Anúncio

Pais lutam por instalações de brinquedos adaptados em praças de Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 15 de novembro de 2017 às 13:38
Atualizado em 15 de novembro de 2017 às 13:40

Anúncio

por Larissa Castro

Em Guarapari as praças públicas não possuem adaptações para crianças com necessidades especiais se divertirem. Vendo a limitação dos pequenos para o lazer, o Grupo Colorindo Sonhos buscou junto à Câmara de Vereadores o pedido para a inserção de brinquedos em pelo alguns pontos da cidade. Mesmo com o Projeto aprovado em unanimidade, o executivo vetou a iniciativa, mas teve o veto derrubado na Casa de Leis.

As mães das crianças buscam por direitos que estão determinados em Lei Federal.

O Projeto de Lei N.º 056/2017, de autoria do vereador Lennon Monjardim (PTN) foi criado após os pedidos dos integrantes do grupo de familiares das crianças especiais que moram em Guarapari. Na descrição não havia a quantidade de brinquedos solicitados. “A parceria feita com o Colorindo Sonhos foi baseada em algo que envolve benefícios para nossas crianças. Eu me surpreendi com o veto por parte do Executivo, mas acredito que com a derrubada unanime, quando retornar ao prefeito, ele irá abraçar a causa”, explicou o vereador.

Além dos pedidos e Projeto elaborado por Monjardim, no dia 12 de maio deste ano, o presidente Michel Temer sancionou a lei 13.443/2017, com a descrição de que no mínimo 5% dos brinquedos localizados em espaços de uso público devem ser obrigatoriamente adaptados para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

O vereador Lennon Monjardim criou o Projeto, mas foi vetado pelo Executivo.

Na busca pelos direitos do filho Gabriel Doná da Costa, de 8 anos, Nádia Luciana Doná, destacou a  luta que terão, para que a Lei se concretize. “Apesar de termos uma Lei Federal que nos ampara, temos que lutar para que esses direitos sejam cumpridos e respeitados. A nossa cidade, infelizmente precisa melhorar muito no que se refere à acessibilidade. Nossos filhos já vivem com restrições em muitas coisas. E não é justo que eles fiquem reféns dentro de casa por falta de acessibilidade”.

Apesar do veto pelo Poder Executivo, a derrubada unanime por parte dos vereadores deixa os integrantes do grupo com esperança de conquistas positivas para as crianças que necessitam dos benefícios. “O que nos causou extrema tristeza foi o fato de que não estávamos pleiteando nada fora da lei, pois essas adaptações são de direito de nossos filhos. Felizmente, ao ser encaminhado à câmara, os vereadores derrubaram o veto do prefeito. Voltamos novamente a acreditar que os direitos de nossos filhos serão respeitados. Temos muito ainda para buscar, para lutar. Mas não desanimamos. Nosso lema é: Juntos somos mais fortes”, finalizou Nádia.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

quiosque praia do morro11

Guarapari abre licitação para manutenção dos quiosques recém-reformados na Praia do Morro

Os serviços custarão mais de R$ 450 mil

rematricula

Termina amanhã (30) o período para rematrícula na Rede Estadual de Ensino do ES

Anúncio

Anúncio

onibus_lorenzutti_guarapari

Duas linhas de ônibus que atendem a zona rural de Guarapari terão alteração de itinerários

Breno natação11

Nadador de Guarapari conquista quatro ouros e uma prata nas Paralimpíadas Escolares 2021

Anúncio

rifa-beneficente-pedrovidal1

Adolescente de Guarapari com cirurgia em atraso recebe apoio e novo prêmio para rifa

compras_natal_1-770x470

Natal Premiado com R$ 15 mil de premiação em Anchieta

Anúncio