Anúncio

Petrobrás anuncia aumento em gasolina, diesel e gás de cozinha a partir desta sexta (11)

Segundo empresa, conflitos envolvendo a Rússia levaram à redução da oferta global do petróleo

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 10 de março de 2022 às 18:35

Anúncio

Petrobrás anuncia aumento em gasolina, diesel e gás de cozinha a partir desta sexta (11)
Fotos: divulgação/Agência Brasil.

A Petrobrás anunciou nesta quinta-feira (10), um novo aumento dos preços de venda da gasolina e diesel para as distribuidoras. Para a gasolina, o aumento será equivalente a 18% e, para o diesel, quase 25%. O GLP, utilizado na produção do Gás de Cozinha, terá aumento de 16%. Os novos valores começam a ser praticados já nesta sexta-feira (11).

Em nota da empresa divulgada à imprensa, a Petrobrás afirma que o aumento acontece após 57 dias sem reajustes e do esforço para não repassar a disparada dos preços aos consumidores.

“Após serem observados preços em patamares consistentemente elevados, tornou-se necessário promover ajustes nos preços de venda às distribuidoras para que o mercado brasileiro continue sendo suprido, sem riscos de desabastecimento, pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”, afirma a nota.

Dentre os fatores elencados para a alta do preço dos combustíveis, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia, que levou à restrição de acesso aos derivados da Rússia, reduzindo a oferta global do petróleo.

Novos valores para gasolina, diesel e gás de cozinha

De acordo com o divulgado pela Petrobrás, à partir de amanhã (11) o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passa de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro. Considerando a composição da gasolina comercializada nos postos e os insumos necessários, a parcela da Petrobras no preço passa de R$ 2,37, em média, para R$ 2,81 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,54 por litro, equivalente a 18,5% de aumento.

Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras sobe de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro. Neste caso, a parcela da Petrobras no preço repassado ao consumidor final passará de R$ 3,25, em média, para R$ 4,06 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,81 por litro que equivale a 24,9%.

Sem reajustes há 152 dias, dessa vez o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), utilizado no gás de cozinha, também será aumentado. A partir desta sexta amanhã (11), o preço médio de venda do GLP da Petrobras, para as distribuidoras, passa de R$ 3,86 para R$ 4,48 por kg, equivalente a R$ 58,21 por 13kg, refletindo um reajuste médio de 16%, ou seja, R$ 0,62 por kg. Isso pode representar um aumento médio de R$ 8,06 no botijão de gás de modelo P13, com 13kg, modelo mais comum de ser encontrado em residências.

*Com informações de Petrobrás.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Rampa-voo-livre-de-Cachoeira-Alta-Alfredo-Chaves_WR-2021-06-08

Campeonato de voo livre começa amanhã (27) em Alfredo Chaves

Atletas disputarão pontos para a 4ª etapa do Capixaba de Parapente 2022

Programa_de_Estágio_Vale_-_foto_Salviano_Machado_1

Vale abre inscrições para estágios com mais de 130 vagas no ES

Os selecionados terão bolsa auxílio que pode passar de R$ 1.300, além de outros benefícios

Anúncio

Anúncio

seminario_sindicig_petroleo_e_gas-2022-05-25-9

Seminário levanta oportunidades e caminhos para integrar Guarapari ao setor de petróleo e gás

A iniciativa do Sindicig reuniu lideranças deo setor, empresários locais e estudantes do Ifes

curso-agentes-da-guarda1

Lei garante Guarda Municipal armada em Anchieta

Anúncio

Brecho-APAE-2-1024x769-cover2

Brechó da Apae Guarapari necessita de doações de roupas masculinas

Os valores arrecadados com as vendas serão revertidos para Apae

print_dyogenes2-2022-04-120cover

Após audiência de custódia, autor de disparos contra motoboy de Guarapari segue em prisão preventiva

Ronny Batista de Almeida chegou a ser liberado entre os dias 13 e 17 de maio, após cumprir prisão temporária

Anúncio