Anúncio

Paralisação dos Correios é suspensa após determinação do TST

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 18 de setembro de 2019 às 10:54
Atualizado em 18 de setembro de 2019 às 10:54
Anúncio

A decisão, segundo a empresa, foi tomada por empregados em assembleias realizadas pelo País em cumprimento a uma determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST)

Foto: Aquivo/Folha.

A paralisação parcial dos Correios foi suspensa na noite de terça-feira (17). A decisão, segundo a empresa, foi tomada por empregados em assembleias realizadas pelo País em cumprimento a uma determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

“Essa foi à condição para que os Correios aceitassem a proposta do TST de manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019 até o dia 2 de outubro, data do julgamento do dissídio coletivo pelo colegiado do Tribunal”, informou os Correios em nota.

De acordo com a empresa, foram tomadas medidas como o deslocamento de empregados administrativos para auxiliar na operação e a realização de mutirões nos fins de semana para que o fluxo postal seja regularizado o mais rápido possível. “As ações contingenciais continuarão a ser empregadas até que as entregas sejam normalizadas”, de acordo com a estatal.

* Com informações do Estadão

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

4cc15bb8-9342-4867-8120-1d769acb7fbd

Marco da nova idade da cidade de Guarapari está quase abandonado

Foto: Reprodução

Decreto detalha regras para reabertura de shoppings no ES

As determinações foram oficializadas por meio de edição extra do Diário Oficial

Anúncio
Anúncio
sessao-extraordinária

Câmara de Guarapari vota projetos que destinam R$ 730 mil para saúde

Em pauta também a proposta de reajuste salarial dos agentes de saúde e de combate às endemias do município

Foto: Reprodução

Com 28 novos casos de Covid-19 em 24h, Guarapari registra 232 infectados

Os números são do Boletim Epidemiológico divulgado ontem (30)

Anúncio
Casagrandecoletiva

Coronavírus: Governo do ES anuncia novo Mapa de Gestão de Risco

12 municípios capixabas estão enquadrados no Risco Alto; Mapa valerá da próxima segunda-feira (01) até o dia 07 de junho

Foto: Reprodução

Artigo: Coronavírus – O fim das atividades empresariais e a extinção dos contratos de trabalho