Anúncio

PM diz que policial de Guarapari foi punido por não seguir código de ética

A corporação informou que o militar foi submetido ao processo no qual lhe foram assegurados os direitos constitucionais

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 14 de março de 2023 às 10:04

Anúncio

policial videos - PM diz que policial de Guarapari foi punido por não seguir código de ética
Foto: Instagram/Casal Policial.

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) se pronunciou nessa segunda-feira (13), após a polêmica envolvendo o policial de Guarapari, Thiago Garrocho. O profissional afirma que estava sendo punido pela corporação, em função de vídeos de humor e entretenimento produzidos por ele, em conjunto com sua esposa, que também é policial.

Entretanto, por meio de nota, a Polícia Militar afirma que o militar não recebeu a penalidade pelo fato de postar vídeos em redes sociais. “Mas, por postar vídeos em desacordo com as normativas do Código de Ética e Disciplina a qual todos os policiais militares estão subordinados”, destaca a nota. 

A corporação também afirma que, a partir do fato, o militar foi submetido a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), no qual lhe foram assegurados os direitos constitucionais de ampla defesa e contraditório. 

“Tal processo foi submetido ao Conselho de Ética da Instituição, que emitiu um parecer com o entendimento de que o soldado foi culpado das referidas acusações e passou a cumprir, a partir de segunda-feira (13), as punições disciplinares a ele impostas”, ressalta o texto. 

Começando a valer a partir de ontem (13), a punição, aplicada pelo Conselho de Ética do Batalhão da PM em Guarapari, impede Thiago de receber o salário integral, hoje avaliado em R$ 3.800,00, bem como honrarias e medalhas durante o período em que estiver afastado.

Em tempo

Assim como no relato feito nas redes sociais, Thiago afirmou à reportagem do Folha Vitória, na tarde de domingo (12), ter ficado surpreso e decepcionado com a decisão da PM.

“Tenho me sentido muito triste e desapontado, meus vídeos têm o intuito de humanizar a farda e mostrar que o policial é um ser humano; antes de entrar na PM, eu era um cidadão comum. Fico triste em tentar mostrar outro lado do policial e ainda ser punido pela polícia”, disse.

*Com informações: Folha Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

praia-do-morro-28dez22

“Não tem projeto”, diz subsecretário estadual Gedson Merizio sobre engordamento da Praia do Morro

Gedson afirmou que antes de qualquer decisão, o Governo do Estado ouvirá a população

prefeitura-abre-processo-seletivo-para-contratar-psicologo-e-assistente-social-602c204a23a81

Prefeitura de Guarapari divulga edital para contratação de psicólogo e assistente social

Inscrições serão realizadas entre os dias 18 e 19 de abril

Anúncio

Anúncio

visita-secretario-hospital-guarapari

Previsto para ser entregue neste mês, hospital de Guarapari recebe visita do secretário estadual de Saúde

Objetivo foi planejar o funcionamento do hospital, que vai contar com apoio do governo do ES

agencia sicoob copiar

Sicoob Sul Litorâneo realiza evento virtual para apresentação de resultados e sorteio de prêmios aos associados

Serão cerca de R$ 216 mil em prêmios, que serão disponibilizados em RDC para os participantes

Anúncio

20240412_123828321_iOS

Residentes do Risa fazem primeiro passeio ao ar livre após pandemia

Atividade contou com lanche e diversão na Praia do Morro

mapa-estrategico-matilde

Prefeitura de Alfredo Chaves apresenta Mapa Estratégico para desenvolver turismo na região de Matilde

Plano faz parte do projeto Planejar Turismo X Conectar Pessoas

Anúncio