Anúncio

PC: acerto de contas de obra em Guarapari pode estar ligada à morte de empresário

Divergência em acerto de contas relacionado ao valor recebido por obra do Mercado do Produtor Rural pode ter dado início a desentendimento que resultou em crime. Ameaças anteriores não tem ligação com o caso.

Por Gislan Vitalino

Publicado em 15 de dezembro de 2021 às 19:22

Anúncio

crime morte empresário Thiago Nossa Guarapari obra Mercado Produtor Rural
Coletiva de imprensa realizada hoje (15) em Vitória, contou com o delegado titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarapari (DHPP), Franco Malini; delegado-geral da PCES, José Darcy Arruda; delegado titular da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo), Marcelo Santiago; e com o delegado titular da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic), Guilherme Eugênio.

A Polícia Civil realizou, nesta quarta-feira (15), uma coletiva de imprensa em que divulgou informações relacionadas ao crime que vitimou o empresário Thiago Simões Nossa, na manhã do dia 11 de novembro. A motivação segue sendo investigada pela equipe da 5ª Delegacia Regional de Guarapari, mas já se sabe que a divergência inicial que resultou no crime pode estar ligada a um acerto de contas após o empresário e um sócio receberem o valor referente a uma obra pública no município.

Até o momento, cinco pessoas foram presas por envolvimento com o caso. De acordo com o delegado titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Guarapari, Franco Malini, a motivação segue sob investigação, mas é sabido que a divergência se iniciou após o acerto de contas da obra do Mercado do Produtor Rural, na qual vítima e mandante eram parceiros. “A vítima e o mandante eram parceiros comerciais. Eles realizaram uma obra pública no município e, ao final de parte desta obra, quando deveria ser feito o acerto de contas houve uma discordância que teria gerado a rivalidade que resultou na morte”, frisou o delegado.

crime morte empresário Thiago Nossa Guarapari obra Mercado Produtor Rural
delegado titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarapari (DHPP), Franco Malini

Segundo o delegado, não há qualquer relação entre o registro anterior de ocorrência de ameaças feito pela vítima. “No começo nós abrimos todas as divergências que a vítima podia ter. Mas avançando as investigações, descobrimos que não seria aquela linha de investigação, mas sim de um outro parceiro comercial, uma pessoa muito próxima dele. Só com as investigações, conseguimos desvendar isso”, frisou.

De acordo com as informações divulgadas, os criminosos anunciaram um assalto e levaram aparelhos celulares do local simulando um latrocínio, em um esforço para dificultar a investigação policial, mas a hipótese logo foi descartada.

Cinco envolvidos com o caso estão presos

Na quarta-feira (14), a Polícia Civil deteve cinco suspeitos relacionados ao caso. Pela manhã, em Guarapari, foram presos um empresário, apontado como mandante, e dois intermediários. Durante a tarde duas pessoas foram presas na Bahia, e são apontados como executor dos disparos e sua esposa, cúmplice do crime.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2022-08-08 at 13.37.15

Guarapari: ação organizada em Jabaraí busca limpar mangue poluído

Projeto tenta resolver parte do problema enquanto as casas próximas ao mangue não são ligadas à rede de esgoto

doctor-wearing-gloves-giving-kid-vaccine

Governo do ES dá início à campanha de vacinação contra a poliomielite e outras doenças

Crianças e adolescentes menores de 15 anos poderão ser vacinadas

Anúncio

Anúncio

Risa-Irma-Marilza

Recanto dos Idosos, em Guarapari, recebe doação após perda de votação de emenda federal

DemonstraÁ¿o do uso da urna eletrÙnica para as eleiÁ¿es de 2006.

Eleições 2022: saiba o que o candidato pode fazer no período de campanha

Anúncio

Violência contra mulher

Guarapari promove Encontro de Conscientização pelo fim da violência contra a Mulher

postnatal-period-with-mother-breastfeeding-child

Guarapari inicia a campanha ‘Agosto Dourado’

Anúncio