, Wanderlei Salvador, que teve o filho, Arthur Salvador, expulso da Escola Estadual de Ensino Fundamental – EEEF Manoel Rozindo da Silva, em Meaípe, Guarapari. Segundo o depoimento, o aluno sempre foi tratado de forma diferente desde o primeiro dia na escola.

A professora falava que Arthur não tinha conhecimento, depois que ele implicava e arrumava confusão com colegas, além de falar palavrões e fazer bagunça, e por fim não deixou ele ficar com um celular desligado na escola, sendo que outros alunos faziam o mesmo. Um dia a professora tirou o celular da mão do meu filho a força e parei na delegacia para fazer um Boletim de Ocorrência por agressão”, relatou Wanderlei.

O pai também contou que o filho tem déficit de atenção, situação informada na escola, e por isso mais dificuldades que os colegas, mas que ele nunca viu o filho xingar nem fazer arruaças. Mesmo assim, diante do relato da professora, Wanderlei disse que pediu uma reunião com os outros pais para poder tentar resolver a questão, o que nunca aconteceu.

Um tempo depois, o pai contou que a professora comunicou que haveria uma reunião do Conselho de Escola para tentar resolver a situação do Arthur. Dias após, a profissional falou que a decisão foi pela expulsão do aluno da escola.

Não me conformo como as coisas foram conduzidas, ele não ficou nem três meses no colégio. Eu nunca vi esse conselho e não fui convidado para participar da reunião. Não teve outra solução se não entrar na justiça para buscar os direitos do meu filho. Quero corrigir essa injustiça e fazer com que Arthur retorne para a escola, única próxima da nossa casa”.

Justiça

Wanderlei explicou que foi até a defensoria pública e deu entrada com os papéis. “O procurador deu entrada no processo e o caso está na mão da juíza para que seja analisado e eu tenha uma resposta. Sigo aguardando”.

Sedu

Responsável pelas escolas do estado, a Secretaria da Educação – Sedu foi procurada e informou que a situação tem sido acompanhada pela gestão da unidade e, conforme prevê o Regimento Interno, o responsável pelo aluno foi chamado na escola, onde esteve reunido por algumas vezes com a equipe gestora.

O caso foi levado ao Conselho de Escola, que deliberou pela transferência do aluno para uma unidade de ensino situada no mesmo bairro. A Sedu destaca ainda que conta com a Ação Psicossocial Interativa Escolar (APOIE), formada por psicólogos e assistentes sociais, que realiza, periodicamente, rodas de conversa e de acolhimento junto aos alunos, visando conscientizá-los quanto às práticas de convivência e apoio emocional”, comunicou a Secretaria em nota.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

SpeedFestival_02

Speed Festival: Guarapari recebe 3ª edição do evento automobilístico

Além das corridas, o evento contará com atividades para fãs de automobilismo

policia-civil_pc_viatura

DHPP Guarapari prende irmão de um dos traficantes mais procurados do Estado

O indivíduo, que foi detido em Anchieta, atuava como gerente do tráfico e é irmão de Willian Zanoli, vulgo “Terceirão”

Anúncio

Anúncio

WhatsApp Image 2024-02-27 at 09.39.591

Aluno da APAE Guarapari conquista 3º lugar em Olimpíada de Matemática

Com o diagnóstico de autismo, Adrian é assistido pela APAE Guarapari e estuda no EMEIEF Zilnete Pereira Guimarães

Janelas - Foto Telma Amaral

Grupo de teatro de Anchieta leva espetáculo ‘Janelas’ para outros municípios capixabas

Peça foi contemplada no edital de Artes Cênicas da Secretaria de Estado da Cultura

Anúncio

20240226110635_IMG_2837

Guarapari é destaque no Plano de Expansão da ES Gás, que investirá R$ 100 milhões no Estado

O município será o 14º a receber gás natural no ES. Outras cidades contempladas serão Linhares, São Mateus e a Região Metropolitana da Grande Vitória

Navios de Cruzeiros. Foto Fernando Frazão -Agência Brasil

Governo do Estado quer cruzeiros marítimos de volta ao ES; Guarapari pode estar na rota

Estudos realizados na USP apontam parecer positivo para retomada de roteiro turístico no litoral capixaba

Anúncio