Anúncio

PetDog: projeto em Anchieta utiliza venda de tampinhas para custear castração de animais de rua

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 26 de agosto de 2022 às 13:55

Anúncio

PetDog: projeto em Anchieta utiliza venda de tampinhas para custear castração de animais de rua
Fotos: Divulgação/Seman

Um projeto da Secretaria de Meio Ambiente (Seman) de Anchieta tem buscado melhorar a política de bem-estar animal da cidade através de um programa de reciclagem de tampinhas plásticas.

No PetDog, o valor da venda das tampinhas, somado a uma ajuda financeira repassada pela Prefeitura à ONG SOS Matilha, custeia as despesas com as castrações, que são realizadas em clínicas devidamente habilitadas, atualmente, em Guarapari.

“Os animais de rua mapeados por zonas (bairros) e selecionados são recolhidos, encaminhados para exame prévio, passam por tratamento básico pré-operatório, se necessário, são castrados, chipados, recebem todo tratamento pós-operatório em baias da Seman (alguns são cuidados por tutores voluntários), e após recuperação são colocados para adoção, se não adotados são devolvidos ao local de origem”, explica a secretária de Meio Ambiente Jéssica Martins.

Em 2018, o projeto foi lançado com o trabalho de mobilização social e instalação de postos de entrega de tampinhas. As castrações foram iniciadas em 2019 após a parceria com a ONG, com meta de 44 cadelas castradas por ano. Atualmente, o projeto foi ampliado e tem como meta a castração de 215 cadelas por ano.

Desde o início o PetDog já tratou e castrou 115 cadelas, o que resultou no controle de natalidade de mais de 8 mil filhotes, segundo projeções da Seman. O projeto também possibilitou o recolhimento e reciclagem de 3,5 toneladas de tampinhas em 180 pontos de coleta em comércios, prédios públicos e escolas.

PetDog: projeto em Anchieta utiliza venda de tampinhas para custear castração de animais de rua

Recentemente, o programa recebeu o reforço de um veículo para auxiliar no atendimento dos cães. “Até a aquisição do carro próprio para o projeto, a Seman utilizava outros veículos da secretaria como o carro da poda de arvores e o carro da fiscalização, e muitas vezes carros emprestados de outras secretarias. Essa logística dificultava e atrasava muito os trabalhos. Com a aquisição, a logística de transporte foi expressivamente melhorada”, ressaltou Jéssica.

Além do projeto PetDog, a Secretaria de Meio Ambiente tem elaborado novas políticas para diminuir o número de cães nas ruas de Anchieta. A secretária conta que novas ações serão colocadas em prática a partir do Plano Municipal de Política de Bem-estar animal, que inclui a ampliação da meta de castração de animais de rua a curto prazo, e a construção de um Centro de Apoio a Animais Errantes (de rua) e Triagem de Animais Silvestres, com clínica médica, centro cirúrgico e área de acolhimento temporário.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

escola perocão (1)

Pais manifestam sobre condições de escola para o ano letivo em Guarapari

Rapaz desapareceido1

Família procura por rapaz desaparecido em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Fiscalizacao_20230203_Noticias3-847x476-1

Crea-ES alerta para risco de quedas e acidentes na Praia da Areia Preta, em Guarapari

vacina-06fev-sesa

Retorno às aulas é momento de colocar as vacinas em dia

Anúncio

Pablo Lira

Pesquisador de Guarapari é o novo presidente do Instituto Jones dos Santos Neves

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

Anúncio