Anúncio

Policial morador de Guarapari identifica e prende em Arraial do Cabo procurado por agredir mulher em Santa Mônica

Conhecido como "Juquinho Capeta", homem estava foragido e possuia mandados de prisão da Justiça de Minas Gerais e do Espírito Santo

Por Gislan Vitalino

Publicado em 13 de maio de 2022 às 15:27

Anúncio

Crime Feminicídio Violência Contra a Mulher Agressão Agressor Cabo Frio Minas Gerais Guarapari Rio de Janeiro Espírito Santo Criminoso Segurança Pública Polícia
Fotos: Junior Brandão.

Um homem foi preso em Arraial do Cabo na manhã desta quinta-feira (12), após ser reconhecido por um policial e morador de Guarapari, que passava pelo local, como envolvido em um caso de feminicídio realizado no bairro Santa Mônica.

O policial e morador de Guarapari Anderson Arpini e o colega de profissão, Diego Dias, estavam na cidade de Arraial do Cabo, quando reconheceram o homem como envolvido em crimes em Guarapari. Buscando por mais informações, descobriram que o homem em questão possuía dois mandados de prisão em aberto, um expedido pela Justiça de Minas Gerais e outro expedido pela Justiça do Espírito Santo envolvendo caso de violência contra a mulher.

O suspeito estava procurado por ter espancado uma mulher de 31 anos no bairro Santa Mônica. A vítima foi golpeada várias vezes na cabeça com o uso de um pedaço de madeira, ficando em coma.

“Foi uma surpresa, mas ficamos contentes que o caso tenha se resolvido e isso só foi possível graças ao apoio de vários colegas policiais. Dentre eles os policiais civis Paulo Asafe dos Santos da DEAM de Vitória, Jonatas de Moura da Polícia Civil de Minas Gerais. Além disso, teve a agilidade dos colegas do setor de inteligência da PM do Rio de Janeiro, Cabo Nascimento e Sargento Nobre, além do Soldado Azeredo e Cabo Stein da PM do Espírito Santo”, contou Anderson Arpini. Os colegas policiais que solicitaram apoio ressaltam o apoio do Sargento Wenderson, Cabo Oliveira e do Cabo Gevigier, que chegaram rapidamente para efetuar a prisão.

Crime Feminicídio Violência Contra a Mulher Agressão Agressor Cabo Frio Minas Gerais Guarapari Rio de Janeiro Espírito Santo Criminoso Segurança Pública Polícia

Os mandados de prisão foram confirmados e os policiais chamaram a Polícia Militar local para efetuar a prisão.

Detido é suspeito de envolvimento em diversos crimes

O detido, Wesley da Cruz Silva, conhecido como Juquinho Capeta, possui 23 passagens por diversos crimes no Estado de Minas Gerais. Dentre eles vários furtos, roubos, porte ilegal de arma, agressão, tráfico de drogas e tentativa de homicídio. O indivíduo, que é considerado um foragido de alta periculosidade, ficou preso na Delegacia da Mulher em Cabo Frio à disposição da Justiça. O criminoso deve cumprir ao menos 8 anos de prisão pelos crimes em aberto fora os que ainda serão julgados.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

curso-agentes-da-guarda1

Lei garante Guarda Municipal armada em Anchieta

Brechó APAE 2

Brechó da Apae Guarapari necessita de doações de roupas masculinas

Os valores arrecadados com as vendas serão revertidos para Apae

Anúncio

Anúncio

print_dyogenes2-2022-04-120cover

Após audiência de custódia, autor de disparos contra motoboy de Guarapari segue em prisão preventiva

Ronny Batista de Almeida chegou a ser liberado entre os dias 13 e 17 de maio, após cumprir prisão temporária

CISEG-edital

EDITAL DE CONVOCAÇÃO – CISEG – CONSELHO INTERATIVO DE SEGURANÇA DE GUARAPARI

Anúncio

cachoeira_do_turco-5461665

Grupo de empresários se mobiliza para promover crescimento sustentável de Guarapari

Empreendedores e proprietários se unem para formação de associação

petrobras_divulgacao_plataforma_petroleo_e_gas-ES2022-05-24-05

Seminário debate impactos de investimentos em Petróleo e Gás em Guarapari

Espírito Santo deve receber quase R$20 bilhões em investimentos no setor, com 80% voltados para a Região Sul

Anúncio